conecte-se conosco


Cuiabá

Confira as vagas de emprego ofertadas pelo Sine Municipal nesta sexta-feira (01)

Publicado

Para quem busca uma oportunidade no mercado de trabalho, o Sine Municipal, coordenado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, encerra a semana disponibilizando 702 vagas de emprego nesta sexta-feira (01).

As oportunidades são para os cargos de: açougueiro, analista de sistemas, assistente de vendas, auxiliar administrativo, auxiliar de cozinha, camareira de hotel, caseiro, contador, corretor de imóveis, eletricista, engenheiro florestal, garçom, lavador de veículos, padeiro, técnico de edificações, vendedor interno, zelador, entre outras vagas.

Para se candidatar basta baixar o aplicativo “Sine Fácil” ou acessar a página virtual do Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br). O candidato ainda pode fazer o agendamento por meio dos canais de atendimento e se dirigir a unidade do Sine no Coxipó ou no Shopping Popular.

Canais de atendimento Sine Municipal de Cuiabá:

Sine Shopping Popular: das 9h às 17h

Telefone e Whatsapp: (65) 3664-1503/ 99251-7480

Sine Coxipó: das 7h às 17h

Telefone e Whatsapp: (65) 3675-3113/ 99337-2799

Sine da Gente (Sine móvel): toda semana em um bairro diferente de Cuiabá.

Os empregadores que desejarem anunciar suas vagas no Sine podem entrar em contato pelos telefones (65) 3645–7216 ou (65) 3645-7237, pelo whats (65) 99255–2450 ou pelo e-mail [email protected].

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Procon Cuiabá orienta consumidores na compra dos presentes para o Dia dos Pais

Publicado

Com a proximidade do Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo (14), o Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Cuiabá, orienta a população quanto aos cuidados na hora da compra dos presentes. Por ser uma das datas comemorativas que mais movimentam o comércio, uma das orientações é que as compras sejam feitas com antecedência. 

O secretário-adjunto de Proteção e Defesa do Consumidor, Genilto Nogueira, recomenda todo cuidado e atenção por parte dos consumidores para que não sejam enganados e tenham complicações posteriores.  

“Realizar a pesquisa de preços também é uma boa pedida, pois a maioria das empresas aproveitam a data para aumentar as vendas. Então, se procurar bem, é possível pagar bem mais barato pelo mesmo produto. Também é importante exigir a nota fiscal, pois em caso de necessidade de troca ou algum problema com o produto, ela é um item fundamental para garantir o direito do consumidor. Sem isso, fica mais complicada a negociação com o fornecedor”, esclarece o secretário-adjunto. 

Em caso de compras feitas pela internet, Genilto lembra que o consumidor deve ficar atento quanto às condições de pagamento, valor do frete e prazos de entrega. São informações que devem ser bem esclarecidas e é dever do fornecedor cumpri-las. “Recomenda-se que o consumidor guarde todos os documentos que comprovem a compra, como extrato do pedido, print de telas em que constem esses dados, informações sobre a empresa, qual a política de atendimento ao cliente, quais são os canais de contato, verificar se a empresa efetua trocas etc. são atitudes simples que podem ajudar e evitar problemas futuros”, acrescentou.
O Código de Defesa do Consumidor estabelece um prazo de arrependimento no caso de compras online. O consumidor que compra um produto ou contrata um serviço pela internet tem direito a se arrepender da compra ou da contratação no prazo de 7 dias, contado a partir do recebimento do produto ou da assinatura do contrato. Pode formalizar o pedido de cancelamento pela mesma ferramenta que utilizou para a contratação, ou por qualquer outro meio disponibilizado, e solicitar a devolução da quantia eventualmente paga.

“A orientação é para que antes de procurar o Procon, em casos de problemas, o cidadão contate o gerente do local para tentar solucionar o caso de forma amigável. Se não conseguir, aí sim pode nos procurar registrando a denúncia que tomaremos as medidas cabíveis”, finalizou.

Serviço

Para facilitar o acesso aos serviços ofertados pelo Procon, ferramentas digitais foram disponibilizadas como o Whatsapp (65) 3641-6400, e-mail- [email protected] e o aplicativo “Procon Cuiabá”, disponível nas versões para Android ou IOS para tratativas de denúncias e reclamações.

Após o recebimento da demanda, inicia o atendimento mediante o contato com a empresa para tentar solucionar o problema do consumidor.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

CEIC Nasla Joaquim Aschar realiza formação em noções básicas de primeiros socorros

Publicado

A equipe gestora do Centro Educacional Infantil Cuiabano (CEIC) Nasla Joaquim Aschar, localizado no CPA I, Regional Norte, promoveu na segunda-feira (8), formação sobre a Lei Lucas – Primeiros Socorros. O encontro contou com a participação do Núcleo de Educação em Urgência do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e reuniu 46 profissionais da unidade, pais e responsáveis dos alunos.  

Cuiabá foi uma das primeiras capitais brasileiras a implementar em 2019, a Lei 13.277 de 2018, também conhecida como Lei Lucas. A legislação torna obrigatória a capacitação de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino público ou privado e de recreação infantil em noções básicas de primeiros socorros.

A diretora da unidade, Andrea Bezerra Novaes, agradeceu a parceria e o empenho dos profissionais do SAMU. “Com essa formação, a equipe gestora objetivou trazer para os servidores e pais orientações importantes para o dia a dia da unidade, oferecendo um serviço humanizado, para fazermos o melhor para as nossas crianças”, destacou Andrea Novaes.

Marcelo Coelho, pai de uma das crianças atendidas na unidade, elogiou a iniciativa. “Essa é uma formação muito importante para qualificação dos profissionais que trabalham na unidade e, uma tranquilidade a mais para os pais, porque teremos servidores habilitados para prestar os primeiros socorros. Essa é uma iniciativa muito boa da gestão”, disse ele.

Marco  Nasser, um dos profissionais do SAMU falou sobre o projeto que o Núcleo de Educação de Urgência está desenvolvendo nas escolas da rede pública. “Por meio dessa parceria, estamos orientando os profissionais da educação para prestarem os primeiros socorros em casos de acidentes. Com os professores treinados, 50% do atendimento pode ser realizado de forma rápida e eficaz”, explicou o profissional. Nasser destacou que grande parte dos acidentes nas escolas estão relacionados a quedas de altura e engasgos. “Aqui orientamos sobre vários procedimentos como massagem cardíaca, ventilação e o que fazer quando a criança engasga com pequenos objetos”, disse Marco Nasser.

A técnica em Desenvolvimento Infantil, Catarina Paula disse que para os profissionais é fundamental saber lidar com pequenos acidentes. “É importante porque lidamos com bebês, crianças bem pequenas e crianças pequenas. Aprendendo as noções básicas de primeiros socorros poderemos atender em eventuais acidentes dentro da unidade”, disse Catarina Paula.

Lei 13.277

A Lei 13.722 de 2018 foi criada em homenagem a Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, morto em setembro de 2017 depois de engasgar com um pedaço de cachorro-quente, durante um passeio escolar em Campinas (SP). Na ocasião não havia ninguém preparado para socorrê-lo e assim evitar a tragédia.

De acordo com os especialistas, no convívio escolar os acidentes podem envolver moedas, tampas de caneta, peças pequenas de brinquedos e outros objetos, ou até mesmo alimentos podem causar engasgo ou sufocação em crianças pequenas, sendo essas, algumas das principais causas de morte acidental de bebês de até um ano e meio de idade, segundo o Ministério da Saúde.A correta atitude do socorrista pode oferecer melhores condições de suporte aos acidentados. Além disso, manter a calma e saber exatamente o que, quando e como fazer em momento de estresse, reduz os riscos.

 

 

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana