conecte-se conosco


Nortão

Mato Grosso é 2º Estado com mais municípios entre os 100 maiores PIBs per capita; 3 são do Nortão

Publicado

Mato Grosso é o segundo Estado com mais municípios entre os 100 maiores PIB per capita (Produto Interno Bruto por habitante) do país. São 12: Campos de Júlio, Santa Rita do Trivelato, Nova Ubiratã, Sapezal, Alto Taquari, Diamantino, Itiquira, Ipiranga do Norte, Campo Novo do Parecis, Santo Antônio do Leste, Santa Carmem e Querência. Os valores variam de R$ 202.3 mil  a R$ 75, 1 mil. Todos têm em comum uma baixa densidade demográfica, que varia de menos de um habitante a 7,53 habitantes por quilômetro quadrado.

O primeiro é São Paulo, com 34 municípios, e o terceiro, Rio Grande do Sul, com 11, seguido de Minas Gerais, com 10. Dos 12 municípios mato-grossenses com maiores PIB per capita, 3 estão no Nortão – Santa Carmem, Ipiranga do Norte e Nova Ubiratã.

Todos têm também em comum o agronegócio como maior formador de seu PIB, com exceção de Querência, localizado no Nordeste mato-grossense, cujo maior peso é o setor de serviços. Os principais produtos cultivados são soja, milho e algodão (três culturas em que Mato Grosso é o maior produtor nacional), com exceção de Santa Carmem (35 km de Sinop), que não produziu algodão no ano citado pelo IBGE. A soma de seus PIB (R$ 15,529 bilhões) equivale a 12,54% do total estadual de R$ 123,83 bilhões e a pouco menos de 70% do cuiabano, de R$ 22,2 bilhões.

Os 12 municípios ocupam uma área de 93.880 km2 (9,388 milhões de hectares), equivalente a 10,39% do território mato-grossense, de 903.206 km2 (90,32 milhões de hectares). A população total, de 164.631 habitantes, representa 4,72% da população estadual, estimada em 2019 em 3,484 milhões de habitantes, e 26,88% da capital Cuiabá, de 612,5 mil habitantes. A densidade demográfica média (dos 12 municípios) é de 1,75 habitante por km2, menos da metade da estadual (3,86) e pouco mais de 7% da nacional, de cerca de 25 habitantes por km2.

A produção total de soja, milho e algodão nestes 12 municípios foi em 2018 de 19,511 milhões de toneladas (32% da safra estadual, de 60,99 milhões de toneladas), cultivadas numa área de 4,57 milhões de hectares (31,27% da área estadual, de 14,616 milhões de hectares). Segundo o IBGE, esta produção foi avaliada em R$ 16,89 bilhões ou 35,74% do total estadual, de R$ 47,268 bilhões.

Na região Centro-Oeste, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2016, últimos sobre o PIB divulgados pela instituição, o segundo colocado é Goiás, com oito municípios, seguido por Mato Grosso do Sul, com cinco, e Brasília.

A informação é da secretaria adjunta de Comunicação.

Ao contrário dos 12 municípios mato-grossenses, cuja maior parte do PIB total é formada pelo setor agropecuário (a única exceção é Querência), os cinco primeiros maiores PIB per capita do país têm como base de sua economia o setor industrial – três são polo petroquímico (Paulínia, em São Paulo, São Francisco do Conde, na Bahia, e Triunfo, no Rio do Sul), um é gerador de energia (Selvíria, no Mato Grosso do Sul) e o outro é produtor de biocombustível (Brejo Alegre, em São Paulo).

 

Comentários Facebook
publicidade

Nortão

Presidente do consórcio de Saúde confirma instalação de 20 UTIs em Nova Mutum a partir do próximo mês

Publicado

por

O prefeito de Itanhangá e presidente do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, Edu Pascoski confirmou, ontem, a instalação de 20 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Nova Mutum exclusivos para tratamento de pessoas com Coronavírus. “É uma parceria entre a iniciativa privada, governo do Estado e municipal. Até o dia 20 de julho devem começar a ser implementados”, disse, ontem, durante reunião entre os gestores dos municípios que integram o consórcio.

“Existe toda uma rigorosidade de lei, de cumprimento e de aquisição de equipamentos que os responsáveis estão fazendo, por isso não conseguimos começar a instalação antes desse prazo”, acrescentou. Ainda de acordo com Edu “esses equipamentos vão ser montados em uma unidade privada, mas que vai ter efetivamente esses leitos funcionando na regulação para pacientes do Estado com Covid-19”, completou.

Nova Mutum teve, até agora, 7 mortes de pessoas em decorrência da Covid. Os que precisaram de UTI foram atendidos em hospitais da capital e no regional de Sinop.

Conforme Só Notícias já informou, durante a reunião os prefeitos Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Vera, Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Nova Ubiratã, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, Tapurah e União do Sul definiram que serão instalados, nas próximas semanas, mais 10 leitos de UTIs no Hospital Regional de Sinop que atualmente tem 20 para tratar de casos de Coronavírus.

Os prefeitos estão comprando através do consórcio 10 monitores e 10 respiradores com investimento de ao menos R$ 600 mil, que serão divididos entre os 15 municípios, através de cotas.

Em alguns municípios da região os dados da pandemia são os seguintes
Sinop – 129 em monitoramento – 171 curados – 19 mortes
Nova Mutum – 167 monitorados – 138 recuperados – 7 mortes
Lucas do Rio Verde – 22o positivos – 132 curados – 8 morreram
Sorriso – 303 casos – 163 curados – 5 mortes
Nova Ubiratã – 27 casos em monitoramento e 16 curados
Claudia – 8 monitorados – 3 curados
Vera 17 monitorados 3 recuperados e 1 morto
Santa Carmem – 19 monitorados e 3 recuperados
Feliz Natal 23 sendo monitorados e 3 recuperados

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nortão

Nortão: homem denuncia na polícia invasão de fazenda por bandidos e sequestro de amigo

Publicado

por

Um homem, de 44 anos, procurou a Polícia Militar, ontem, para denunciar que ao menos três bandidos fortemente armados invadiram uma fazenda, localizada da região rural do município de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop). Ele afirmou aos policiais que os criminosos estavam com armas longas, curtas e chegaram atirando. Ele conseguiu se esconder na mata, mas outro homem, de 64 anos, que estava na casa, foi levado pelos criminosos.

Ele relatou ainda aos militares que foram surpreendidos pelos bandidos, saíram correndo e tentaram se proteger nos fundos da residência, mas o idoso acabou sendo atingido e o ouviu relatando que ‘não deixasse morrer’ no local.

Com medo de também ser baleado, o homem deixou o local e entrou numa mata próxima da sede da fazenda para se abrigar. Ele só saiu horas depois, quando os bandidos já haviam saído do local. No entanto, fez diversas buscas pelo amigo, mas não encontrou ninguém.

A testemunha afirmou ainda que conseguiu reconhecer um dos criminosos. Os policiais foram até a fazenda e na casa de madeira constataram várias perfurações de tiros possivelmente de calibre 12. Também foi apreendido três cartuchos.

Até o momento, a vítima não foi encontrada. A Polícia Civil abrirá um inquérito para investigar o caso.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana