conecte-se conosco


Mato Grosso

Taxa de homicídios de MT é a menor dos últimos 10 anos

Publicado

Mato Grosso fechou o ano de 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. De 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano passado foram contabilizados 842 assassinatos no Estado, número 8,1% menor do que os 961 casos registrados pelas polícias Militar e Judiciária Civil em 2018. A taxa de homicídio ficou em 24,19 morters a cada 100 mil habitantes. As informações são da Coordenadoria de Estatísticas e Análise Criminal (Ceac) da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Dentre as vítimas de assassinatos, 90% são homens e 10% são mulheres. Dos 87 casos de homicídios com vítimas femininas, 39 foram classificados como feminicídio, ou seja, a motivação do crime foi apenas pelo fato de a vítima ser uma mulher.

Para reduzir o número de mortes, foi fundamental entender a motivação dos crimes, pesquisando as causas do assassinato. Foram avaliados fatores que provocam os homicídios, como drogas, desajustes sociais, álcool, crime organizado, passional e conflitos agrários.

“A redução dos homicídios se deve a uma série de fatores. O enfraquecimento das facções criminosas com a Operação na Penitenciária Central de Cuiabá, o fortalecimento das atividades no sistema penitenciário, políticas públicas voltadas à preservação da vida, investimentos em prevenção, inteligência, fortalecimento dos setores de investigação e perícias, análise criminal de maneira geral como forma de conhecer a dinâmica dos crimes para um policiamento orientado em todas as modalidades que possam prevenir o crime”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Dentre as 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps), Cuiabá teve a segunda menor taxa de homicídios: 15,66 mortes a cada 100 mil habitantes. O ano fechou com 104 assassinatos nos sete municípios que compõe a Risp de Cuiabá, 16,8% a menos do que em 2018, que registrou 125 casos. Barra do Garças tem a menor taxa com 14,87 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Nove Regiões Integradas de Segurança Pública apresentaram redução nas taxas de homicídios dolosos, mas seis tiveram taxas acima da média estadual. As maiores reduções foram nas Risps de Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Alta Floresta.

As menores taxas por 100 mil habitantes estão nas Risps de Barra do Garças, Cuiabá e Alta Floresta (18,17/100 mil hab).

“Conforme o último Anuário de Segurança Pública referente a homicídios dolosos em 2018, a taxa nacional naquele ano foi de 23,5 a cada 100 mil habitantes, o que demonstra que Mato Grosso, depois de muitos anos com índices acima da média nacional, começa a demonstrar uma grande tendência de redução”, finalizou Bustamante.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Família faz vaquinha para pagar enterro de morto

Publicado

por

A família do jovem Jhon Devid Bonifacio de Lima, 22, iniciou uma campanha nas redes sociais para pagar o enterro do rapaz que morreu no confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope). Caso foi registrado no bairro Itamaraty, em Cuiabá, na manhã desta quarta-feira (29).

Além de Jhon, foram mortos no tiroteio Gabriel de Paula Bueno, 20, André Felippe de Oliveira silva, 24 , Willian Dhiego Ribeiro Moraes, 37, o soldado da PM Oacy da Silva Taques Neto, 30, e Leonardo Vinícius Pereira de Moraes, 24, filho de um sargento da PM.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Virginia Mendes pede orações para a mãe que está internada

Publicado

por

A primeira-dama Virginia Mendes disse estar em oração pela recuperação de sua mãe Euridice Gomes da Silva, internada há 12 dias em um hospital por conta da Covid-19. Em postagem nas redes sociais, Virginia destaca a saudade por não tê-la perto e que está em oração em confiante na recuperação.

“A saudade aperta, o coração dói de não te ter por aqui pertinho de nós mãe. Mas estamos confiantes no amor infinito de Deus por você e por todos nós, em oração e confiantes de que logo logo estará recuperada. Amigos, peço que continuem orando pela recuperação da minha mãe, que já está há 12 dias internada. Peço também que continuem enviando boas energias a minha família toda, a mim, para meus três filhos e para Mauro. Neste momento, uma oração feita de coração é o que mais precisamos. Agradeço todo o carinho que temos recebido, o apoio e orações. Que a luz divina proteja a todos que precisam e esperam a cura no mundo Tenho fé e creio no poder de Deus e no amor infinito que Ele tem por todos nós”, postou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana