conecte-se conosco


Alta Floresta

Delação poderá ser rescindida se Alan Malouf não comprovar pagamentos

Publicado

O empresário e sócio do Buffet Leila Malouf, Alan Malouf, deve comprovar, em um prazo de 15 dias, que está pagando as parcelas acordadas em sua delação premiada junto à 7ª Vara Criminal de Cuiabá. A determinação, do último dia 4, é do ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal (STF).

A Procuradoria-Geral da República (PGR) já teria sinalizado pela rescisão da delação caso Malouf não cumpra com os acordos estabelecidos.

Ele foi alvo na Operação Rêmora, que investiga um esquema de fraudes em licitações na Secretaria de Estado de Educação (Seduc). O empresário se comprometeu, em delação premiada, a devolver R$ 5,5 milhões aos cofres públicos.

Malouf deixou atrasar duas parcelas da restituição. O acordo de delação prevê o pagamento de dez parcelas de R$ 212 mil. Duas delas foram atrasadas por parte do empresário.

A segunda parcela, que estava prevista para ser paga no dia 31 de dezembro de 2018, foi quitada em 27 de maio de 2019, em valor atualizado de R$ 233 mil. A terceira parcela, prevista para ser paga durante o mês de julho de 2019, consta como ainda pendente.

Em decisão proferida na última segunda-feira (4), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, deu um prazo de quinze dias para que o empresário manifesta-se sobre o cumprimento das cláusulas do acordo. Caso não ocorra, a delação pode ser anulada.

“(…) Cabe acolher o preconizado pela Procuradoria-Geral da República. Oficiem ao Juízo da Sétima Vara Criminal da Comarca de Cuiabá/MT, solicitando as informações pretendidas, bem como intimem o colaborador, Alan Ayoud Malouf, para, no prazo de 15 dias, manifestar-se sobre o cumprimento das cláusulas do acordo”, diz trecho da decisão.

Parte do acordo já teria sido pago com a entrega de dois imóveis localizados na região da Rodovia Emanuel Pinheiro e outro na região central da Capital na Avenida Miguel Sutil.

Rêmora

A Operação Rêmora foi deflagrada em 2016 pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco). Com três fases realizadas, as investigações resultaram na prisão de empresários, servidores e até do ex-secretário de Educação, Permínio Pinto.

Ao final, pelo menos cinco acordos de colaboração premiada foram realizados. O esquema consistia em supostas fraudes em licitações, contratos administrativos de construções e reformas em 53 escolas que teriam ocorrido na Secretaria de Educação.

Comentários Facebook
publicidade

Alta Floresta

Dois morrem em acidente em rodovia estadual no Nortão

Publicado

por

O acidente foi há pouco e envolveu uma motocicleta e um caminhão (marcas e modelos não informados), na MT-208, num trecho próximo de um frigorífico, em Alta Floresta. O Corpo de Bombeiros informou, ao Só Notícias, que um homem e uma mulher que estavam na moto tiveram múltiplas fraturas e morreram ainda no local. As identidades estão sendo confirmadas.

O condutor do caminhão não teve ferimentos. Ele afirmou aos militares que uma caminhonete freou bruscamente na sua frente e para evitar colisão traseira entrou na pista contrária onde ocorreu a batida frontal com a moto. A versão ainda será investigada pela Polícia Civil.

Devido ao impacto, a moto ficou presa às ferragens do caminhão que saiu da rodovia e parou numa área de mato. Os corpos também ficaram na lateral da via.

O local do acidente ainda será analisado por uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Comentários Facebook
Continue lendo

Alta Floresta

Edinho Paiva é Definido como vice de Chico Gamba em Alta Floresta

Publicado

por

Em Alta Floresta PSDB e PL forma chapa Forte

Até o dia 16 de setembro, todos os partidos precisam realizar as convenções, sejam elas de forma presencial ou online. Em Alta Floresta Norte do estado , mesmo antes dessa importante etapa pré-eleições, duas chapas já estão acertadas para a disputas ao Executivo. Uma delas é a junção do PL com O PSDB que vem encabeçado pelos empresários Chico Gamba e Edinho Paiva PL. Outra chapa definida é do Vereador Dida Pires (PDT)e da ex prefeita Maria Izaura (Cidadania)que vem como vice.

O partido liberal vem se mostrando força em Alta Floresta , um partido popular, que está se aproximando das bases e fortalecendo cada vez mais em Alta Floresta.
A chapa Chico Gamba e Edinho Paiva terá apoio importantes a nível estadual, como nomes do senador Jaime Campos, Weligton Fagundes, Nilson leitão e o apoio do Governador Mauro Mendes.

Nosso grupo vai eleger 70% da Câmara, senão mais. Todo mundo quer vir para o grupo político que faz Alta Floresta andar, cuida das pessoas e promove justiça social”, pontuou. Presidente do PL em Alta Floresta Edinho Paiva.

Os partidos PSDB, PSC, Republicano, PL e Podemos tem em mãos pesquisas eleitorais em torno da eleição para prefeito de Alta Floresta. O resultado oficial ficou acordado que os que tivessem melhor na pesquisa sairia como vice, porém com a desistência do delegado Vinícios e do Robertinho motos , ficou acordado que Edinho Paiva assumisse a pré candidatura a vice . Veja a matéria completa no Jornal Correio de Mato Grosso

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana