conecte-se conosco


Entretenimento

‘Não envelheci ainda. O dia que envelhecer, eu falo’, garante Elza Soares aos 82 anos

Publicado

Duas décadas após ser eleita a ‘Melhor Cantora do Milênio’ pela BBC de Londres, Elza Soares está longe de sentir o peso de seus 82 anos de vida.

Em mais de 60 anos de carreira, ela acumula uma discografia com 84 títulos, 17 pinos na coluna e uma coletânea de dores e alegrias da mulher preta, filha de uma lavadeira com um operário, criada na favela de Água Santa, no subúrbio do Rio de Janeiro.

Tanto que a cantora é direta ao rejeitar qualquer questionamento que a coloque na posição de vítima da própria história (e da idade). “Eu continuo a mesma. A Elza viva. Com os mesmos sentidos e desejos. Seguindo a vida. A que você conheceu de salto 15 dançando e cantando no palco.”

Nas últimas duas décadas, ela conseguiu fazer da trajetória pessoal matéria-prima para ressignificar tragédias, atualizar o discurso, dialogar com novas gerações e, assim, se transformar em uma das principais vozes da juventude brasileira.

 

O R7 Estúdio mergulha no universo da cantora e, com a ajuda dela, de amigos e músicos, sai em busca do que a faz cada dia mais jovem (na disposição e no conteúdo).

Leia mais:  Débora Nascimento e João Vicente engatam affair

 

L

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Produtora quer reacender a folia com a volta dos blocos de rua

Publicado

Um projeto que visa reunir bloquinhos de rua no Carnaval cuiabano deve reacender o espírito dos foliões este ano. Isso é o que promete a produtora de eventos Madona Arruda, que toca a iniciativa em parceria com a também produtora Carlina Jacob. Até o momento, sete blocos já confirmaram presença.

Há 28 anos, Madona trabalhava com o “Bloco do Mingau”, quando Cuiabá ainda mantinha a tradição de comemorar a festa nacional. Ela relembra que, à época, o Carnaval na cidade conseguia reunir tanto público quanto em Chapada dos Guimarães e outros municípios mato-grossenses.

O sentimento de nostalgia e a vontade de voltar a fazer uma grande festa como outras capitais no Brasil fez com que Madona convidasse a parceira de longa data para tentar resgatar a cultura carnavalesca.

“Por que não reativar os blocos na Capital? A gente sente falta disso, desse espírito de festa. Isso é o que o nosso povo gosta. Queremos que Cuiabá seja a mais forte em carnaval no Estado”, explica a produtora, em entrevista ao MidiaNews.

Segundo Madona, além de trazer de volta os blocos de rua para Cuiabá, o projeto é uma oportunidade para famílias e moradores que não têm condições de viajar para outros municípios também possam aproveitar a folia.

Ela e Carlinda ainda pensaram em uma forma democrática de incluir quem quiser participar ativamente da festa com o segmento “coloque seu bloco na rua”.

“Você pode pegar seu filho, sua família, seus amigos e montar seu próprio bloquinho. Não importa o que estiver vestindo ou qualquer coisa, porque terão os trios elétricos emergenciais que irão acompanhar esses grupos no decorrer da folia”, conta.

Leia mais:  Ator compra carro de US$ 2 milhões e bate 15 minutos depois

 

O projeto

Madona relata que os blocos de Cuiabá acabaram por falta de patrocínio e pelo desejo de que o poder público financiasse tudo em relação aos grupos de Carnaval. Segundo ela, essa dependência fez com que, pouco a pouco, os blocos parassem de funcionar na cidade.

Ela defende, porém, que sempre houve o desejo dos donos dos blocos, ao longo dos anos, de voltarem a se apresentar na Capital.

A produtora conta que o desenvolvimento do projeto aconteceu rápido. No Ano Novo, quando participava do evento de uma cervejaria, ela contou ao dono do estabelecimento a ideia. Imediatamente, segundo Madona, o empresário se empolgou com o projeto e foi o primeiro a entrar como patrocinador.

“Depois desse apoio, já comecei a chamar o pessoal que faz a festa. Estão confirmados o Bloco do Mingau, o Bloco da Laje, Os Bossas e as Novas, o Bode do Karuá, Bora Bora e Nem Me Viu”, afirma.

Outros dois blocos estão sendo cotados para participar da folia. Um deles é da Valley Pub, que ainda negocia para entrar no projeto trazendo um bloco inovador para a Capital – totalmente voltado para música sertaneja.

A ideia é vender um abadá para quem se interessar e, logo após a folia na rua, os participantes podem aproveitar o resto da festa dento da casa noturna.

Leia mais:  Na reta final da gravidez, Camilla Camargo posa na praia e exibe barrigão

O “Bloco da Tia Hanna” também está sendo cotado. Todo dedicado ao público infantil, o bloco deverá ser uma opção aos pais para levarem os filhos para curtir o Carnaval sem preocupação. Madona conta que, para deixar tudo mais divertido para os pequenos foliões, haverá um canhão que joga confetes nas crianças.

“A Prefeitura já sinalizou que está animada para ajudar também. A intenção é começar às 17h e terminar às 23h. Nesse primeiro momento, eles devem ajudar com a estrutura, segurança, ambulância, essas coisas”, explica.

Madona está esperando a sinalização da Prefeitura de Cuiabá para revelar quantos dias de festas serão organizados. Ela também está viajando e tentando fazer contatos para conseguir novos patrocinadores para o projeto.

Ela deve viajar para Brasília ainda esse mês para tentar parcerias. A intenção também é deixar a cidade mais colorida já nos próximos dias, para começar produzir o clima de Carnaval. Apesar da correria, ela se diz feliz com a repercussão positiva do projeto tanto do público quanto dos blocos.

“Não esperava essa repercussão toda e daqui para frente, só vejo a história deslanchando. Lembro que, na Copa do Mundo, ganhamos como a cidade mais festeira e receptiva e sei que temos tudo para trazer isso para o Carnaval deste ano”, afirma.

Madona afirma que os interessados em patrocinar ou adicionar seu bloco na folia podem entrar em contato pelo telefone (65) 99975-0630.

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Vencedor do Globo de Ouro, “1917” estreia nos cinemas em Cuiabá

Publicado

Nesta quinta-feira (23) estreia nos cinemas de Cuiabá o filme 1917 do diretor Sam Mendes (Beleza Americana, 007 Skyfall), que produziu, roteirizou e dirigiu a obra. O filme que já ganhou o Globo de Ouro de Melhor Filme Dramático e Melhor Direção, é um dos grandes concorrentes ao Oscar 2020 com 10 indicações, entre elas melhor filme, diretor e roteiro original.

Veja a programação dos filmes em cartaz nessa semana:

1917

Em um dos momentos críticos da Primeira Guerra Mundial, dois soldados britânicos, Schofield e Blake, recebem uma missão aparentemente impossível. Em uma corrida contra o tempo, eles devem cruzar o território inimigo e entregar uma mensagem que cessará o brutal ataque a milhares de combatentes – entre eles, o irmão de Blake. Ele se passa durante a 1ª Guerra Mundial e é quase todo filmado em plano-sequência (sem cortes aparentes).

Continuam em cartaz

Minha Mãe é uma peça 3 (Nacional)

Dona Hermínia vai ter que se redescobrir e se reinventar porque seus filhos estão formando novas famílias. Essa supermãe vai ter que segurar a emoção para lidar com um novo cenário de vida: Marcelina está grávida e Juliano vai casar. Para completar, Carlos Alberto, seu ex-marido, que esteve sempre por perto, agora resolve ficar ainda mais próximo.

Leia mais:  Na reta final da gravidez, Camilla Camargo posa na praia e exibe barrigão

Frozen 2

Anna, Elsa, Kristoff e Olaf adentram as profundezas da floresta para aprender a verdade sobre os poderes de Elsa e um antigo mistério de seu reino.

Adoráveis Mulheres (Little Women)

As irmãs March enfrentam problemas crescentes como falta de dinheiro, tragédias familiares e rivalidades românticas na Massachusetts de meados do século 19. Jo luta por independência e, às vezes, entra em conflitos com a mãe e as irmãs Meg, Amy e Beth. Ela também lida com a rabugenta Tia March, o impulsivo vizinho Laurie e o bondoso professor Friedrich Bhaer.

O Escândalo (Bombshell)

O Escândalo traz um olhar revelador dentro do mais poderoso e controverso império de mídia de todos os tempos, com a história pulsante das mulheres que afrontaram e derrubaram um infame homem à frente deste império. No elenco estão atrizes como Nicole Kidman, Charlize Theron, Connie Britton e Margot Robbie que foi indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante.

Jumanji: Próxima Fase (Jumanji: The Next Level)

Em Jumanji: Próxima Fase, a turma está de volta mas o jogo mudou. Enquanto retornam à Jumanji para resgatar um de seus amigos, eles descobrem que nada é como eles esperavam que seria. Os jogadores devem desbravar áreas desconhecidas e inexploradas, desde o árido deserto até as montanhas nevadas, para poderem escapar do jogo mais perigoso do mundo.

Leia mais:  Novo trailer de 'La Casa de Papel' revela mistérios e desafios da nova temporada

Ameaça Profunda (Underwater)

Um grupo de pesquisadores se encontra num laboratório subaquático a onze mil metros de profundidade, quando um terremoto causa a destruição do veículo e expõe a equipe ao risco de morte. Eles são obrigados a caminhar nas profundezas marítimas, com quantidade insuficiente de oxigênio, para tentarem sobreviver. No entanto, conforme se deslocam pelo fundo do mar, descobrem a presença de uma criatura mortal.

Cinemas e Valores

Multiplex Pantanal

Inteira R$ 22, meia entrada R$ 11

Cinépolis Shopping Estação

Inteira R$ 27, meia entrada R$ 13,50

Cinépolis 3 Américas

Inteira R$ 26, meia entrada R$ 13,00

Cinemark Goiabeiras

Inteira R$ 25, meia entrada R$ 12,50

Cineflix Várzea Grande Shopping

Todos pagam meia entrada R$ 11

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana