conecte-se conosco


Nortão

Rota do Oeste abre processos seletivos para três cidades de Mato Grosso

Publicado

A concessionária Rota do Oeste disponibiliza seis vagas de emprego em três cidades de Mato Grosso, sendo que quatro delas são para atuação na capital, Cuiabá. As oportunidades vão desde estágio até vagas que exigem ensino médio completo ou ensino superior (em curso e finalizado).

Os interessados em se candidatar a uma das vagas devem encaminhar o currículo para o e-mail selecaocro@rotadooeste.com.br e identificar a área e o município que desejam atuar no assunto do e-mail. Todas as vagas estão disponíveis também para Pessoas com Deficiência (PCD).

Confira abaixo as áreas dos processos seletivos disponíveis, a cidade de atuação e os requisitos exigidos em cada um deles.

Cuiabá

– Analista de Comunicação Jr – O candidato deve ter ensino superior completo em Publicidade e Propaganda, Marketing ou Design Gráfico; Pacote Adobe avançado (Illustrator, Photoshop, InDesign, Premiere); PowerPoint avançado; e ótima comunicação oral e escrita;

– Estágio em Engenharia Civil – Precisa estar cursando a partir do 3º semestre de Engenharia Civil e ter disponibilidade para atuar em Cuiabá.

– Controlador de CCO – É necessário ter o ensino médio completo; conhecimento de Pacote Office; e é desejável que possua conhecimento do “código Q”.

– Estágio em Técnico em Segurança do Trabalho – É preciso estar cursando Engenharia, Administração, Segurança do Trabalho e/ou áreas afins; e ter conhecimento de Pacote Office.

Rondonópolis

– Estágio em Engenharia Civil – O candidato precisa estar cursando a partir do 5º semestre do curso de Engenharia Civil; e ter Disponibilidade para atuação na Praça de Arrecadação de Rondonópolis.

Sorriso

– Auxiliar de Serviços Gerais – Ensino fundamental Completo; e disponibilidade de moradia em Sorriso.

 

Comentários Facebook
publicidade

Nortão

Atoleiros deixam MTs intrafegáveis e moradores de 3 municípios praticamente isolados

Publicado

Moradores de três municípios da região norte do estado estão praticamente isolados. Os trechos das rodovias estaduais, principalmente os não pavimentados, de acesso a Nova Monte Verde, Apiacás e Nova Bandeirantes estão intrafegáveis.

Uma ponte sobre o Rio Apiacás na MT-208 está interditada. Os pontos sem pavimentação se transformaram em um imenso atoleiro e até veículos com tração nas quatro rodas e caminhonetes têm dificuldades para trafegar na rodovia.

Cerca de 30 caminhões estão parados nesse trecho, porque não conseguem seguir viagem.

O município mais atingido é Apiacás, devido aos atoleiros na MT-160. Cerca de 50 quilômetros, que liga a cidade à MT-208, estão com grandes atoleiros porque alguns córregos transbordaram.

A alternativa está na ligação entre Alta Floresta e Apiacás, percurso que passa pelo município de Paranaíta pela MT-206, para garantir o escoamento, principalmente dos grãos produzidos nessa região.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nortão

Condenado motorista envolvido em acidente com duas mortes na BR-163 entre Sinop e Itaúba

Publicado

A juíza da 2ª Vara Criminal, Débora Roberta Pain Caldas, condenou o motorista responsável pelo acidente que resultou nas mortes de Clebston Horácio da Silva, 47 anos, e Duana Letícia Anderção Benedeti, 22. As vítimas estavam em um Fiat Uno branco, placas de Nova Canaã do Norte, quando atingiram a traseira do caminhão GM C60, dirigido por Gilberto Ures, 39 anos. O acidente aconteceu em março de 2015, na BR-163, a cerca de 50 quilômetros de Sinop, sentido Itaúba.

A juíza levou em consideração o laudo pericial, apontando que Gilberto agiu de forma negligente. “Diante das circunstâncias em que se encontrava o veículo do acusado, ou seja, transitando em rodovia federal sem para-choques e fitas reflexivas em quantidade insuficiente, bem como sem faróis e lanternas, conclui-se que agiu de forma negligente, o que ocasionou o acidente que vitimou Clebston e Duana, mormente por ter conduzido com o veículo nesse estado de conservação no período noturno, em local sem iluminação artificial, impossibilitando a visibilidade do veículo pelas vítimas”, disse a magistrada.

Ela fixou uma pena de três anos e um mês de detenção, em regime aberto, e proibição de dirigir por três meses. A juíza, no entanto, facultou a Gilberto substituir a pena restritiva de liberdade por duas restritivas de direito. Desta forma, o motorista poderá pagar R$ 2 mil, que será destinado ao Conselho da Comunidade da Comarca de Sinop, e ainda prestar serviços comunitários, em local a ser definido. Ures ainda pode recorrer da decisão.

Conforme Só Notícias já informou, as vítimas morreram ainda no local do acidente. Duana residia no Castanhal, distrito de Itaúba, e trabalhava como caixa em uma lanchonete. Ela foi sepultada em Marcelândia. Clebston trabalhava em uma empresa no setor de construção e foi trasladado para o interior de Goiás.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana