conecte-se conosco


Mato Grosso

Casal é preso suspeito de fazer teste rápido de Covid-19 sem autorização

Publicado

Duas pessoas, que não tiveram os nomes revelados, foram presas pela Polícia Militar suspeitas de realizarem teste rápido da Covid-19, o coronavírus, sem a autorização da secretaria municipal de Saúde. As prisões foram realizadas no início da tarde desta quinta-feira (14), no bairro Vila Operária, em Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá).

Policiais militares receberam queixas que havia dois indivíduos fazendo teste rápido da covid-19 com vários moradores do bairro. A dupla, segundo as vítimas, se identificava como médico.

Os militares foram ao local e conversaram com uma suspeita. Ela alegou que estava prestando serviço para uma empresa de pesquisa contratado pelo Ibope. A detida alegou que ela e o parceiro foram incumbidos de fazer uma pesquisa do coronavírus solicitado pela Universidade Federal de Pelotas, localizada no Rio Grande do Sul.

Na solicitação, a dupla apresentou um “termo de consentimento livre e esclarecido” que era apresentado aos pacientes no momento do teste. Com os detidos, ainda foram apreendido um “teste rápido covid-19”, aventais, toucas e materiais referente à pesquisa.

Os suspeitos ainda apresentaram um ofício encaminhado às secretarias estaduais que versa sobre solicitação de apoio logístico para a execução da pesquisa intitulada “evolução da prevalência de infecção por covid-19, no Brasil”.

Em contato com o supervisor de atenção básica da Secretária municipal de Saúde, este alegou que não havia nenhuma autorização ou pedido perante o órgão para realização de tal pesquisa.

Segundo uma médica que estava no local, os suspeitos estavam com vestimentas e equipamentos de proteção individual (EPIs) inadequados para coleta de tal material.

Diante dos fatos, a dupla foi levada à Central de Flagrantes para procedimentos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Mato Grosso tem mais de 6,3 mil vagas de empregos com salários de até R$ 3 mil

Publicado

por

O Sistema Nacional de Emprego informou que empresas de diversos segmentos, em pelo menos 28 municípios, estão em busca de 6.364 funcionários. Os salários variam de R$ 1 mil a R$ 3 mil. Cuiabá lidera o painel disponibilizando 3.567 vagas. Entre os cargos para serem ocupados estão auxiliar de acabamento, consultor de vendas, chefe de cozinha, designer, técnico em informática, promotor de vendas entre outras.

Em Várzea Grande, que é a segunda maior cidade do Estado, são 413 oportunidades para ajudantes de armazém, auxiliar administrativo, técnico em eletrônica, professor de inglês, auxiliar de produção.

No Nortão, as empresas também buscam através do Sistema Nacional de Emprego contratar mais trabalhadores. Em Sinop, por exemplo, são 227 oportunidades. Na sequência, aparece Sorriso com 162, Lucas do Rio Verde 123 e em Nova Mutum são mais de 70 vagas.

Conforme Só Notícias já informou, em agosto, Mato Grosso assumiu o primeiro lugar na geração de emprego no país. Foram 28,6 mil contratações e 24,7 mil demissões, que resultaram em um saldo de 3,9 mil novos empregos com carteiras assinadas. O balanço é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados e foi divulgado pelo Ministério da Economia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Homem xinga ex-prefeito em reunião política; é expulso e mata dono de bar em MT

Publicado

por

Duas pessoas foram esfaqueadas, sendo que uma morreu e outra segue em estado grave, após uma reunião política na porta de um bar no município de Juscimeira (a 157 Km de Cuiabá), na noite desta terça-feira. O autor das facadas foi detido em um matagal da cidade.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, enquanto a reunião acontecia, o acusado, de 35, anos começou a xingar o ex-prefeito da cidade, José Resende Silva. Conhecido como Zé Guia, o ex-gestor municipal já foi condenado pela morte do pai do ex-deputado Valtenir Pereira, em 1983, também em Juscimeira.

Algumas pessoas que estavam no local, não gostaram da atitude do homem e foram para cima dele, iniciando uma briga. Após a confusão ter sido ‘apartada’, o suspeito foi até a sua casa e voltou em posse de uma faca, desferindo golpes contra o dono do bar, de 64 anos e contra Rogério Pereira de Aguiar, 31, que foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu e morreu logo após dar entrada no hospital.

Após rondas pela cidade, ele foi encontrado pelos policiais saindo de um matagal e não apresentou resistência para ser preso.

A faca usada no crime não foi encontrada. A outra vítima esfaqueada precisou ser encaminhada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Rondonópolis (a 200 Km de Cuiabá).

O caso é apurado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana