conecte-se conosco


Policial

Polícia Federal deflagra a 66ª fase da Operação Lava Jato

Publicado

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira (27) a Operação Alerta Mínimo, a 66ª Fase da Lava Jato, que tem como alvo das investigações “doleiros e funcionários de uma instituição financeira, que teriam atuado em benefício de empresas que contratavam com a Petrobras e necessitavam de dinheiro em espécie para o pagamento de vantagens indevidas a agentes públicos”.

De acordo com a PF, documentos obtidos durante a investigação, trazidos por colaboradores, indicaram que um determinado doleiro teria sido responsável por conseguir pelo menos R$ 110 milhões, em dinheiro, para permitir o pagamento de propinas.

“A produção de dinheiro em espécie neste caso envolvia trocas de cheques obtidos junto ao comércio da grande São Paulo e abertura de contas sem documentação necessária ou com falsificação de assinaturas em nome de empresas do ramo imobiliário”, diz a nota.

As investigações apuraram que a participação de “gerentes de agências bancárias consistia em dar suporte às operações de desconto de cheques e elaborar justificativas internas a fim de evitar fiscalizações e ações de compliance da instituição financeira”. Em troca disso, esses “funcionários dessas agências recebiam comissões dos operadores recebiam comissões dos operadores e conseguiam vender produtos da agência para atingir metas”.

Leia mais:  Jovens são pegos com droga e sem habilitação

Os policiais federais cumprem desde as primeiras horas da manhã de hoje 7 mandados de busca e apreensão na cidade de São Paulo e 1 em Natal, no Rio Grande do Norte. Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba, no Paraná.

De acordo com a PF, nome da operação, Alerta Mínimo, faz referência ao fato de que “os alertas de operações atípicas do sistema interno do banco para comunicação ao Coaf passaram a ser encerrados, mediante a apresentação de justificativas pelos gerentes de agência, como se não houvesse indícios de lavagem de dinheiro”.

Edição: Aécio Amado

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Idoso esfaqueia venezuelana em Cuiabá

Publicado

Venezuelana de 66 anos, moradora do bairro Araés, em Cuiabá, foi vítima de uma tentativa de homicídio no final da noite de domingo (21). O suspeito do crime é seu vizinho, idoso de 77 anos, que foi preso em flagrante após ser agredido pelos moradores da região, que se revoltaram com o crime.

De acordo com as informações, Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência onde o uma mulher havia sido esfaqueada por um homem em uma quitinete.

Lá, eles encontraram a mulher sentada em uma cadeira, ferida e recebendo atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Testemunhas informaram que ouviram uma discussão e que, em seguida, já avistou a mulher sangrando e ferida. Após o ato, ele fugiu por rumo ignorado.

A vítima foi encaminhada para o Pronto-Socorro de Cuiabá. Durante o atendimento da ocorrência, PM foi informada que um idoso havia dado entrada na unidade de saúde ferido, pois havia sido agredido por populares.

Em checagens, descobriram que o homem era o autor da tentativa de homicídio contra a venezuelana. Após receber atendimento, ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes com corte na cabeça, 2 dentes quebrados e escoriações no ombro e cotovelo.

Leia mais:  Jovem é presa transportando drogas em um ônibus que seriam levadas para Sinop

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Dono de revenda sofre prejuízo de R$ 350 mil em VG; 6 carros são recuperados

Publicado

O furto de 16 carros da garagem de uma revendedora de veículos ocorrido na madrugada desta segunda-feira (21) causou um prejuízo de R$ 350 mil ao proprietário da empresa.  O empresário falou que os veículos não possuem seguros.

“São carros com valores baixos, por isso não tinham seguro. Esperamos que a polícia ache o máximo possível mas diminuir esse prejuízo. A gente vai trabalhar para correr atrás né”, afirmou o dono da empresa ao programa Cadeia Neles (TV Vila Real).

A Policia Militar foi acionada logo que os funcionários perceberam o furto, sendo recuperados pela PM seis carros. Ao que consta, os criminosos invadiram a revendedora e furtaram 16 carros. Um lista com as placas e modelos dos veículos foi divulgada para facilitar na localização.

Até o momento, seis já foram recuperados. O proprietário da empresa explicou que um dos motivos para a recuperação dos carros é a falta de combustível. “Os carros não ficam muito combustível e por isso alguns não foram longe”, disse o empresário.

Leia mais:  Veículo roubado em Alta Floresta é recuperado pela PM em Sinop; jovem é preso

Policiais do 9º Batalhão da PM em Cuiabá, localizaram três carros, sendo o Ecosport no bairro Parque Atalaia; Palio preto no Jardim Humaitá e um Fox prata na região do Parque Cuiabá.

Em Várzea Grande, foram encontrados outros três carros. Um Uno prata foi encontrado no bairro da Manga e dois veículos – Gol branco e Strada prata – localizados no Jardim União numa ação da equipe do 25º Batalhão e da Força Tática.

Veja lista de carros que ainda estão em posse dos criminosos:

COROLA PRATA- NVV-7500

HB20 SED- OAY-7948

LOGAN BRANCO- NPQ-8934

SYMBOL PRATA- OBE-2431

GOL G5 BRANCO- OAP-1618

GOL G7 PRETO- QCP-3805

POLO PRATA- APQ-1210

UNO PRETO – NUF-8178

UNO PRATA- NPG-2013

CLASSIC PRATA- OAR-9679

O furto

A Polícia informou que os criminosos quebraram os cadeados e retiraram o portão da empresa e localizaram os carros com a chave no contato. Ao Folhamax, um dos proprietários da revendedora relatou que não possui câmeras de monitoramentos devido ao um reforma recente.

Leia mais:  Polícia Civil prende suspeito de abusar sexualmente de criança dentro de Posto de Saúde

Dentro do estabelecimento tinha cerca de 70 carros.

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA) é responsável pelas investigações.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana