conecte-se conosco


Mato Grosso

Madeiras transportadas de forma irregular são apreendidas pela Polícia Ambiental

Publicado

A Polícia Ambiental de Cáceres apreendeu na manhã da última segunda-feira (07), durante patrulhamento na MT-343, no Distrito de Vila Aparecida, dois veículos sendo um Ford Cargo, de cor prata, conduzido por W.S.S. e um Volvo, de cor vermelho, tendo como condutor iniciais C.B.S,. Os motoristas foram conduzidos ao Cisc.

Ambos os veículos foram encaminhados até o pátio do quartel da polícia ambiental, onde as madeiras foram serradas, sendo comprovada que o veículo Ford Cargo, transportava de forma ilegal 12,166M de madeiras nativas diversas, já o veículo Volvo, transportava de forma ilegal 27,166M também de forma ilegal.

Comentários Facebook
Leia mais:  MT transfere R$ 6 milhões para UTIs
publicidade

Mato Grosso

MPE sugere que Estado venda terras para reforçar caixa do MT Prev

Publicado

Em reunião na tarde desta segunda-feira (05) o Conselho de Previdência de Mato Grosso votou e aprovou a proposta do projeto de Lei Complementar que versa sobre o financiamento da previdência pública no Estado e aumenta a alíquota de contribuição de 11% para 14%. Com sete votos a favor, quatro contra e uma abstenção, o texto integral do PLC foi aprovado e o próximo passo será o encaminhamento para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

O procurador-geral de Justiça do Estado e conselheiro do Mato Grosso Previdência (MTPrev), José Antônio Borges Pereira, votou a favor da aprovação do texto apresentado pelo Executivo. “Na próxima segunda-feira (16) daremos prosseguimento à reunião para discutir pontos como idade mínima das aposentadorias, regras de transição e outras disposições transitórias da Constituição Estadual em consonância à Emenda Constitucional 103/2019, promulgada pelo Congresso Nacional em novembro”, informou.

José Antônio Borges Pereira enfatizou que o plano de custeio, a ser elaborado até julho de 2020, também estará na pauta. “Esse plano de custeio também se tornará lei complementar e terá prazo de 35 anos. Teremos que demonstrar efetivamente e com seriedade como o sistema previdenciário estadual se manterá, essa é a nossa grande responsabilidade. Hoje o Ministério Público ainda se auto-sustenta com o que tem. Mas, mesmo assim, por uma exigência legal e até por necessidade, vamos nos debruçar para buscar recursos de modo que o plano de custeio seja exequível”, afirmou.

Leia mais:  MT transfere R$ 6 milhões para UTIs

Sugestão – Empenhado em contribuir para solucionar o déficit financeiro da previdência estadual, o procurador-geral de Justiça fesz sugestões ao governador Mauro Mendes. “Fiz algumas sugestões como, por exemplo, utilizar o Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) como uma das fontes de arrecadação para a previdência. A ideia é que os excessos de terras devolutas a serem regularizados sejam vendidos aos fazendeiros pelo preço real e os recursos destinados ao fundo. Assim, assumi o compromisso de termos um promotor de Justiça exclusivo para atuar na área fundiária”, destacou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Secretário elogia “time” e lembra que Mauro não fez trocas no 1º escalão

Publicado

Em sua fala nesta terça-feira (10) durante balanço do primeiro ano da gestão Mauro Mendes, o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, destacou o nível de transparência do governo, que tem compartilhado as informações prestando contas à sociedade. “As pessoas estão preocupadas com sua necessidade, com os filhos que estão na escola, com o problema da saúde. As pessoas só vão entender o que nós estamos fazendo e valorizar o que estamos fazendo na hora que todos compartilharem estas informações”, disse Carvalho.

A fala do secretário ocorreu antes do almoço realizado no Palácio Paiaguás, em encontro no qual Mauro Mendes e os secretários Mauro Carvalho e Rogério Gallo (Fazenda) fizeram um balanço das ações do governo neste primeiro ano e do qual participaram secretários, deputados estaduais, empresários da Comunicação, além de servidores. “Temos que saber o que a sociedade pensa, o que o mato-grossense pensa da gente e essa forma de pensar todos nós somos os responsáveis por isso, porque somos os líderes desta gestão”, disse Mauro Carvalho, se dirigindo aos demais colegas secretários. Para ele, o grande responsável pelo sucesso da equipe é o governador Mauro Mendes, que lidera o grupo, e soube escolher os membros do seu governo.

Leia mais:  MT investe R$ 4,4 mil por aluno ao ano

“São formadores de opinião [os secretários], engajados, comprometidos e nós temos que ressaltar aqui, governador, o senhor vai terminar o ano sem nenhuma mudança nesta equipe. Isso aí é muito raro de acontecer. Nós não tivemos nenhuma alteração na equipe de trabalho do governador Mauro Mendes. Mas o que é isso? Isso é a liderança dele na escolha das pessoas, a formação de equipe é que vai fazer a diferença nesta gestão”, ressaltou, enfatizando que os gestores estão colhendo os frutos dos resultados que cada um está entregando.

Conforme Carvalho, desde o primeiro dia de gestão o governo tem sido transparente, relatando o que está sendo feito seja na área da Fazenda, na Segurança, com a reformulação na área da Saúde, infraestrutura. “O tempo todo nós estamos compartilhando com todos. Agora, o sucesso disso é quando toda a sociedade entender realmente de norte a sul de leste a oeste aquilo que nós estamos fazendo”.

Carvalho destacou que várias medidas foram tomadas este ano, consideradas como ajustes fundamentais para a continuidade desta gestão. “O que aconteceu neste ano de 2019 é o que vai trazer o sucesso para 2020, 2021 e 2022. Logicamente todas estas medidas foram feitas por gente, feitas por vocês, que são servidores do Estado, nós estamos aqui de passagem”, afirmou.

Leia mais:  TCE alertou Cuiabá, VG e outras 59 cidades por estouro com folha

Ao relembrar o início do atual governo, devendo para mais de 11 mil fornecedores, com déficit de R$ 3,5 bilhões, salários e décimo terceiro dos servidores atrasados, Carvalho disse que graças as medidas tomadas o ano de 2019 está sendo encerrado de maneira muito diferente. “Com todas as dificuldades, imagina como vai ser o ano de 2020. Vai ser muito melhor e logicamente contando sempre com o apoio da Assembleia Legislativa”, disse, se referindo ao apoio do Legislativo na aprovação de mensagens do governo, que, segundo ele, tiveram sempre por objetivo o benefício da população.

Os bons resultados obtidos pelo governo, na avaliação de Carvalho, se devem também ao relacionamento do Executivo com os demais poderes.  “É desta forma com o Tribunal de Justiça, com o Ministério Público, com o Tribunal de Contas. Até hoje a relação do Executivo com todos os poderes constituídos é a melhor possível, é lógico que respeitando a isonomia, a independência de cada um deles. É isso que tem gerado todos os resultados”, avaliou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana