conecte-se conosco


Esportes

Com um jogador a menos Vasco é superado pelo Coritiba

Publicado


Com um a menos desde os 30 minutos do primeiro tempo, o Vasco foi superado pelo Coritiba, no sábado (16/01)  pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo permanece na 15ª posição, com 32 pontos. O próximo compromisso do Gigante da Colina, será diante do Bragantino na próxima quarta-feira (20), às 21h30, no Estádio Nabi Abi Chedid.

A partida começou bem equilibrada, com as duas equipes se estudando muito. A primeira boa chegada do Vasco veio aos 11 minutos, Léo Matos avançou pela direita, achou um belo cruzamento na entrada da pequena área, procurando Talles Magno. Antes do camisa 11 chegar a zaga adversária cortou e por pouco não sobrou para Germán Cano, que antes de chegar na bola a zaga adversária conseguiu afastar novamente. Aos 14, Yago Pikachu achou um belo lançamento para Germán Cano, que dominou invadiu a área e acabou sendo travado pela defesa adversária na hora do chute.

A partida ficou paralisada por três minutos, para uma análise no VAR. O árbitro da partida foi chamado para checar uma possível cotovelada do lateral vascaíno Henrique, no meia do Coritiba Sarrafiore. No final, o árbitro optou por expulsar o lateral. O Vasco voltou a incomodar a defesa adversária aos 35, Germán Cano recebeu pela direita, invadiu área e quase sem ângulo chutou sob a meta adversária. Aos 43, o Coritiba abriu o placar com um chute de longa distância de Hugo Moura: Coritiba 1 a 0. Aos 48 minutos, Léo Gil cobrou a falta na entrada da pequena área e achou Germán Cano livre, o argentino testou firme e acabou parando na boa defesa do goleiro Wilson.

O Vasco começou a segunda etapa, tentando incomodar a zaga adversária e com uma postura mais ofensiva. A primeira boa investida vascaína veio aos 21 minutos, Léo Matos recebeu pela direita, cortou para o meio e engatilhou um forte chute, que acabou parando na defesa do goleiro adversário. Aos 28, Léo Matos recebeu, levantou a cabeça e achou Martin Benítez na entrada da área, o camisa 10 chegou batendo de primeira e mandou para fora.

Tentando um último suspiro aos 50 minutos, Werley levantou para a área na direção de Leandro Castan, o zagueiro desviou para trás e achou Germán Cano livre, o argentino dominou, encheu o pé e parou na boa defesa do goleiro Wilson.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Alonso e Arana são premiados na Bola de Prata 2020

Publicado


O zagueiro Junior Alonso e o lateral-esquerdo Guilherme Arana venceram a Bola de Prata 2020. A premiação é concedida pela ESPN Brasil, para os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro.

O Atlético tem muita tradição no evento, é o quarto clube com mais atletas ganhadores do troféu (54), atrás, apenas, de Palmeiras, Flamengo e São Paulo.

Júnior Alonso fez 31 jogos no Brasileirão, marcou um gol, deu duas assistências e foi um dos grandes destaques defensivos na competição. O paraguaio se tornou o 8º zagueiro do Galo a faturar a Bola de Prata, antes dele, alguns grandes nomes da nossa história também receberam o troféu: Vantuir, Osmar Guarnelli, Luisinho, Paulo Sérgio, Cláudio Caçapa, Réver e Leonardo Silva.

Já Guilherme Arana atuou em 39 partidas no Campeonato Brasileiro, fez quatro gols, deu sete assistências e, com grandes atuações, chegou à Seleção Brasileira. Arana é o 4º lateral-esquerdo atleticano a conquistar o prêmio. Antes dele, venceram a disputa apenas Dedê, Douglas Santos e Fábio Santos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Fluminense fez a melhor campanha de 2021 no Campeonato Brasileiro

Publicado


O Fluminense fez a melhor campanha do Campeonato Brasileiro desde que virou o ano. Foram 24 pontos de 33 possíveis em 2021.  Em 11 partidas, foram sete vitórias, três empates e apenas uma derrota. Foram 18 gols marcados e 11 sofridos. Os números se aproximam muito da grande arrancada contra o rebaixamento, do famoso Time de Guerreiros de 2009.

Uma campanha de mais de 72% de aproveitamento, um número muito alto,  principalmente em fim de temporada atípica e mais cansativa, pelo calendário apertado em tempos de pandemia da Covid-19.

Em 11 jogos em 2021:

1. Fluminense – 24 pontos
2. Internacional – 23 pontos
3 – RB Bragantino – 22 pontos
4 – Athletico – 19 pontos
5 – Atlético-MG – 19 pontos
6 – Flamengo – 19 pontos
7 – Atlético-GO – 16 pontos
8 – Bahia – 16 pontos
9 – Ceará – 16 pontos
10 – Santos – 15 pontos

Em 2009, na famosa arrancada do Time de Guerreiros, o Fluminense conquistou 7 vitórias e 4 empates em 11 jogos, somando 25 pontos e se livrando da zona do rebaixamento. Um ponto a mais do que a campanha do time de Marcão nas últimas 11 rodadas do Campeonato Brasileiro 2020.

Fotos: Lucas Merçon/FFC

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana