conecte-se conosco


Policial

Casal é preso por invadir sítio e levar família de refém durante roubo em MT

Publicado

Policiais civis de Comodoro prenderam neste sábado (30) o suspeito de um roubo praticado no início da semana na região rural de Brasnorte. D.A.A., 24 anos, e uma adolescente de 16 anos, cometeram rouboem um sítio na Gleba Tibaji, e fugiram levando um veículo e três pessoas como reféns, entre elas uma criança de um ano de idade.

 

A Polícia Civil de Sapezal comunicou a delegacia de Comodoro de que o suspeito estaria escondido no município, que realizaram diligências para localizar o foragido.

Na tarde deste sábado, o suspeito teve o mandado de prisão preventiva cumprido após se apresentar na delegacia de Comodoro. Ele será encaminhado para audiência de custódia na Justiça.

 

O crime

No dia 25 de novembro, por volta das 17 horas, duas pessoas invadiram dois sítios na zona rural de Brasnorte. Na primeira propriedade roubaram uma motocicleta.

 

Em seguida, se dirigiram ao segundo sítio, onde um homem e uma mulher armados roubaram um veículo modelo Fiat Strada, fazendo três moradores da mesma família, entre eles uma criança de um ano, como reféns, e fugiram em direção à cidade de Sapezal.

Leia mais:  Bandidos invadem casa e família é feita de refém em roubo

 

No trajeto, uma das vítimas conseguiu escapar e acionar a Polícia de que o carro estava seguindo para Sapezal, onde a Polícia Militar localizou o grupo em um posto de combustível.

 

Ao ver a equipe da PM, o suspeito que estava na direção fugiu em alta velocidade pelas ruas de Sapezal, disparando contra o veículo policial. Uma das reféns, a criança de um ano, foi colocada contra a janela do carro roubado para servir de escudo.

 

Na fuga, o suspeito, depois identificado como D.A. bateu o carro, saiu do veículo disparando contra a polícia e embrenhou-se em um matagal.

 

A outra suspeita, uma adolescente de 16 anos, ficou no carro e para tentar fugir, apontou um canivete para a criança, mas foi contida pela mãe da bebê quando saía do carro.

 

A polícia apreendeu a suspeita e no veículo foram encontradas uma espingarda e munições calibre 28. As vítimas precisaram de atendimento, pois sofreram ferimentos durante o roubo.

 

A mãe da criança informou ainda que o assalto ao seu sítio teve a participação de mais duas pessoas, que fugiram com a motocicleta roubada na primeira propriedade rural. A vítima reconheceu o suspeito como um dos autores do roubo.

Leia mais:  Preso acusado de recrutar menores para o tráfico de drogas

 

A adolescente confirmou que o suspeito preso estava na direção do carro roubado e tinha efetuado os disparos contra a polícia.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Idosa leva coronhadas durante assalto; 4 são presos

Publicado

Uma idosa foi agredida com diversas coronhadas de arma de fogo durante um assalto em sua residência no bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande. A situação aconteceu na noite desta quinta-feira (12).

M.V.F.R., 17 anos, Carlos Eduardo Rocha, 19, C.S.S. e Diego Felipe Lisboa, 26 anos, foram presos acusados desta ação.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policias do 4° Batalhão receberam a informação de que havia um assalto no Jardim dos Estados. Quando chegaram no local, a vítima informou que os suspeitos teriam levado de sua casa um Volkswagen UP, duas televisões e dois celulares. A mulher informou ainda que durante a ação foi agredida por diversas vezes.

Com base nas características dos suspeitos, os militares então realizaram rondas na região e no Residencial Jatobá identificaram um trio suspeito. Abordados, os três vieram a resistir à prisão, porém os PMs conseguiram contê-los.

Após revista, foi encontrado na cintura de um deles uma pistola e no bolso dos outros estavam os celulares das vítimas. Sobre o carro, um dos suspeitos informou que o veículo estava em uma casa abandonada naquela região e os demais pertences na residência de outro comparsa do crime, no bairro Mangabeiras.

Leia mais:  Homem leva dois tiros em Lucas do Rio Verde e está hospitalizado

Os policiais foram então até os endereços mencionados e conseguiram recuperar todos os pertences subtraídos da vítima. Os criminosos ainda disseram que o mandante seria um morador do Terra Nova, em Cuiabá identificado por D.F.L.S.

Os PMs foram ainda até a casa deste suposto mandante da ação, porém, os vizinhos informaram que ele tinha se mudado pouco tempo antes da chegada dos agentes de segurança. Os militares entraram na residência, mas estava vazia e sem ninguém.

Diante dos fatos, os quatro presos foram encaminhados a Central de Flagrantes de Cuiabá. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos investiga a situação.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Jovem e filhos desaparecidos há 15 dias são achados em Cuiabá

Publicado

A jovem Brena Lorrayne, de 18 anos, e seus dois filhos de 2 e 3 anos foram localizados nesta terça-feira (10) pela equipe do Núcleo de Desaparecidos numa edícula na região do Jardim Cuiabá, em Cuiabá. Dada como desaparecida há 15 dias, após fazer uma ligação para mãe alegando ter sido agredida pelo namorado, Brena contou uma versão diferente para a equipe da Policia Civil.

Agora, ela revelou que teve uma briga, mas que não foi agredida. O namorado Alessandro Valcacer, 38 anos, compareceu na delegacia e alegou que tudo não passou de um mal entendido.

Segundo ele, o casal está morando no local e não está tendo acesso às rede sociais, nem mesmo TV. Por isso, não souberam da repercussão do caso.

A PJC informou que o casal mora em Cuiabá há pouco tempo e que a mãe, após perder contato com a filha, entrou em desespero e registrou desaparecimento. “Eles disseram que foi saber a repercussão do desaparecimento ontem e ai se mobilizaram para comparecerem a polícia. Ela não está com acesso a rede social e nem TV. Ela alegou que o patrão de seu namorado foi quem alertou o casal de que ambos estavam sendo procurados”, informou investigador do Núcleo de Desaparecidos.

Leia mais:  Oficial de Justiça é detido acusado de cobrar propina de R$ 2 mil de empresária

O responsável pelo caso é o delegado Anderson Veiga, titular da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), na divisão do Núcleo de Desaparecidos. Ele informou ao FOLHAMAX que houve a denúncia feita pela mãe, mas que tanto a jovem quanto os filhos foram encontrados em bom estado de saúde e sem sinais de ser um caso de violência doméstica.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana