conecte-se conosco


Política MT

Dilmar descarta disputar com Júlio Campos vaga ao Senado

Publicado

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal Bosco (DEM), descartou nesta quarta-feira (12), qualquer disputa dentro do partido com o ex-senador Júlio Campos à eleição suplementar ao Senado, marcada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) para o dia 26 de abril.

Júlio até então era o único nome na sigla que tinha interesse em disputar pela cadeira da senadora cassada Selma Arruda (Podemos), por caixa 2 e abuso de poder econômico.

“Eu vou me reunir com o presidente do diretório estadual Fábio Garcia. Nunca tivemos no Democratas uma disputa para assumir presidência do partido, composição do diretório estadual, nunca houve disputa por cargo A ou B. Eu jamais vou competir dentro do meu partido ainda mais com uma pessoa que tenho total admiração e orgulho como é o ex-senador Júlio Campos”, afirmou Dilmar.

O parlamentar declarou que colocou seu nome à disposição afim de representar os mais de 700 mil eleitores da região Norte do Estado. Porém, para Dilmar, não existe a possibilidade de uma disputa interna.

“Nunca tivemos nenhum senador da República da região e poderia haver essa possibilidade. No entanto, Júlio tem todo o direito de disputar na eleição. Ele é uma pessoa que fez o partido, que criou o partido, que cresceu o partido e sempre se manteve dentro das reuniões do DEM. Se chegar nesse momento entre eu ou ele, o Júlio é a opção do Democratas. Não descarto a possibilidade de apoia-lo na campanha”, disse.

A Executiva definiu um calendário interno para a eleição suplementar. Os filiados que tiverem interesse em disputar o cargo de senador têm até o dia 14 de fevereiro para se manifestar. Já no dia 17 de fevereiro, o grupo se reunirá para avaliar os possíveis candidatos e no dia 11 de março está marcada a convenção da sigla.

Júlio mandou recado

O ex-senador já trabalha para ser o candidato do DEM. Júlio comentou que está articulando com diversas lideranças sobre o projeto de pré-candidatura e afirmou que em “política não se dorme no ponto”.

“Não sou candidato para estudar, coloquei meu nome à disposição do partido para ser candidato a senador da República. ou lutar até o fim, já estamos articulando financeiramente para campanha, falei com diretório nacional para ajudar um pouco nos trabalhos agora é uma decisão que não cabe a mim, cabe a convenção do partido”.

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Escola de Governo oferta 300 vagas para curso online sobre Políticas Públicas

Publicado

por

Redação

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Superintendência da Escola de Governo, oferta 300 vagas para o curso online “Noções Básicas de Políticas Públicas”. O curso será ofertado na modalidade de Educação a Distância (EAD) e tem como público-alvo servidores de órgãos e entidades do Poder Executivo estadual.

A capacitação tem uma carga horária total de 40 horas/aulas e entre os conteúdos que serão abordados estão noções sobre política e sociedade, agenda governamental, formulação e decisão política, e implementação e avaliação de políticas públicas. Ela estará disponível no ambiente virtual de aprendizagem da Escola de Governo, com início no dia 07 de setembro e término em 04 de outubro.

Interessados devem se inscrever aqui. As inscrições devem ser efetuadas até às 23h do dia 30 de agosto. Para informações sobre o curso clique aqui.

Outras informações com a Coordenadoria de Gestão Educacional pelo telefone (65) 3613-3774 ou pelo e-mail: ead@seplag.mt.gov.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Governo antecipa calendário e paga salário dos servidores nesta quarta-feira (05)

Publicado

por

Redação

O Governo do Estado paga nesta quarta-feira (05.08) os salários do mês de julho dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas, antecipando em cinco dias o calendário estabelecido em janeiro deste ano. A previsão inicial era de que o pagamento fosse liberado na próxima segunda-feira, dia 10.

“Essa antecipação é fruto de muito trabalho dos nossos servidores públicos, são eles os responsáveis por essa conquista. Reorganizamos as finanças, traçamos as metas e eles trabalharam junto com a gestão pelo Estado de Mato Grosso. É um esforço em equipe e que já começamos a colher os frutos”, destacou o governador Mauro Mendes.

A folha de pagamento líquida no mês de julho, segundo a Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual da Secretaria de Fazenda, foi de R$ 503.336.384,21. Desse montante, R$ 310.084.73,66 destinam-se ao pagamento dos servidores ativos, R$10.800.292,08, para servidores ativos da administração indireta, e R$ 182.451.360,47 para inativos e pensionistas. Vão receber salários e proventos um total de 111.447 servidores das administrações direta, indireta e inativos.

“A responsabilidade de se gastar menos do que arrecada está consertando Mato Grosso. Compromissos do governador Mauro Mendes que estão sendo cumpridos: organizar as contas do Estado, prestar serviços de qualidade ao cidadão e valorizar o servidor público”, destaca o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

As ordens de pagamento foram encaminhadas ao Banco do Brasil nesta terça-feira (04). A Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual prevê que até o meio dia desta quarta -feira, todos os depósitos já terão sido processados pelo Banco. Os valores estarão liberados tanto para quem tem contas no Banco do Brasil, como para aqueles que fizeram portabilidade a outros bancos.

“Fizemos um esforço concentrado conjunto das equipes de servidores das Secretarias do Tesouro Estadual e Contadoria Geral da Sefaz para conseguir cumprir esse compromisso e antecipar o calendário”, explicou a secretária adjunta do Tesouro Estadual, Luciana Rosa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana