conecte-se conosco


Mato Grosso

Confira o que o Governo de Mato Grosso fez e está fazendo para preservar os animais do Pantanal

Publicado


O Governo de Mato Grosso investe R$ 43 milhões na prevenção e combate aos incêndios florestais em 2021. O resultado já é visto com a redução em 93% dos focos de calor no Pantanal, entre janeiro e setembro. As medidas de prevenção e combate ao fogo também reduziram os impactos sobre a fauna do Pantanal, cujo cenário encontrado pelas equipes em campo é muito diferente em relação ao ano passado.

Uma equipe de técnicos especializados da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) monitora e destina tratamento aos animais silvestres vítimas da seca ou de incêndios florestais, na região do Pantanal, em Poconé (104 km de Cuiabá). Mas com as condições mais favoráveis, na maioria dos casos, especialistas tem optado por monitorar os animais, ao invés de retirá-los da natureza, evitando o estresse que é a consequência da captura.

A Sema-MT esclarece que o controle e gestão dos animais são de responsabilidade do Ibama, de acordo com a Lei Complementar 140/2011. O órgão estadual apoia as ações e orienta que ONGs devem se credenciar para obter autorização junto ao órgão federal e atuar em conjunto com o Poder Público.

Investimentos e ações do Governo do Estado

Distribuição de água para os animais

A dessedentação de animais em pontos mais atingidos pela seca está sendo feita por dois caminhões-pipa locados pela Defesa Civil, em parceria com Sema, Fundação Ecotrópica, Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT) e Prefeitura de Poconé. A definição dos pontos e do início da distribuição de água foi tomada em conjunto com o Ibama.

Aquisição de duas unidades móveis de pronto atendimento

Estão em campo para auxiliar no resgate, captura, atendimento, transporte e remanejamento de animais, duas unidades móveis de pronto atendimento, com equipamentos de contenção, rifle e dardos com tranquilizante veterinário (zarabatana), e outros utensílios que possibilitam o manejo de animais de pequeno, médio e grande porte, de qualquer complexidade.

As duas unidades são utilizadas pela Equipe Especializada da Sema, que possui um veterinário, e em parceria com outros veterinários das ONGs credenciadas junto ao Governo Federal.

Contratação de veterinário

A Sema-MT contratou um médico veterinário exclusivamente para o atendimento aos animais, por meio do Programa REM-MT. O profissional possui especialização em clínica e cirurgia de animais silvestres e atua há 20 anos nesta especialidade.

Posto de Atendimento Emergencial

Neste ano, o Posto de Atendimento Emergencial aos Animais (PAEAS) não entrou em funcionamento diante da baixa demanda de resgate de animais silvestres. A estrutura é fixa, e está disponível para ser ativada imediatamente caso seja necessário. O PAEAS contém recintos para animais, e fica localizado no quilômetro 17 da rodovia Transpantaneira, que liga Poconé a Porto Jofre, na infraestrutura do Posto Fiscal da rodovia.

Sema monitora 120 pontos da Transpantaneira
 
A existência e a qualidade da água de 120 pontos da Estrada Parque Transpantaneira são monitoradas por uma equipe da Coordenadoria de Fauna da Sema-MT desde abril deste ano. O objetivo é sempre ter um panorama atualizado da situação do bioma e das condições de sobrevivência dos animais. Com os relatórios técnicos, é possível ainda auxiliar na decisão de intervenção, ou não, no Bioma diante da seca.

Construção de poço artesiano na Transpantaneira

Um poço para abastecer corixos para a dessedentação de animais e o combate ao fogo feito por meio de uma parceria entre a Sema, Associação de Defesa do Pantanal (Adepan), que representa particulares da região, e o Ministério Público Estadual (MPMT).

No local, há uma bomba para a retirada da água, alimentada por energia elétrica. O projeto prevê os testes com esta primeira tubulação, o monitoramento do funcionamento, das dificuldades e dos benefícios, para então avançar e implantar até 10 poços tubulares na extensão da Estrada Parque.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Domingo (24): Mato Grosso registra 545.098 casos e 13.910 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo (24.10), 545.098 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.910 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 29 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 545.098 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.638 estão em isolamento domiciliar e 528.974 estão recuperados. 

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26.10).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 71 internações em UTIs públicas e 37 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 25,82% para UTIs adulto e em 6% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.090), Várzea Grande (40.175), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.280), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.798), Lucas do Rio Verde (15.700), Primavera do Leste (14.784), Cáceres (11.932) e Alta Floresta (10.817).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No sábado (23.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.723.559 casos da Covid-19 no Brasil e 605.457 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.711.843 casos da Covid-19 no Brasil e 605.139 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo (24.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Curso para uso de cães em operações Bope começa nesta segunda-feira (25)

Publicado


A Polícia Militar, por meio do canil do Batalhão de Operações Policiais Especiais realizará a aula inaugural do 4º Curso de Cinotecnia Policial para emprego de cães em operações policiais, na segunda-feira (25), às 9h. O evento será no auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE), em Cuiabá.  

A aula inaugural do curso contará com a participação do especialista em cinotecnia,  major Rafael Ribeiro Marcondes, do Corpo de Bombeiro Militar, que já atuou em 88 ocorrências reais de busca de pessoas e restos mortais e também comandou a equipe de regaste com cães na Operação Brumadinho no 2019. 

A curso do Bope tem o objetivo de ampliar a operacionalidade do canil, através da preparação de policiais para a condução e adestramento de cães em ações policiais. Treze alunos participarão da instrução, dentre os participantes estão, policiais militares e civis, policiais do Sistema Prisional, do Exército Brasileiro, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.  

A instrução que ensina o comportamento e as técnicas de emprego de cães em operações policiais segue até o dia 03 de dezembro. Atualmente, o canil da PMMT possui sete animais e quatro operadores para atuar em todo o Estado. 

Serviço 

Aula inaugural do 4º Curso de Cinotecnia Policial do Bope 

Data: Segunda-feira (25.10) 

Horário: 9h 

Local: auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE), Centro Político Administrativo, na Capital

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana