conecte-se conosco


Policial

Delegado: advogado foi morto por quadrilha especializada em roubo

Publicado

O delegado Marcel Oliveira, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que os dois homens suspeitos de matar o advogado Evandro Morales Fernandes, de 41 anos, fazem parte de uma organização criminosa que cometia pelo menos 15 roubos por dia em Cuiabá.

A prisão da dupla ocorreu na tarde de terça-feira (11). Um foi localizado em Várzea Grande e o outro em Cáceres.

Além das prisões, o delegado também apresentou a arma usada no crime, que foi apreendida.

Evandro foi morto em fevereiro de 2018 com dois tiros no tórax, no bairro Jardim Gramado, em Cuiabá.

“Esses suspeitos realizavam por dia cerca de 15 roubos em Cuiabá. Eles afirmaram que existiam equipes de roubo e cada uma era responsável por praticar uma onda de crime por dia. Eles realizavam roubos de veículos, de celulares e outros diversos. Um dos delitos foi o roubo da arma de um policial militar em 2018”, disse o delegado durante conversa com a imprensa, nesta quarta-feira (12).

Apesar das prisões, o inquérito ainda não está concluído, faltando identificar se a motivação da morte realmente foi latrocínio (roubo seguido de morte) ou por outro motivo não identificado.

O que posso afirmar é que se trata de indivíduos voltados para prática reiterada de crimes patrimoniais, roubos e furtos
“Ainda estamos fechando qual foi, de fato, a motivação do crime. Ainda não posso afirmar qual foi a motivação, porque vamos realizar algumas acareações, entre testemunhas e suspeitos”, afirmou.

“Queremos diluir algumas duvidas, se foi realmente um latrocínio, se foi de ‘mando’, ou motivo passional. O que posso afirmar é que se trata de indivíduos voltados para prática reiterada de crimes patrimoniais, roubos e furtos”, disse.

Motivação do crime

Um dos pontos cruciais para o encerramento do caso, segundo o delegado Marcel Oliveira, também implica em descobrir qual dos dois homens atirou no advogado. De acordo com Oliveira, o depoimento dos dois é contraditório nesse aspecto.

“Um está colocando a culpa no outro. Um afirma que estava pilotando a moto e que o outro atirou. Já o outro diz que estava pilotando e o comparsa atirou”, contou.

Relembre o caso

O crime ocorreu em uma rua lateral do Parque Zé Bolo Flô.

Conforme o boletim de ocorrência, a PM foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo na região e, ao chegar ao local, os militares avistaram a vítima caída no chão ao lado de uma motocicleta.

Segundo a Polícia Militar, o advogado estava com sangramento do lado esquerdo do tórax.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico (Samu) foi acionada e constatou a morte da vítima ainda no local.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Vigilante é preso após efetuar disparos

Publicado

por

Notícia Max

Um vigilante foi preso na madrugada desta quinta-feira (13), após efetuar disparos para alto durante uma festa, no bairro José Pinto, em Cuiabá.

O caso foi registrado por volta da meia noite em uma residência particular.

A Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) foi acionada através de uma denúncia anônima informando sobre disparos de arma de fogo no local.

Em seguida, os militares se deslocaram até o endereço e encontraram três veículos estacionados em frente à casa. Ao entrarem, se depararam com cinco indivíduos.

Logo depois, foi feita abordagem e um dos participantes da festa se identificou como vigilante. Ao ser questionado, ele informou ser o autor dos disparos.

Na sequência, levou os policiais até um quarto e dentro dos guarda-roupas estava um revólver calibre 22.

Durante revista nos demais cômodos da residência, foi encontrada uma porção de maconha.

Diante dos fatos, o suspeito foi preso e encaminhado até a Central de Flagrantes para as devidas providências.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Traficante é preso com drogas e motocicletas

Publicado

por

Redação

Intensificando o combate ao tráfico de drogas, mais um homem foi preso pela Polícia Civil, no final da tarde de quarta-feira (12.08), no bairro Ponte Nova, em Várzea Grande, durante ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O trabalho foi realizado para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, decretado pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande, após investigação para desarticular pontos de venda de drogas na região.

O suspeito de 28 anos foi preso em flagrante após ser surpreendido com várias porções de entorpecentes. Na residência alvo da ordem judicial também foram apreendidos mais de R$ 570 em dinheiro e duas motocicletas XRE 300.

Durante as buscas no endereço, os policiais encontraram em um quarto nos fundos da casa, duas pedras de pasta base de cocaína e um frasco de suplemento alimentar contendo diversas cápsulas da mesma substância, além do dinheiro e os dois veículos.

Todo material ilícito foi apreendido e o suspeito encaminhado para DRE, onde ao ser interrogado, informou que integra uma facção criminosa. O conduzido foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana