conecte-se conosco


Esportes

Com três gols anulados e vaias, Brasil empata com a Venezuela

Publicado

R7 NOTÍCIAS

O Brasil empatou sem gols com a Venezuela, na noite desta terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), e ainda não conseguiu garantir a classificação para as quartas de final da Copa América. Para a seleção se classificar antes de voltar a campo pela última rodada da primeira fase, Uruguai e Chile precisam vencer, respectivamente, Japão e Equador, pelo grupo C.

Com os resultados favoráveis, o Brasil garantiria pelo menos ficar entre os dois melhores terceiros colocados. Caso contrário, precisa de ao menos um empate no próximo jogo, contra o Peru.

No jogo desta terça, os primeiros lances perigosos saíram dos pés de David Neres, em uma entrada pelo lado esquerdo e um chute para fora, aos nove minutos, e de Richarlison, que deu o primeiro chute em direção ao gol, aos 15 minutos, com o goleiro Fariñez espalmando para fora.

Na primeira metade da etapa inicial, o Brasil tentou pressionar com alguns escanteios e tentativas de jogadas aéreas.

Um erro no escanteio do Brasil gerou o primeiro contra-ataque para a seleção venezuelana. O lance terminou com o goleiro Alisson pegando sem grandes dificuldades uma tentativa de cruzamento na área.

Pouco depois, a Venezuela novamente contra-atacou e, dessa vez com mais perigo, o atacante Rondón cabeceou próximo à trave direita de Alisson.

O jogo seguia com o Brasil com muito mais posse de bola e tentando chegar ao gol, enquanto a seleção venezuelana buscava os contra-ataques e arriscava jogadas aéreas para ameaçar o gol de Alisson.

O Brasil chegou a fazer o primeiro gol aos 38 minutos, com Roberto Firmino, que dominou e chutou uma bola uma bola cruzada por Daniel Alves, mas o árbitro chileno Julio Bascuñan marcou falta do atacante brasileiro. E o primeiro tempo terminou sem gols.

O Brasil voltou para o segundo tempo já com alteração no ataque: saiu Richarlison e entrou Gabriel Jesus. O primeiro lance de perigo da seleção na etapa final foi justamente com Jesus, aos 11 minutos, em um chute da entrada da área que saiu à direita do gol.

Três minutos depois, Gabriel Jesus tenta chutar para o gol, a bola desvia e sobra para Firmino, que cruzou para Jesus marcar. No entanto, o juiz foi verificar o VAR e marcou impedimento no ataque brasileiro.

Pouco antes do gol anulado, Tite fez a segunda alteração na seleção, tirando Casemiro para colocar Fernandinho. E a última substituição feita pelo treinador brasileiro foi a entrada de Everton no lugar de David Neres, aos 26 minutos.

Aos 40 minutos, a torcida na Arena Fonte Nova começou a vaiar a seleção brasileira. Sob vaias, Everton arrancou pela esquerda, passou por dois venezuelanos e mandou para o meio da pequena área, para Philippe Coutinho empurrar para as redes. Mas novamente o juiz consultou os árbitros de vídeo e anulou.

A partida terminou com dois cartões amarelos: o primeiro foi para o venezuelano Murillo, por uma falta em Thiago Silva, aos 36 minutos. Casemiro também foi advertido com cartão amarelo por ir com pé alto em uma disputa de bola cinco minutos depois. Aos 45 do segundo tempo, Figuera também foi penalizado.

Com o resultado, o Brasil soma quatro pontos em dois jogo e volta a campo no próximo sábado (22), às 16h, contra o Peru, na Arena Corinthians, em São Paulo. O jogo vai fechar a primeira fase do grupo A e o Brasil precisa de um empate para garantir a primeira colocação.

Com dois pontos, a Venezuela também volta a campo às 16h de sábado, no Mineirão, para enfrentar a Bolívia. Em caso de vitória, os venezuelanos garantem vaga na próxima fase. Um empate também pode ser favorável, dependendo de outros resultados.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Atletas já estão ansiosos para voltarem aos trabalhos, diz técnico do Luverdense

Publicado

por

Com 52 dias de suspensão, o futuro do Campeonato Mato-grossense ainda segue incerto. No entanto, mesmo com as dúvidas e incertezas, os atletas do Luverdense Esporte Clube já estão na “pré-disposição” e “ansiosos” para retornarem aos treinos e jogos. A confirmação foi feita, ao Só Notícias, pelo treinador da equipe Toninho Pesso.

“Todos estão na expectativa. A vontade do atleta é estar voltando, logicamente se preocupa com a saúde, mas como as movimentações estão começando nos outros Estados, principalmente nas equipes maiores, os jogadores já ficam naquele desejo de estar voltando também. Sabemos que há diferenças entre lugares, cidades, clubes, então ficamos aguardando”, destacou.

“Gostamos de estar dentro do campo, trabalhando no dia a dia, participando das competições, mas o que podemos fazer nesse momento é aguardar, não tem outra saída”. “Não depende só da gente, temos que aguardar os órgãos competentes de saúde para ter a liberação”, acrescentou.

Conforme o treinador para um maior alinhamento, a diretoria e comissão mantém conversas constantes com os jogadores. “Sempre falamos com os jogadores, com a comissão, buscando expor as ideias e deixar tudo da melhor maneira possível para quando haver a retomada”, revelou.

Toninho ainda completou expondo acreditar que “quando voltar a temporada vai começar do zero novamente, muitas equipes serão modificadas, e é como se você estivesse começando a temporada de novo. Deixar para trás o que passou, implementar seu trabalho e adquirir o que necessitar para o decorrer”, pontuou.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araujo/arquivo)

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

“COT não será usado para treinamentos de times”, diz secretário de Cultura

Publicado

por

O secretário estadual da pasta de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec (PDT), declarou que o Centro Olímpico de Treinamento (COT) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) não será utilizado para preparação de times. Na ocasião, o gestor apontou que o espaço deve ser usado para receber jogos e não como “pista social”.

A declaração do secretário foi feita durante o evento de inauguração do COT, realizado no final da tarde de terça-feira (28). O espaço estava previsto para ser utilizado na Copa do Mundo de 2014, porém, a obra foi adiada por problemas estruturais e orçamentários.

“Treinamento não está no nosso foco, porque treinamento é cada equipe tem que ter seu espaço. Agora, o que a gente pode e deve fazer aqui são as competições. Então, a gente pode trazer para cá um jogo da federação, a gente pode trazer um Sub-20, um futebol feminino, a gente pode estar colocando amistosos aqui”, declarou Kardec.

Durante o evento, o secretário também anunciou que o COT deve receber o Campeonato Nacional de Atletismo. A realização do evento no Centro de Treinamento ainda está sendo discutida entre a Secel e a Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT).

“Já protocolamos o pedido e, a partir de agora, queremos trazer as competições regionais, nacionais e internacionais. A ideia é essa, utilizar essa pista em alto nível”, disse o secretário.

Kardec finalizou suas declarações pontuando que o COT poderá, sim, ser utilizado para preparação de atletas de corrida, tanto nas categorias amadoras quanto os profissionais. Contudo, conforme o secretário, a utilização do espaço precisará ser agendada.

“O que não estará liberado é o portão aberto para vir a qualquer momento e fazer seu treinamento, até porque não é uma pista social, é uma pista de alto rendimento. Então, quem é atleta, seja ele amador ou profissional, pode utilizar mediante agendamento”, finalizou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana