conecte-se conosco


Política MT

Deputado João Batista prestigia evento e incentiva inclusão social de idosos em MT

Publicado

Foto: FERNANDA BORRALHO / ASSESSORIA DE GABINETE

Foto: FERNANDA BORRALHO / ASSESSORIA DE GABINETE

Foto: FERNANDA BORRALHO / ASSESSORIA DE GABINETE

O deputado estadual João Batista do Sindspen (PP) prestigiou, na manhã desta terça-feira (21), a abertura do 17° “Encontro de Grupos para Comemorar as Festividades de 2022”. O evento, que acontece em alusão ao Dia Estadual da Dança Sênior, foi realizado no auditório do Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.

Durante a solenidade, o parlamentar destacou a importância da Lei nº 11.255/2020, de sua autoria, que institui no calendário oficial de eventos de Mato Grosso a data comemorativa. O dia da dança é celebrado, anualmente, no dia 26 de julho.

“Pesquisamos sobre os benefícios da Dança Sênior e descobrimos que as atividades podem ser desenvolvidas não somente pelos idosos, mas também, pelo público jovem, pois as ações estimulam a memorização, a coordenação motora, desenvolve a capacidade cognitiva, além de promover a manutenção da capacidade intelectual. Nesta ocasião, gostaria de enaltecer a presença do prefeito do município de Cláudia,  Altamir Kurten, que veio hoje incentivar as atividades visando o bem-estar dos idosos da sua região. Parabenizo as professoras Ana Maria e Mariza Beatriz, bem como todos os demais envolvidos na organização desse importante evento, que fomenta a cultura, incentiva a inclusão social e proporciona qualidade de vida ao público da melhor idade”, disse o deputado.

Sachiko Tamaki, ministrante de cursos e fundadora das atividades da Dança Sênior em Mato Grosso, explicou como surgiu a ideia de implantar as ações no estado. 

“Sou oriunda do Japão, lá criamos um grupo e iniciamos as atividades da Dança Sênior, o resultado foi tão bom que, quando viemos morar em Mato Grosso, trouxemos essa ferramenta na bagagem para cá. Chegando aqui, fiz cursos, me habilitei e, como palestrante na primeira oficina, encontrei a professora Ana Maria. Daí surgiu uma parceria, visando expandir a dança no estado. Moro em São Paulo, mas continuo acompanhando as ações que fazem parte do calendário nacional. Ver as atividades crescendo cada dia mais é muito gratificante para mim, estou muito feliz com o resultado alcançado”, pontuou Sachiko.

Para a coordenadora do evento, professora Ana Maria da Costa Moreira, a Dança Sênior, é uma das atividades mais benéficas de todas, pois segundo ela, os movimentos melhoram a saúde física e mental, além de promover a inclusão dos idosos na sociedade. 

“Nosso evento reúne todos os tipos de pessoas, de várias etnias e diversas cidades do Brasil. Essa dança veio da Alemanha e está crescendo no país. Hoje temos caravanas dos Estados do Paraná, Ceará, dos municípios de Cláudia, Campo Novo do Parecis, Sapezal e Chapada dos Guimarães, entre outros grupos de Cuiabá e região. Estamos bastante felizes com essa integração da dança, reunindo os idosos de todos os lugares”, comentou Ana Maria.

A professora Mariza Beatriz de Souza, que foi uma das principais militantes responsáveis pelo pedido da formulação da lei de autoria do deputado João Batista, conta que a Dança Sênior é uma atividade diversificada, podendo ser explorada de diversas maneiras pelos praticantes. 

“A Dança Sênior com seus passos curtos e leves, pode ser aprendida facilmente pelos idosos. Os movimentos suaves contagiam e a música própria em ritmo alegre estimula os músculos e a mobilidade das articulações. Uma das curiosidades, é que a atividade pode ser feita com os idosos sentados, o movimento pode ser desenvolvido até mesmo por quem possui limitações físicas”, frisou Mariza. 

Na avaliação do artista mato-grossense, Weber Fraga, que interpreta a personagem “Comadre Sebastiana”, também participante do evento, afirmou que o encontro é um “intercâmbio cultural” que leva alegria e promove harmonia através da dança. 

“Quando nos reunimos nesses encontros, temos a oportunidade de socializar, integrar o idoso, além de promover a alegria desse público, que muitas vezes é esquecido pela sociedade. A atividade além de fazer bem à saúde, trabalha a capacidade funcional. Sou formado em educação física e sei da importância da Dança Sênior para o bem-estar do idoso. Com a apresentação da personagem que interpreto, a Comadre Sebastiana, temos a oportunidade de reforçar a cultura cuiabana, além de elevar essa representatividade, mostrando um pouquinho da identidade cultural mato-grossense. Sou muito grato a todos pelo espaço concedido e estou muito feliz por participar desse evento lindo”, concluiu.

Ao todo, os grupos participantes do evento foram: “Grupo Felicidade Integração do Pantanal” de Cuiabá, com a dirigente Professora Ana Maria da Costa Moreira; Grupo: “Centro Dia da Pio Vitta” de Cuiabá, com a dirigente Roseane; Grupo: “Instituto dos Cegos do Estado do Mato Grosso ICEMAT”, de Cuiabá, com a dirigente Josete Rodrigues; Grupo: “Raízes da Vida de Fortaleza” no Ceará, com as dirigentes Luzia e Dalci; Grupo: “Leben Spur” de Pato Bragado no Paraná, com o dirigente Sival Klitzke; Grupo: “Herança do Sul” de Pato Bragado no Paraná, com o dirigente Sival Klitze; Grupo: “Coral Bem Viver” de Claudia-MT, com a dirigente Josiane Silva; Grupo: “Feliz Sou Eu” de Campo Novo dos Parecis-MT, com a dirigente Caci; Grupo: “Ana Maria Moreira” de Cuiabá-MT, com a dirigente Carol; Grupo: “Viva Feliz” de Sapezal-MT, com a dirigente Maisa e o Grupo: “Arco-Íris de Chapada dos Guimarães-MT, com a dirigente Maria José.

Dança sênior: Idealizado por Ilse Tutt em 1974 na Alemanha, a Dança Sênior agrega movimentos simples combinados com músicas folclóricas. A melhor idade pode praticar a atividade sentado ou de pé, de forma rápida ou lenta, usando ou não acessórios, em círculos, duplas, pequenos grupos ou individual.

Os principais benefícios da dança sênior são: Melhora da força muscular; aumenta a flexibilidade; Melhora a coordenação; Melhora a postura; Aumento da qualidade de vida do idoso; O sono é mais efetivo e provoca o bem-estar físico e mental.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

CFAEO promove segunda audiência sobre o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso realizou, na tarde desta quarta-feira (10), audiência pública para discutir o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2023 (PLDO-573/2022). O debate foi conduzido pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária e contou com participação de representantes da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz/MT), sindicatos, Defensoria Pública, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

A receita total líquida para o ano de 2023 prevista na PLDO é de cerca de R$ 28,6 bilhões. O secretário-adjunto da Receita Pública da Sefaz/MT, Vinícius José Simioni da Silva, explicou os indicadores e parâmetros levados em consideração para chegar ao número apresentado na peça orçamentária. Porém, a estimativa foi alvo de questionamentos de participantes que acreditam na possibilidade de excesso de arrecadação.

Segundo o secretário-adjunto do Orçamento Estadual, Ricardo Capistrano, números podem ser atualizados para apresentação do projeto de lei orçamentária, que deve chegar em setembro para apreciação da Assembleia. O representante da Sefaz ainda destacou que a PLDO-2023 cria dispositivo para medir impactos e retorno econômicos das políticas públicas feitas pelo Estado de Mato Grosso.

Entre as prioridades contidas no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 estão manutenção de espaços educacionais, construção e reforma de estabelecimentos assistenciais de saúde, implementação de programas sociais e pavimentação e conservação de rodovias e gestão da regularização ambiental de imóveis rurais.

Representantes de sindicatos do funcionalismo público estadual cobraram a realização de concursos públicos para diferentes órgãos e secretarias e o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) dos anos em que a correção não foi concedida. A falta de oferta de qualificação profissional e a efetividade da renúncia fiscal dada pelo governo também foram alvo de discussões.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Deputados aprovam suplementação de 30% no orçamento de 2022

Publicado

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Em sessão ordinária nesta quarta-feira (10), os deputados estaduais de Mato Grosso aprovaram, em segunda votação, o PL 663/2022,  mensagem governamental 116/2022, que altera a Lei nº 11.666, de 10 de janeiro de 2022, que estima a receita e fixa a despesa do Estado de Mato Grosso para o exercício financeiro de 2022. O PL foi aprovado com os votos contrários dos deputados Lúdio Cabral (PT) e Faissal Kalil (Cidadania).

O PL aprovado muda o artigo 4º da lei 11.666, de 10 de janeiro de 2022, que passa a vigorar com a seguinte redação: “fica o Poder Executivo autorizado a abrir créditos suplementares até o limite de 30% da despesa total fixada no artigo 3º, observado o disposto no artigo quadragésimo terceiro da Lei Federal 4.320 de 17 de março de 1964”.

Conforme o governo, a LOA/2022, em seu artigo 4º, traz essa autorização no limite de 20% do total da despesa. O governo cita que a suplementação se justifica pelo fato da margem orçamentária estar próxima de atingir 20% da despesa devido o superávit elevar notoriamente o volume de créditos adicionais.

Em justificativa, cita ainda que o superávit apurado no balanço patrimonial de 2021 está sendo utilizado, neste exercício, para assistir às demandas de investimento do programa Mais MT, que prevê investimento em 12 eixos estruturantes, como segurança, saúde, educação, social e habitação, desenvolvimento econômico, emprego e renda, infraestrutura, turismo, cultura, esporte e lazer, Simplifica MT, eficiência pública, meio ambiente, agricultura familiar e regularização fundiária.

A fim de dar agilidade aos processos de realocações orçamentárias, é que se faz necessário a ampliação do percentual da autorização prevista no artigo 4º, para um terço do total da despesa fixada na lei orçamentária de 2022″.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana