conecte-se conosco


Policial

Adolescente envolvido em homicídio de jovem em Jauru é localizado por policiais civis em Colniza

Publicado

Investigadores da Delegacia da Polícia Civil de Colniza, na região noroeste de Mato Grosso, localizaram nesta sexta-feira (10.06) um adolescente que estava com mandado de internação decretado pela Justiça por envolvimento no homicídio de um jovem em Jauru, região oeste do estado.

O adolescente foi localizado em um hotel da cidade depois que os policiais civis receberam informações de que ele estaria em Colniza e monitoraram o local. Ele foi conduzido à delegacia para o registro do mandado judicial e depois será encaminhado a uma unidade do Sistema Socioeducativo.

Ele é um dos sete investigados que tiveram as prisões (cinco adultos) e mandados de internações (dois adolescentes) deferidos pela Justiça no inquérito instaurado pela Delegacia de Jauru para apurar o desaparecimento do jovem João Felipe dos Santos Bogea, 23 anos.

Os envolvidos respondem pelos crimes de tortura, homicídio qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e organização criminosa. Joao Felipe desapareceu em fevereiro deste ano, depois de ser sequestrado, torturado e morto.

Restos mortais

As equipes da Polícia Civil empregaram quatro meses de diligências em campo, análise de perícias e levantamento de informações para esclarecer o desaparecimento da vítima.

As investigações coordenadas pelo delegado Antônio Carlos Pinzan Junior resultaram na prisão, até o momento, de cinco adultos envolvidos no crime e cumprimento dos mandados de internação de dois adolescentes.

Na quinta-feira, 09 de junho, a equipe da Delegacia de Jauru, com apoio de um grupamento de buscas e resgate com cães do 2ª Batalhão do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Obras do município, realizou buscas em depósito de entulhos da cidade e localizou restos mortais que indicam ser de João Felipe Bogea.

O delegado Antônio Pizan Jr, explicou que a área onde o corpo foi localizado foi isolada para o trabalho da Politec e o material encaminhado à perícia forense para o confronto de material genético e confirmação da identidade da vítima.

“O inquérito policial será finalizado nos próximos dias e encaminhado ao Poder Judiciário com cópia ao Ministério Público Estadual. Os envolvidos serão indiciados por tortura, homicídio qualificado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e organização criminosa”, destacou o delegado.

Leia mais sobre o assunto:

http://www.pjc.mt.gov.br/-/22238397-buscas-localizam-cadaver-em-deposito-de-entulhos-que-pode-ser-de-jovem-torturado-e-morto-em-jauru

http://www.pjc.mt.gov.br/-/22179583-sete-envolvidos-na-morte-de-jovem-em-jauru-tem-prisoes-e-internacoes-cumpridas-pela-policia-civil

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Mais de 100 kg de maconha são apreendidos em Barra do Garças

Publicado

Na manhã de hoje (19), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 100 kg de maconha.

A ocorrência aconteceu no km 8 da BR 070, em Barra do Garças, quando uma carreta, a qual era conduzida por um homem de 25 anos foi parada para fiscalização.

Questionado sobre a viagem, o condutor do veículo apresentou grande nervosismo e a todo momento entrava em contradição, não conseguindo informar de qual localidade tinha saído, apenas que estava seguindo para a cidade de Goiânia/GO. Além disso, afirmou que não estava com nenhuma carga no veículo.

Diante das informações, a equipe policial acabou elevando a suspeita e iniciando uma fiscalização mais detalhada. Durante a verificação, foram encontrados 79 tabletes de drogas escondidos dentro do baú e caixa de cozinha do caminhão, um total de 101,2 kg de maconha.

Indagado sobre o ilícito, disse apenas que foi contratado para levar o entorpecente da cidade de Cuiabá até Goiânia-GO.

Desta forma, o homem foi detido, a princípio, pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Barra do Garças para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Força-Tarefa cumpre 61 mandados de prisão e busca e apreensão contra integrantes de facções criminosas em MT

Publicado

(FTSP/MT), composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, deflagrou a Operação Dissidência para cumprimento de 22 mandados de prisão preventiva, 03 prisão temporária e 36 busca e apreensão nos estados de Mato Grosso e Rio de Janeiro contra envolvidos em crimes como homicídios, tortura e tráfico de drogas.

Durante as investigações da Força-Tarefa foi identificado que na região centro-norte do estado de Mato Grosso estaria ocorrendo uma guerra entre uma facção criminosa e sua dissidência pelo controle na venda de drogas, principalmente, no município de Sorriso, o que provocou um aumento exponencial em homicídios no município.

A Força-Tarefa de Segurança Pública instaurou um inquérito policial para apurar os fatos e, com um complexo trabalho de investigação e de inteligência, as equipes identificaram os líderes das facções na região, inclusive, de dentro do sistema penitenciário, bem como outros integrantes responsáveis por promover homicídios, torturas, tráfico de drogas, entre outros crimes graves. Também foi possível identificar uma mulher de 30 anos como uma das líderes do grupo criminoso, que residiria no estado do Rio de Janeiro e transitava com frequência entre os municípios do Rio de Janeiro e Macaé, locais onde possuía residência.

Foram cumpridos mandados expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso/MT nos municípios de Cuiabá/MT, Várzea Grande/MT, Sinop/MT, Sorriso/MT, Marcelândia/MT, Peixoto de Azevedo/MT, Terra Nova do Norte/MT, Tangará da Serra/MT, Guarantã do Norte/MT, Rio de Janeiro/RJ e Macaé/RJ. Também foram cumpridos mandados de prisão na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop; na Penitenciária Central do Estado e na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, ambas em Cuiabá e na Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo, em desfavor de criminosos que já se encontravam presos.

Além das equipes da Polícia Civil, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar, que incluíram cães farejadores com o intuito de busca por entorpecentes, também foram utilizados helicópteros do Centro Integrado de Operações Aéreas (Cioaper) e da Polícia Rodoviária Federal. A FTSP/MT tem por objetivo a atuação conjunta e integrada no combate ao crime organizado no estado do Mato Grosso.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana