conecte-se conosco


Policial

Autor de estelionato eletrônico é preso pela Polícia Civil após golpe contra vítima idosa

Publicado

Um homem suspeito de fraude eletrônica cometido contra uma vítima idosa foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (29.06), em ação da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes de Cuiabá. O suspeito, envolvido na prática de golpes por meio de aplicativos de mensagens, foi autuado em flagrante pelos crimes de estelionato eletrônico e associação criminosa.

As diligências iniciaram após a equipe da Delegacia de Estelionato receber informações sobre a vítima de 69 anos que havia caído no golpe do falso perfil do whatsapp. Na ocasião, o suspeito se passou por filha da vítima, pedindo uma transferência por pix, no valor de R$ 5 mil.

Após a transferência do valor, o suspeito continuou pedindo dinheiro para a vítima, que então descobriu que havia caído em um golpe. Diante das informações, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o autor da fraude, realizando a sua prisão em flagrante em sua residência no bairro Jardim Esmeralda em Várzea Grande.

Ele foi conduzido à Delegacia de Estelionato, onde após ser interrogado pela delegada Judá Marcondes, foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato eletrônico e associação criminosa. “Foi apurado, por meio das provas colhidas, que o conduzido integra um grupo criminoso que coopta diversas pessoas para cederem contas bancárias com intuito de concretizar os golpes”, disse a delegada.

Parte do valor subtraído da vítima foi recuperado com apoio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), por meio de bloqueio bancário, e será restituído para vítima após algumas providências de praxe no banco.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Maconha é apreendida na BR 364 em Rondonópolis

Publicado

Na tarde de ontem (09), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 kg de maconha em um ônibus.

A ocorrência aconteceu na BR 364, município de Rondonópolis, quando um ônibus foi parado para fiscalização.

Durante a verificação dos passageiros, uma mulher apresentou bastante inquietação e nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem, o que gerou suspeita por parte da equipe policial.

Indagada se possuía bagagens, informou que não possuía, porém estava em posse de tickets de bagagem despachada. Com isso, foi realizada uma busca com o cão de faro no compartimento externo, o qual indicou presença de ilícitos ao farejar duas malas.

Ao verificar a identificação das bagagens, constatou-se que a numeração dos tickets eram iguais às da passageira que tinha sido fiscalizada inicialmente.

Em virtude disso, os policiais abriram as malas pertencentes à passageira e encontraram a quantidade de 38 tabletes de droga, pesando um total de 30 kg de maconha.

Perguntada sobre o ilícito, a mulher afirmou ter pego em Foz do Iguaçu e entregaria na cidade de Rio branco/AC.

Diante dos fatos, a passageira foi detida, a princípio, pelo crime de tráfico e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Ouro é apreendido no município de Poconé

Publicado

Na manhã de ontem (07), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 300g de ouro.

A ocorrência aconteceu na BR 070, município de Poconé, quando um ônibus que fazia a linha Porto Velho – Cuiabá foi parado para fiscalização. Durante a verificação dos passageiros, um homem apresentou muito nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem.

Com isso, foi realizada uma busca mais detalhada em seus pertences, sendo encontrado duas barras pequenas de cor dourada, as quais se tratavam de ouro, um peso total de 305g.

Questionado sobre a situação, o homem afirmou ter comprado no interior do estado e que levaria para a cidade de Cuiabá para revender.

Diante dos fatos, o homem foi detido, a princípio, por crime contra o patrimônio na modalidade de usurpação, por produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas, sendo encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Cuiabá para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana