conecte-se conosco


Policial

Ladrões agridem covardemente mãe e filha em roubo

Publicado

MidiaNews

Uma mulher de 61 anos e sua filha de 12 viveram momentos de terror ao serem abordadas por dois ladrões, que as agrediram durante um assalto ocorrido na manhã desta quinta-feira (17) no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá.

 

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu por volta das 7h50. Na ocasião os bandidos levaram o carro em que as vítimas estavam, um Honda WR-V cinza.

 

Em imagens de câmeras de monitoramento instaladas na rua onde ocorreu o assalto, é possível ver que os ladrões tiram primeiro a adolescente do carro à força. Ela se desespera, atravessa a rua e tentar fazer uma ligação.

 

Ao mesmo tempo o outro bandido parece estar chutando a mulher que está no banco do motorista, e em seguida o comparsa faz o mesmo, se segurando na parte de fora do veículo.

 

Após alguns segundos, a vítima sai do carro e se recusa a soltar a bolsa, enquanto continua sendo agredida pelo criminoso. Na mesma hora, o segundo ladrão sai do carro e dá uma “voadora” no peito da mulher, que cai no chão.

 

Depois eles percebem que a adolescente tenta ligar e pedir ajuda, e um deles sai correndo em sua direção para impedi-la e a agride também. Neste momento, para proteger a imagem da menina, a reportagem borrou o vídeo.

 

Por fim, os bandidos saem fugindo com o carro. Logo em seguida um homem surge com um pedaço de madeira, mas não consegue alcançá-los.

 

A ocorrência foi registrada na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos da Capital (Derfva), que informou que já conseguiu identificar um dos ladrões e trabalham para prendê-lo.

 

Segundo a Polícia Civil, um tiro foi dado para o alto pelos bandidos, na tentativa de assustar as duas mulheres.

 

As vítimas tiveram lesões provocadas pelas agressões, mas receberam atendimento e não correm risco de morte.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Jovem tenta desarmar policial e acaba morto em MT

Publicado

por

Um jovem foi morto pela polícia após supostamente ter tentado tomar a arma de um policial durante a operação ‘vácuo’ para inibir e conter aglomerações de pessoas em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, na madrugada desse domingo (11). Conforme o boletim de ocorrência, durante a operação, o suspeito estava em uma festa e tentou fugir para uma região de mata com a chegada da polícia.

Ele foi acompanhado por um policial que o alcançou e deu ordem de parada. No entanto, segundo a polícia, o jovem desobedeceu e tentou tomar a arma do PM.

Em seguida, o policial disparou contra ele. O jovem foi socorrido e encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu ao ferimento e morreu.

A Polícia Militar informou que instaurou um inquérito para investigar o caso com posterior encaminhamento à Justiça. “Lamentamos a investidura ilícita do alvejado que gerou o desfecho narrado e reforçamos o comprometimento com a preservação da ordem pública e o zelo pelo bem maior tutelado que é a vida”, diz, em nota.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem invade lanchonete, mata a ex-namorada e comete suicídio

Publicado

por

Um homem identificado como Elinaldo Rezende da Costa, de 31 anos, matou a ex-mulher, Vanessa Gonçalves Santana da Costa, de 31, na noite de domingo (20), no Bairro CPA 4, em Cuiabá, e em seguida cometeu suicídio.

 

De acordo com a Polícia Civil, o homicídio ocorreu por volta das 19h, na frente de uma lanchonete onde a vítima trabalhava, na Avenida Tuiuiú.

 

Segundo testemunhas, a vítima foi tirada pelo suspeito à força de dentro do local e levada até a frente, onde ele sacou uma arma e atirou duas vezes.

 

Em seguida, fugiu em uma motocicleta. Após algumas horas ele foi encontrado morto em uma região de mata, no Bairro Nova Conquista.

Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionada, mas apenas constatou a morte da mulher ainda no local do crime. Ela foi atingida com um disparo na nuca e outro no rosto.

 

Vanessa e o ex-companheiro estavam separados há dois meses, mas ele não aceitava o término do relacionamento.

 

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana