conecte-se conosco


Policial

Ex-marido é preso por mandar roubar a mulher e incendiar o carro dela para reatar o relacionamento em MT

Publicado

G1 MT

Um homem foi preso suspeito de ter planejado o roubo contra a ex-mulher dele em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Juney Bonaido de Souza ainda simulou ter sofrido um assalto. A intenção dele, de acordo com as investigações, era reatar o relacionamento com a vítima.

A prisão dele ocorreu nessa sexta-feira (14) e foi divulgada neste sábado (15).

De acordo com a Derf, o ex-marido teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. A primeira ocorrência foi no dia 20 de maio contra a ex-mulher. O segundo roubo ocorreu no dia 21 de maio.

As investigações apuraram que o marido planejou o roubo da ex-mulher, bem com no dia seguinte simulou ter sido vítima de um roubo. Ambos episódios foram articulados pelo ex-marido que tinha como intenção reatar o relacionamento com a vítima.

No dia 20 dois homens armados entraram na casa da ex-mulher e levaram toda mercadoria de joias e semijoias que a vítima utilizava para trabalhar.

Na ocasião os suspeitos levaram todo material e um veículo da vítima. O automóvel foi queimado no mesmo dia pelos criminosos.

No dia seguinte Juney registrou um boletim de ocorrência narrando ter sido vítima de outro roubo e que possivelmente seria os mesmos suspeitos que teriam roubado sua ex-mulher.

Investigação

Os policiais civis descobriram que o suspeito foi mandante do roubo contra a ex-mulher, além de falsear o outro roubo que alega ter sido vítima.

Também foi apurado que a vítima vivia em uma situação de violência doméstica e familiar. Como eles estavam separados, o ex-companheiro planejou o roubo como forma de acabar com o sustento financeiro da vítima, assim ela, sem opção, possivelmente reataria o relacionamento.

Conforme o delegado Santiago Rozeno Sanches da Silva, alguns fatos chamaram atenção da polícia.

No dia roubo da vítima, Juney estava na residência no momento do assalto. Ele deixava os filhos na casa da ex quando todos foram abordados.

Os assaltantes não levaram nada do ex-marido, que estava em uma caminhonete, com dinheiro e celular.

Outro ponto, de acordo com o delegado, foi que os assaltantes atearam fogo no carro, situação nada comum.

A Polícia Civil identificou os autores do roubo e eles confirmaram terem sido contratados para praticar o roubo a mando do ex-marido.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Idoso condenado a 14 anos por estupro é preso em Nova Mutum

Publicado

Mais um foragido da Justiça pelo crime de estupro, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (28.06), em Nova Mutum, região norte do Estado, durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O foragido, de 60 anos, teve o mandado de prisão decretado pelo Poder Judiciário, após ser condenado a 14 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, pelo crime de estupro.

Diante da ordem judicial, os policiais civis da Derf realizaram diligências e localizaram o condenado nas proximidades de um frigorífico em Nova Mutum.

Após cumprimento do mandado, o idoso foi conduzido para as providências cabíveis, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito que agrediu e roubou idoso em Santa Terezinha é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um idoso de 67 anos, trabalhador de uma fazenda no município de Santa Terezinha, foi brutalmente agredido durante um roubo ocorrido na noite do último domingo. Um suspeito do crime, de 37 anos, foi preso em flagrante e outro é procurado pela Polícia Civil.

A vítima foi encaminhada ao hospital de Santa Terezinha na madrugada de segunda-feira, após ser encontrado, desacordado, em uma estrada do município.

O idoso apresentava diversas lesões na cabeça, rosto e pelo restante do corpo. Ele declarou aos policiais que estava na beira do rio bebendo com um colega de trabalho e depois ficou sozinho no local. Por volta das 22h, pegou uma carona para ir embora e na estrada, o condutor parou a motocicleta e perguntou à vítima pelo dinheiro. O idoso respondeu que não tinha e o suspeito começou a bater na vítima até que ela desmaiasse. A vítima desclarou que não conhece o suspeito e que foi levado dele um valor em dinheiro.

Após diligências, a equipe da Delegacia de Santa Terezinha identificiou dois envolvidos no roubo ao idoso. Um deles, de 37 anos, foi preso em flagrante.

O delegado Diogo Jobane representou pela prisão preventiva do outro suspeito. A equipe policial está em buscas pelo paradeiro do segundo suspeito do roubo.

O outro suspeito, de 44 anos, tem registros criminais em três estados. No Pará ele responde por um homicídio ocorrido em 2001 e a quatro inquéritos por furtos ocorridos no Tocantins.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana