conecte-se conosco


Esportes

De volta ao Brasil para estreia na Porsche Endurance, Massa fala sobre F1

Publicado

Globo Esporte

Após duas temporadas representando a equipe Venturi na Fórmula E, Felipe Massa retorna ao Brasil para disputar a Porsche Endurance Series. Aos 39 anos, o ex-Fórmula 1 creditou a mudança à busca por mais competitividade e reconheceu desafios que enfrentará com a modalidade – tendo participado de apenas quatro corridas com carros de turismo ao longo dos 23 anos de sua carreira.

Vice-campeão mundial da F1 em 2008 pela Ferrari, o piloto também comentou a dura temporada da escuderia no atual campeonato da categoria, onde ocupa a sexta colocação no Mundial de Construtores, e apostou na manutenção da hegemonia de Lewis Hamilton, líder do campeonato.

O campeonato 2020 da Porsche Endurance Cup começa neste sábado, 19 de setembro, no Autódromo Velo Città em Mogi Guaçu. A corrida será transmitida ao vivo pelo SporTV 3 a partir das 11h (horário de Brasília).

– Estou empolgado por correr de volta no Brasil. Gosto de competir e continuo procurando categorias diferentes para achar uma que me dê o prazer de correr por muitos anos. É uma experiência nova pra mim, tenho muito o que aprender, mas estou empolgado. É aprender sobre o carro, sobre o pneu, o jeito que se guia, a pista. O carro é sem dúvidas um pouco mais quente, mas acho que a parte física não deve ser um problema. Acredito que eu continuo bem preparado fisicamente – disse Massa.

Massa vai dividir o Porsche 911 GT3 Cup geração 991-II com Lico Kaesemodel, campeão da categoria em 2018 ao lado de Ricardo Zonta. O campeonato ainda terá outras duas etapas: no Autódromo Internacional Ayrton Senna em Goiânia, no dia 24 de outubro; e Interlagos, em 6 de dezembro. O paulista reconheceu que a pista de abertura, no Autódromo Velo Cittá, será uma grande novidade para ele, mas apostou na experiência adquirida nos treinos, que começam na sexta-feira:

– A Corrida do Milhão (da Stock Car, em 2018) era em um circuito meio oval, bem diferente daquilo que a gente vai ter nessa corrida. E dei umas duas ou três voltas no Velo Città, mas em outra pista; as curvas 2 e 3, talvez a 4, eram muito diferentes. Vai ser uma experiência praticamente nova pra mim, mas tomara que eu entenda rápido o carro e a pista e esteja competitivo.

Assim como outros campeonatos à motor no Brasil e no mundo, incuindo a Fórmula E, que chegou a realizar seis provas em nove dias em circuito permanente na capital alemã Berlim, a Porsche Endurance Cup também precisou se adaptar à pandemia do coronavírus, aderindo a medidas como a ausência de público, obrigatoriedade de testes e uso mandatório de máscaras.

– A pandemia mudou muita coisa no mundo, e no automobilismo, mudou completamente. A gente está tendo corridas onde a preocupação em se proteger é muito grande, e isso é muito triste. Não podemos esquecer que o Brasil acabou perdendo a Fórmula 1, que não vai mais vir em novembro. Algumas categorias estão voltando e isso é bom, mas enquanto não tiver o público de volta às pistas, curtindo e acompanhando, e menos preocupação, acho que nada vai ser normal – lamentou Massa.

“Ninguém quer ver a Ferrari tendo esses problemas”

Ao comentar sobre o atual momento da Fórmula 1, Felipe Massa não escondeu o descontentamento com a fase vivenciada pela equipe na qual correu entre 2006 e 2013 e foi vice-campeão em 2008. A escuderia ocupa hoje o sexto posto no campeonato – atrás da Racing Point e Renault -, e optou por substituir o tetracampeão Sebastian Vettel em 2021 pelo espanhol Carlos Sainz, hoje na McLaren.

– Ver uma equipe tão importante sofrendo dessa maneira é muito triste. Ninguém quer ver a Ferrari tendo esses problemas. O tempo do Vettel acabou passando, tanto que os resultados dele neste ano mostram que a Ferrari talvez tenha tomado a opção correta de não renovar seu contrato. Carlos Sainz é um bom piloto, jovem e que tem muito o que crescer também. Logicamente, eles precisam ter um carro competitivo antes de qualquer coisa, mas torço pelo bem dele e da Ferrari. É uma equipe excepcional, que tenho um carinho muito grande, e sem dúvidas diferente das outras, como se fosse uma religião – disse o piloto.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Avaí vence o Juventude-RS de 5 a 2 e foca no G4 rumo à Serie A 2021

Publicado


O Avaí continua forte! Vamos Vamos Avaí! Em confronto direto por uma vaga na Série A de 2021, o Avaí venceu, na noite desta terça-feira (19/01), o Juventude-RS, pelo placar de 5 a 2, e manteve o foco no acesso.
Nada é fácil para o Leão da Ilha!

Em disputa válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, Avaí e Juventude-RS realizam um primeiro tempo de seis gols.

Rômulo abriu o placar para o Avaí, logo aos 11 minutos de jogo. Aos 21, Matheuzinho empatou para o Juventude. Melhor na partida, o Avaí voltou a marcar com Getúlio, aos 26 e com João Lucas, aos 28. Placar Avaí 3×1 Juventude-RS. Matheuzinho, aos 36, fez o segundo deles no jogo, colocando no placar Avaí 3×2 Juventude-RS. Na sequência, Edilson, de pênalti, fez mais um para o Avaí. Fim de primeiro tempo: Avaí 4 x 2 Juventude-RS.
Na etapa final, o Avaí buscou ampliar, mas também marcou forte para evitar a reação do Juventude. Administrando o placar, o Leão da ilha chegou ao 5 a 1, aos 45 minutos de jogo. Jonathan fez, dando números finais ao confronto direto.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Sampaio vence o Confiança e mantém viva a chance de acesso

Publicado


O Sampaio Corrêa foi até Aracaju e desbancou o Confiança, na Arena Batistão, em partida disputada na noite de terça-feira, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol da vitória Tricolor foi marcado pelo meia Marcinho, com um chute de fora da área no segundo tempo. O resultado levou a Bolívia Querida ao sétimo lugar com 51 pontos e ainda com chances matemáticas de acesso.

Primeiro tempo destacado pela supremacia das defesas sobre os ataques, que pouco conseguiam produzir durante os movimentos iniciais. Os donos da casa só foram assustar aos 13 minutos em uma cobrança de escanteio que foi na direção do gol.

O Sampaio respondeu também em lance esquinado. Marcinho cobrou e Daniel Felipe cabeceou por cima do travessão. Aos 28 minutos, Marcinho quase marca ao pegar uma sobra dentro da área, mas um desvio da defesa do Confiança salvou o lance.

O primeiro tempo chegou ao fim sem movimentação no placar, e o Sampaio forçado a fazer duas substituições por conta das lesões de Paulo Sérgio e Eloir.

Etapa final começou em ritmo mais intenso. Confiança chegou com perigo aos três minutos em uma cabeçada que saiu pela linha de fundo. A Bolívia deu o troco com Roney, que bateu colocado, obrigando o goleiro a se esticar todo e mandar para escanteio.

Na sequência não teve jeito. Marcinho recebeu na entrada da área e disparou a bomba para abrir o placar. Tricolor na frente no Batistão.

Os donos da casa tentaram reagir rápido e quase empatam com uma cabeçada que passou rente à trave. Quatro minutos depois, Mota fez uma defesa à queima-roupa e salvou o Sampaio.

O Confiança tentou exercer uma pressão em busca da igualdade, mas tudo que construiu foi domínio territorial, enquanto o Sampaio conseguiu controlar o jogo e sustentou o resultado até o apito final. Vitória que deixou a chama do acesso ainda acesa para o time do povo.

O penúltimo desafio do Sampaio Corrêa será na Arena Pantanal, na sexta-feira, contra o Cuiabá, às 21h30.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana