conecte-se conosco


Mato Grosso

Aulas na modalidade híbrida serão retomadas dia 3 de agosto; veja como funcionará

Publicado


As aulas na rede estadual de ensino de Mato Grosso serão retomadas, na modalidade híbrida, no dia 3 de agosto de 2021, após investimentos de mais de R$ 170 milhões em biossegurança e infraestrutura física, na área pedagógica e tecnológica. Todas as unidades possuem plano de contingência contra a Covid-19, receberam as orientações sobre a nova forma de funcionamento e todas as medidas que precisam ser adotadas em casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus.

A primeira semana será de acolhimento aos profissionais e estudantes. Nos dias 2 e 3 de agosto a Seduc realiza lives inaugurais de volta às aulas na modalidade híbrida, voltadas a todos os servidores.

O acolhimento aos estudantes começa na quarta-feira (04.08), em revezamento elaborado por cada unidade escolar. Na primeira semana, os alunos serão recebidos em dias alternados. Eles foram divididos em Grupo A e Grupo B. A divisão foi feita por cada unidade escolar, responsável pela comunicação aos pais.

No dia 04 de agosto vão para as escolas os estudantes do Grupo A. No dia 05 será a vez dos estudantes do Grupo B. Esses dois dias serão fundamentais para que os estudantes conheçam como as escolas vão funcionar.

A partir do dia 10 de agosto começa o revezamento semanal.  Desta forma, do dia 10 ao dia 14 de agosto estarão de forma presencial os integrantes do Grupo A. Na semana seguinte, dos dias 17 a 21, será a vez dos estudantes do Grupo B. E assim consecutivamente.

Na semana que o estudante não estiver em atividade presencial, terá estudo dirigido. É importante ressaltar que pais e responsáveis poderão visitar as escolas e tirar dúvidas. Para isso, é necessário fazer agendamento com a direção da unidade escolar para evitar aglomerações.

Organização das salas de aula

Dentro da sala de aula é obrigatório manter o distanciamento social de 1,5 metro e usar a máscara de proteção facial. As carteiras e mesas estarão organizadas em uma mesma direção.

Exceções

Caso o responsável pelo estudante decida mantê-lo em atividade 100% remota, deverá assinar um termo de responsabilidade, se comprometendo a retirar e devolver as atividades no período estipulado pela escola; acompanhar a rotina de estudos; apoiar e incentivar o estudante na realização das avaliações; incentivar a participação nos simulados, para estudante matriculado no ensino médio; incentivar a participação no concurso de redação, para estudante matriculado no 3º ano do ensino médio. Em caso de atividades que o estudante não consiga desenvolver, deverá ser registrada por este uma observação para o professor.

Quanto aos estudantes com comorbidades, a orientação é que continuem em atividades 100% remotas neste primeiro momento, mas a participação presencial poderá ocorrer desde que o responsável assine um termo de autorização na unidade escolar.

Estudantes atendidos exclusivamente de forma remota terão sua presença computada, considerando: 25% da frequência, ao retirar as atividades e 75% da frequência, ao devolver as atividades.

Áreas comuns

Considerando que os grupos estarão com um número menor de estudantes por sala de aula, também poderão ser utilizados outros espaços, como quadras poliesportivas, pátios e/ou áreas de lazer, de modo que as medidas de biossegurança sejam respeitadas.

As equipes gestoras foram orientadas a planejar momentos de intervalo e lanche diferentes, com áreas de circulação demarcadas, para facilitar a limpeza.

Lives

Na segunda-feira (02/08), será realizada a primeira aula inaugural do retorno das aulas na modalidade híbrida. Será às 9h, na Igreja Batista Nacional (IBN), bairro Cristo Rei.

A live terá palestras com Cláudia Costin – “Recuperação da Aprendizagem Pós-Pandemia” – e Camila Cury – “O acolhimento socioemocional no retorno das atividades presenciais”.

Ela será transmitida ao vivo, pelo canal da Seduc no YouTube.

Na terça-feira (03/08), a live será realizada no Anfiteatro Zulmira Paes de Barros, na Assembleia Legislativa, a partir das 8h30, e poderá ser acompanhada pela internet.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Mais de 2,1 mil vagas de emprego estão disponíveis nesta semana em Mato Grosso

Publicado


O Sistema Nacional de Emprego (Sine), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), divulga nessa semana 2.174 vagas de emprego disponíveis. As oportunidades estão espalhadas em diversas áreas nos 31 postos do Sine instalados em 28 municípios no Estado de Mato Grosso.

Em Cuiabá e Várzea Grande para o público em geral, são 312 oportunidades de emprego para as áreas de: auxiliar de cozinha, gerente de vendas, estoquista, técnico de manutenção de computador, técnico de alimentos, operador de caixa e motorista de caminhão.

Somente para auxiliar de linha de produção e pedreiro estão disponíveis 31 e 28 vagas, respectivamente. Já para as Pessoas com Deficiência (PCDs) estão disponíveis 32 vagas, dentre elas: repositor de mercadorias, ajudante de carga e descarga de mercadoria, atendente de lojas, operador de telemarketing ativo, lavador de ônibus e auxiliar de lavanderia.

No município de Sinop (a 477 km da capital) são 325 oportunidades disponíveis nas áreas de fiscal de loja, eletricista, orientador de tráfego para estacionamento, serralheiro, vendedor interno, técnico de enfermagem, mecânico de manutenção de máquinas agrícolas e colocador de papel de parede. Vale destacar que estão disponíveis 43 vagas para auxiliar de linha de produção e 20 vagas para consultor de vendas.

Em Rondonópolis (a 216 km da capital) estão disponibilizadas 210 vagas, como: costureira de máquinas industriais, auxiliar de logística, auxiliar administrativo, mecânico de manutenção de máquina industrial, motoboy, repositor – em supermercados, técnico de suporte de ti e eletricista de instalações de veículos automotores. Destacam-se as vagas para servente de obras com 35 vagas. 

Para o município de Sorriso (a 416 km da capital) são 194 oportunidades nas áreas de maquiador, jardineiro, carpinteiro, vigilante, motorista de caminhão-basculante, entregador de bebidas (ajudante de caminhão) e armador de ferros. Somente para auxiliar de laboratório de análises físico-químicas estão disponíveis 30 oportunidades. 

Já em Lucas do Rio Verde (a 332 km da capital) foram disponibilizadas 156 vagas, como: conferente de controle de produção, camareira de hotel, pedreiro, montador soldador, motorista de caminhão-guincho pesado com munk, auxiliar de cozinha, entregador de gás (ajudante de caminhão) e zelador. Para operador de processo de produção são 80 vagas disponíveis. 

Outros municípios como Colíder, Primavera do Leste, Nova Mutum, Pontes e Lacerda e Alto Araguaia somam 496 oportunidades nesta semana. 

Segundo Simone Koehler, coordenadora do Sine MT, o intuito do órgão é promover a intermediação de trabalhadores com empregadores para o preenchimento das vagas de emprego. “Os atendentes do SINE buscam orientar os trabalhadores, durante o seu atendimento, no processo de colocação ou recolocação no mercado de trabalho, ressaltando sempre a importância de manter os dados atualizados junto ao SINE, além de reforçar sobre a importância da capacitação profissional.”

Atendimento

Além do trabalho de intermediação de mão-de-obra, o Sine realiza serviço de habilitação do seguro desemprego, orientação para emissão de carteira de trabalho e previdência social. É preciso verificar na unidade a disponibilidade das vagas, que são ofertadas diariamente.

Os interessados podem comparecer aos postos de atendimento, portando documentos pessoais e comprovante de residência, facilitando os trâmites do atendimento. Procure os postos mais próximos de sua residência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Programa ‘Pensando Grande para os Pequenos’ realiza mais de 1.600 atendimentos no Estado

Publicado


Em dois anos de vigência, o programa Pensando Grande para os Pequenos, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT), realizou mais de 1.600 atendimentos, atingindo o objetivo de melhorar o ambiente de negócio oportunizando acesso a diversas ferramentas de gestão, crédito e capacitação.

As ações do programa são implementadas por meio do projeto Circuito Empreendedor que tem como intuito levar capacitação e estimular os pequenos negócios do Estado, com foco na capacitação de gestores, futuros empreendedores, microempreendedores individuais e empresários de pequeno.

Apesar da pandemia que levou à suspensão das atividades do programa, de março de 2020 a junho de 2021, foram efetuados seis circuitos, que beneficiaram empreendedores de 53 municípios mato-grossenses, 45% dos consórcios estaduais. Durante os eventos, mais de 300 artesãos foram cadastrados pelo programa de Artesanato Mato Grosso, da Sedec.

De acordo com o secretário Adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, Celso Banazeski, os frutos do trabalho começam a ser colhidos. “Tivemos tempos muitos difíceis, a pandemia nos obrigou a suspender as ações do programa por mais de 1 ano, e após os cuidados necessários retomamos o trabalho em 2021 e, ainda assim conseguimos levar conhecimento a quase 2 mil pessoas. Mesmo com público restrito muitas pessoas têm buscado saber mais sobre os pequenos negócios no Estado. Até o número de instituições parceiras cresceu desde o lançamento do programa, inicialmente eram 14, atualmente contamos com 20 parceiros. Temos muito que comemorar”, ressalta.

“O Circuito Empreendedor leva conhecimento e informação até os pequenos empreendedores na região onde ele vive e trabalha. Com o evento, eles têm acesso a ações de governo e das entidades parceiras que conjuntamente trabalham para fomentar a economia, diminuir a informalidade, instruí-los e orientá-los. Esse é um processo contínuo que apresentará resultados positivos a médio e longo prazo. Levamos capacitação, mas o aprendizado também depende da vontade do empreendedor, dele querer se desenvolver e buscar a informação”, descreve o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

Histórico

O programa de fomento Pensando Grande para os Pequenos foi lançado em 26 de setembro de 2019, no Centro de Eventos do Pantanal, durante a 11ª edição da feira do Empreendedor.

Os Circuitos já foram realizados em Juína, Porto Alegre do Norte, Água Boa, Indiavaí, Juara e Colíder.

Sequência

O próximo município a receber o evento será Alta Floresta, no Vale do Teles Pires, no dia 07 de outubro, no Centro de Eventos da cidade. No entanto, o calendário de atividades do evento se estenderá até março de 2022.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana