conecte-se conosco


Mato Grosso

Três vereadores conseguem reeleição em Vera e prefeito Giacomelli deve ter maioria na câmara; veja 20 mais votados

Publicado

O prefeito reeleito em Vera, Moacir Giacomelli (Podemos) teve em sua coligação seis partidos e conseguiu consolidar uma boa base na câmara para o mandado 2021/24. Dos nove eleitos, sete integram as siglas da chapa dele, que conseguiu 3.358 votos (72,46%): Antônio Penafiel (PL), Eduardo Bioquímico (DEM), Donizete da Lasca (DEM), Professor PH (PDT), Alfredo Krause (Podemos), Tiririca (PL) e Marcelo Perioto (Podemos).

Já pela coligação de Adalto do Gás (PSC), que acabou derrotado nas urnas, Vitão (PSDB) conseguiu se eleger no município. O outro vereador eleito, Juca Moro (MDB), não integrou coligação no pleito eleitoral.

A lista dos vereadores eleitos em Vera também sofreu mudança em relação aos mais votados após realizado o cálculo do quociente eleitoral. Mesmo tendo mais votos, candidatos que ficaram nas 7ª e 9ª colocações perderam vagas para os que estavam nas 11ª e 14ª.

Jader (DEM) foi o 7º, com 192 votos, mas quem garantiu a vaga foi Marcelo Perioto (Podemos, que teve 163 votos. Já Vitão (PSDB), que terminou em 14º na lista geral (123 votos), ficou com a vaga de Juninho (PL), que teve 58 votos a mais.

A alteração nas vagas deve-se ao quociente eleitoral, que é calculado dividindo-se o número de votos válidos pelas cadeiras na câmara. No município foram 5.080 votos (158 brancos e 288 nulos), isto é, 4.634 em algum candidato. Para o resultado final, foi dividido 4.634 pelas vagas (9), chegando ao quociente de 514 votos para o partido conquistar uma cadeira.

No pleito, cinco atuais vereadores tentaram reeleição e dois não conseguiram, sendo Silas da Ambulância (DEM) e Odimar Gehlen (MDB). Já Vilmar Scherer (PSD), Carlos Renato Marzola (PTB) e Cristiano Nicoli (DEM) não se candidataram, enquanto Adalto do Gás (PSC), concorreu ao executivo.

Lista dos 20 mais votados em Vera:

1 – Donizete da Lasca (DEM) – 392 votos 8,19%
2 – Antônio Penafiel (PL) – 343 votos 7,17%
3 – Professor PH (PDT) – 316 votos 6,61%
4 – Alfredo Krause (Podemos) – 248 votos 5,18%
5 – Eduardo Bioquímico (DEM) – 238 votos 4,97%
6 – Juca Moro (MDB) – 212 votos 4,43%
7 – Jader (DEM) – 192 votos 4,01%
8 – Tiririca (PL) – 187 votos 3,91%
9 – Juninho (PL) – 181 votos 3,78%
10 – Odimar Gehlen (MDB) – 172 votos 3,60%
11 – Marcelo Perioto (Podemos) – 163 votos 3,14%
12 – Dênis (PSC) – 131 votos 2,74%
13 – Gilmar Marcelo (DEM) – 130 votos 2,72%
14 – Vitão (PSDB) – 123 votos 2,57%
15 – Robson Lima (Podemos) – 113 votos 2,36%
16 – Framad (PSDB) – 110 votos 2,30%
17 – Baixinho (MDB) – 103 votos 2,15%
18 – Silas da Ambulância (DEM) – 101 votos 2,11%
19 – Maninho Taxista (PSDB) – 100 votos 2,09%
20 – Madalena Paula (PDT) – 89 votos 1,86%

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Desembargadora Maria Helena é eleita presidente do Tribunal de Justiça de MT

Publicado

por

A desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas acaba de ser eleita presidente da corte para os próximos dois anos. Ela recebeu 15 votos dos 29 desembargadores que compõem o pleno. O desembargador Luiz Ferreira teve 11 votos, o desembargador Sebastião de Morais Filho recebeu 2 votos e Juvenal Pereira, 1 voto.

Para a vice-presidência foi eleita a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro (candidata única) que recebeu 26 votos, e para Corregedor Geral da Justiça, o desembargador José Zuquim Nogueira, com 18 votos. O desembargador Pedro Sakamoto recebeu 10 votos.

A eleição foi em sessão por videoconferência. A votação foi realizada por sistema eletrônico e os trabalhos da apuração dos votos foram conduzidos pelo desembargador Orlando de Almeida Perri.

A cerimônia de posse da nova diretoria eleita será dia 18 de dezembro e a entrada em exercício nos respectivos cargos de direção se dará em 1º de janeiro de 2021.

Maria Helena sucederá o desembargador Carlos Alberto Rocha na presidência da corte. Ele chegou a articular candidatura à reeleição, porém o Conselho Nacional de Justiça não concordou com as mudanças no regimento do tribunal, determinou nova data de eleição e Carlos não participou.

Professora de Direito, ex-presidente da OAB Mato Grosso, ela ingressou no Tribunal de Justiça pela vaga do quinto constitucional. Já foi vice-presidente e em seguida presidiu o TRE de 2015 a 2017.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Carro sai de avenida, bate na parede de empresa em Lucas do Rio Verde e motorista fica ferido

Publicado

por

O acidente foi há pouco, na avenida Amazonas, no bairro Menino Deus, em Lucas do Rio Verde. O motorista de um Renault Duster preto ficou ferido e precisou ser levado por uma equipe do Corpo de Bombeiros ao hospital para avaliação médica mais detalhada.

A versão investigada é que o motorista seguia sentido centro da cidade quando perdeu o controle da direção, bateu antes num Fiat Strada branco que estava estacionado, subiu na calçada e, na sequência, colidiu na parede da empresa.

Com o forte impacto, acabou quebrando e abrindo um buraco na parede de concreto. Os airbags do Duster foram acionados e, com isso, evitou ferimentos mais graves no condutor. O veículo ficou com a parte da frente completamente danificada.

Uma equipe da Guarda Municipal foi acionada para registrar o acidente e vai apontar todas as circunstâncias do acidente no boletim de ocorrência. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana