conecte-se conosco


Rondonópolis

Com 79 casos e dois óbitos, prefeito não descarta lockdown em Rondonópolis

Publicado

Rondonópolis é o segundo município a anunciar que poderá adotar medidas ainda mais rígidas, caso o número de contaminação por Covid-19, o coronavírus, continuar a subir. Até o momento, a cidade contabiliza 79 casos confirmados e 2 óbitos pela Covid-19, o coronavírus.

Segundo o prefeito José Carlos do Pátio (Solidariedade), desde a retomada das atividades econômicas, medidas de segurança e higienização foram adotadas e constam em decreto municipal. No entanto, ele reforça que não descarta a possibilidade de fechar novamente os estabelecimentos comerciais, como já foi feito em março desse ano. “Como está havendo crescimento (contaminação), inclusive em Barrado Garças, pode sim (haver lockdown). Nós vamos ter que tomar atitude”, observou o gestor.

Pátio destaca que no município, o número de infectados só não é maior, devido a estratégica adotada pela prefeitura, que resolveu fechar os estabelecimentos comerciais, suspender as aulas nas redes pública e privada de ensino, além de impor limites às áreas consideradas essenciais, como supermercado, mercado, padaria e congêneres.

“Quando estava todo mundo aberto, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia, Cuiabá, nós fechamos. Nós ficamos 15 dias, em lockdown, fechados. Quando fecharam o Rio de Janeiro, São Paulo e outras localidades, nós abrimos. Ocorre que, boa parte dos casos de coronavírus, está vindo de São Paulo para Rondonópolis. Agora, se São Paulo e o Rio abrirem nesse momento tão forte de contágio, nós vamos ter que tomar atitude. Não vamos aceitar”, disse o prefeito ao ser referir a entrada de pessoas de outros estados no município.

Nesta terça-feira (14), o prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), foi o primeiro a anunciar que já estuda adotar o ‘lockdown’ (bloqueio total) na cidade, devido ao alto índice de contaminação e quatro mortes provocadas pela Covid-19.

Casos em Rondonópolis

Conforme o Boletim Epidemiológico do município, Rondonópolis registrou até o final da tarde desta quinta-feira (14), 79 casos confirmados de contágio pela Covid-19, o coronavírus, além de monitorar 196 pessoas com suspeitas de contaminação. Além disso, a cidade contabiliza 2 óbitos em decorrência do vírus, aponta para 49 casos recuperados e já descartou 501 casos suspeitos.

Balanço em MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (14), 734 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 24 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Comentários Facebook
publicidade

Rondonópolis

Diretora de saneamento é assassinada dentro de carro em rua de Rondonópolis

Publicado

por

Terezinha Silva Souzano, presidente do Serviço de Saneamento Ambiental (Sanear) de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), foi assassinada no começo da manhã desta sexta-feira (15), no centro da cidade. A caminhonete que ela estava foi atacada por motoqueiros que atiraram várias vezes contra o veículo. Vídeo mostra o momento em que o carro é perseguido, veja abaixo.

 

As informações preliminares são de que o crime aconteceu por volta das 7h30, na rua Otávio Pitaluga. Dois homens em uma motocicleta se aproximaram do veículo e atiraram várias vezes contra o vidro, atingindo Terezinha na cabeça.

 

Ela foi socorrida, encaminhada para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu e acabou morrendo. O local do crime foi isolado e perícia será feita no veículo da vítima.

 

O caso está sendo investigado, polícia faz rondas pela região. Câmeras de segurança vão ajudar na identificação da motocicleta dos suspeitos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Dona de bar discute com marido e é encontrada morta logo depois

Publicado

por

A dona de um bar, Aparecida Santos de Souza de 73 anos, foi encontrada morta  após ter uma discussão com o marido. O caso aconteceu no bairro Parque São Jorge em Rondonópolis ( a 218 km de Cuiabá).

AGORA MT

MORTE

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher foi encontrada em frente ao seu estabelecimento. Testemunhas que estavam no local informaram que Aparecida havia tido uma discussão com o marido momentos antes, no entanto não relataram nenhuma agressão física.

Uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito da vítima.

Durante a primeira perícia não foi encontrado nenhum sinal de violência, porém só o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) deve apontar a causa da morte.

O marido da mulher que estava no local se negou a ir até a delegacia para prestar depoimento e acabou sendo detido pela Polícia Militar. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana