conecte-se conosco


Cidades

Artesão constrói abrigo em palmeira para proteger ninho de filhotes de arara

Publicado

O artesão e encarregado de serviços gerais da prefeitura de Colíder (635 Km de Cuiabá) Sergio Dorini construiu um abrigo de madeira para proteger dois filhotes de Arara-Canindé, que estão em um ninho de uma palmeir na Avenida do Colonizador, próximo ao Lago dos Pioneiros. A iniciativa se deu pelo fato da árvore estar morta e correr risco de cair.

De acordo com o Só Notícias, essa é a terceira vez que as araras fazem ninho no local. Os filhotes ainda não possuem todas as penas e provavelmente devem demorar para deixar a árvore.

Por estar morta, a palmeira poderia cair a qualquer momento, por isso o artesão fez a estrutura de madeira para deixar a árvore firme e proteger os filhotes.

“Essa palmeira acabou morrendo há uns 2 anos. Com o passar do tempo, a copa acabou caindo e as araras fizeram um ninho. Esse ano, com vento os filhotes ficaram desprotegidos. Arrumei duas vigas, fiz uma ‘casinha’ para ela abraçar a palmeira e fixei no chão para não cair. Também deixei um buraco para a arara entrar e alimentar os filhotes”, conta.

Leia mais:  HMC atenderá 35 mil pacientes por mês

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Rondonópolis – Anel Viário: Secretário diz que obra está concluída

Publicado

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, esteve em Rondonópolis na manhã de ontem (19), onde vistoriou, ‘in loco’, a obra de recuperação da pista do Anel Viário “Conrado Sales de Brito”. Ele elogiou o trabalho feito pela empresa Enpa Engenharia, criticou gestões anteriores e a prefeitura pelo estado deplorável que a pista se encontrava.

Em entrevista à imprensa local, o secretário declarou satisfeito com a qualidade da obra e teceu elogios ao trabalho célere feito pela empresa. “Eu estou satisfeito, principalmente pelos ensaios que estão dentro do processo de medição. É inadmissível, numa obra desse porte, você executar um serviço com mil carretas passando o tempo todo. Essa parte da obra já está concluída e nós vamos fazer uma análise antes de fazer a finalização”, afirmou Marcelo de Oliveira.

Para ele, se assim que os problemas na pista aparecessem fosse feita imediatamente a sua manutenção, a situação do Anel Viário não teria chegado ao ponto crítico que chegou e ele fez cobranças às gestões passadas do Estado e também aproveitou para cobrar a prefeitura. “Isso é responsabilidade não só dos governos passados, mas da própria prefeitura. Isso aqui não atende a cidade? Qual o motivo da prefeitura não vir aqui e fazer uns tapa buracos. Outra coisa: está na hora da prefeitura olhar isso daqui, que está voltando a se tornar um grande lixão. Isso vai barrar a água e a água vem para dentro do asfalto. Com o trânsito pesado por cima, mais a chuva constante, pode causar problemas”, afirmou o secretário.

Leia mais:  HMC atenderá 35 mil pacientes por mês

Com relação a aplicação de uma camada grossa de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) para dar um reforço e dar uma mais longevidade à obra de recuperação das pistas, o secretário acabou não confirmando a informação passada pelos deputados Sebastião Rezende (PSC) e Thiago Silva (MDB), que disseram ter recebido a garantia de Marcelo de Oliveira de que isso seria feito assim que passasse o período chuvoso, no início do ano que vem.

Presente na vistoria, o deputado Sebastião Rezende esclareceu que na licitação dos reparos não consta a camada de CBUQ, mas ele afirmou que novamente ouviu do secretário a garantia de que mais para frente será feita uma análise do pavimento e, caso seja constatada sua deterioração, a Sinfra vai tomar as providências para fazer essa aplicação sobre a pista.

“Isso será feito pelo Governo do Estado num outro momento. Possivelmente depois do período de chuva. Portanto, enquanto deputado estadual e representante da comissão de infraestrutura da Assembleia, o meu papel é cobrar qualidade na obra. A gente está confiando na palavra do secretário. Inclusive, não vou descansar, vou continuar acompanhando a situação do Anel Viário”, externou o parlamentar.

Leia mais:  Conselho de Medicina cassa diploma do segundo médico em Mato Grosso

A obra de recuperação do pavimento do Anel Viário custou R$ 5,947 milhões aos cofres públicos e teve início no último dia 19 de agosto, com a retirada de todo o asfalto antigo e sua base em quase toda a extensão, que foi substituído por uma nova base e uma fina camada de asfalto, o que para muitos não irá resistir ao intenso tráfego de veículos pesados que todos os dias passa por ali.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Semob retira semáforos de avenida sem ao menos funcionar

Publicado

Menos de dois meses após a instalação de semáforos na rotatória do Círculo Militar, na avenida Miguel Sutil, os equipamentos começaram a ser retirados pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob).

 

Os aparelhos funcionaram apenas algumas horas durante todo o período que foi efetivamente ligado no dia 2 de outubro passado. Os semáforos ficaram na maioria funcionando apenas com o sinal amarelo.

Durante os testes, as filas de congestionamento só aumentaram.

 

A Semob afirma que a retirada foi em função da falta de adaptação da população. Os equipamentos retirados foram implantados na avenida Fernado Corrêa.

 

Veja os esclarecimentos

  

Em relação aos semáforos da rotatória do Circulo Militar, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) esclarece que:

 

– Os equipamentos foram instalados no local para um período de teste, visto que é uma das vias mais movimentadas da Capital.

Conforme procedimento padrão adotado em todas as localidades, a Semob aguardou o tempo necessário para observar a adaptação da população em relação ao funcionamento do equipamento.

– Houve uma dificuldade maior de aceitação por parte dos condutores, diferente do ocorrido em regiões como a da rotatória da Av. Beira Rio que dá acesso a Ponte Sérgio Motta.

– Destaca que todo esse processo foi feito sem qualquer custo adicional aos cofres públicos, já que o trabalho faz parte do contrato de aquisição do conjunto semafórico.

– Reforça também que os equipamentos não sofreram qualquer tipo de danificação e serão realocados para outros pontos da cidade.

Comentários Facebook
Leia mais:  Caminhão derruba poste e trânsito fica parado no centro;
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana