conecte-se conosco


Cidades

Filmada batendo em aluno de seis anos, professora é exonerada

Publicado

Uma professora foi demitida pela acusação de agredir um aluno de seis anos na Escola de Educação Infantil Tatiana Belinky, em Sinop (480 km de Cuiabá). A agressão foi registrada na terça-feira (22) e a exoneração ocorreu na quarta (23).

 

A professora, cujo nome não foi revelado, foi flagrada por uma testemunha, que filmou toda a ação.

 

Nas imagens, a mulher está no playground da escola e passa a dar tapas na criança. No vídeo, a professora puxa o menino pelos braços, o joga no chão e tenta imobilizá-lo. Enquanto isso, o menino tenta resistir e se soltar.

 

Outra mulher se aproxima dos dois e parece conversar com o menino, enquanto ele é segurado no chão pela professora.

A outra mulher presencia a educadora dando tapas no aluno, mas parece não tomar nenhuma atitude.

Demissão

A Secretaria de Educação do Município informou que só tomou conhecimento do ocorrido no final da tarde de terça, após divulgação na imprensa.

Imediatamente, a servidora foi identificada e exonerada, segundo a secretaria.

“Nós fomos surpreendidos ontem com as imagens que nos chocou de uma profissional da Secretaria de Educação cometendo uma agressão a uma criança”, afirmou a secretária da Pasta, Veridiana Paganotti.

Conforme Paganotti, a situação não costuma acontecer nas escolas municipais e a Prefeitura garante que possui cuidado com os alunos.

“Este é um caso isolado, atípico. Nas nossas unidades nós temos todo um cuidado especial com nossas crianças. Fazemos formação constantemente com nossos profissionais para que a gente não peque nesse sentido de como cuidar”.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, a segunda servidora da escola estava acompanhando um aluno com necessidades especiais e não relatou a violência às autoridades competentes.

No entanto, após o caso vir à tona, a mulher alegou que conversou com a criança e a tirou de perto da agressora que estava alterada, mas a cena não foi registrada no vídeo.

Providências

A Secretaria ainda disse que prestou todo o apoio para a família da vítima e a criança está recebendo acompanhamento psicológico.

A Pasta também irá realizar uma formação com os profissionais da Educação na segunda-feira (28).

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Presidente da AMM participará da reunião com os poderes para discutir a situação dos municípios

Publicado


O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga é um dos convidados para a reunião virtual, promovida pelo governador Mauro Mendes com os demais poderes, na próxima segunda-feira, 01/03, ás 10.30h, para tratar da situação emergencial com a pandemia da Covid-19. Em seguida, ás 11.30h, outra reunião virtual está programada com os prefeitos, para debater as  medidas emergenciais a serem tomadas em relação aos municípios. Entre estas medidas, poderá ser  adotada a quarentena obrigatória em todo Estado

O Ministério Público do Estado pediu que a Justiça determine que as prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande criem decretos com medidas mais restritivas de prevenção, em um prazo de 24 horas. Medidas como o fechamento de qualquer atividade de lazer ou eventos que gerem aglomerações.

Na opinião do presidente da AMM, além de Cuiabá e Várzea Grande, como propõe o Ministério Público, os outros municípios também tem que ter medidas mais severas, haja visto que os pacientes mais graves, acabam sendo transferidos para Cuiabá e Várzea Grande, lembrando que na maioria dos municípios, principalmente os menores não tem leitos de UTI.

Fraga ressaltou ainda que, inclusive uma audiência pública que estava programada para o dia 4 de março,  em Vila Bela da Santíssima Trindade, com o objetivo de discutir o Zoneamento Socioeconômico Ecológico de Mato Grosso, organizada pela AMM e a prefeitura de Vila Bela foi cancelada. Estaria também na organização deste o evento a presidente da Associação Campos do Guaporé,  Terezinha Helena Staut Costa, o presidente do Sindicato Rural, José Teixeira e o presidente da Associação Ricardo Franco, Newton Mioto, com a participação de outras entidades do Estado, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais lideranças da região.

A  AMM vem orientando os prefeitos desde o início da pandemia na adoção de medidas restritivas como toque de recolher, uso de máscaras,  álcool em gel,  o distanciamento e o isolamento social, cancelamento de eventos públicos e privados, bem como medidas de restrição de atividades que geram as aglomerações, no sentido de evitar a propagação do novo coronavírus.

Entre as recomendações, estão também as relacionadas as atividades escolares. “Realizamos um levantamento com 128 prefeitos sobre o retorno, de que forma poderiam ser a retomadas das aulas. Não recomendamos nem mesmo no sistema híbrido, pois mesmo com todos os cuidados, poderá provocar aglomerações nas escolas, podendo ser apenas remoto. Neste momento, precisamos unir esforços par salvar vidas”, alertou Neurilan.

De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, já foram notificados 249.969 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 5.769 mortes em decorrência do coronavírus. “A situação é preocupante e por este motivo, estamos sempre emitindo notas técnicas e ofícios para os gestores com as recomendações de medidas urgentes e necessárias para a população”, disse ele.

Fraga destacou que em muitos municípios a capacidade de leitos de enfermaria e de UTI já está saturada. Por outro lado, o próprio sistema de saúde do Estado já está quase colapsado, sendo necessário a tomada de medidas mais restritivas para barrar o avanço da Covid-19 nestas últimas semanas.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Governo Federal lança Agenda do Prefeito para auxiliar gestores na condução da administração municipal

Publicado


Prefeitos e equipes contam com mais uma ferramenta de apoio para a condução eficiente das administrações públicas municipais. Trata-se da Agenda do Prefeito + Brasil, lançada pelo Governo Federal para auxiliar os municípios a aprimorarem a governança e a condução das atividades nas prefeituras. A iniciativa é considerada de grande utilidade para a administração pública municipal nos contextos político, administrativo e técnico.

A Agenda é composta por um conjunto de quatro ações para orientar os gestores municipais: O Guia do Novo Prefeito, elaborado para conduzir as ações municipais nos primeiros dias de mandato; o Portal Federativo, que fornece painéis especializados e informações sobre convênios e prestação de contas em geral; o Informe Federativo, que traz informações sobre as ações em benefício dos municípios, além do Programa de Formação Prefeito + Brasil, que capacita e atualiza os envolvidos na administração Pública.

A Associação Mato-grossense dos Municípios está comunicando as prefeituras sobre o conteúdo, que está disponível no Portal Federativo: https://www.gov.br/secretariadegoverno/pt-br/portalfederativo A AMM sugere a leitura do informativo, que será importante para esclarecer dúvidas em várias áreas da administração pública.  Prefeitos e equipes também podem se cadastrar para receber periodicamente informações em primeira mão pelo link: https://www.gov.br/secretariadegoverno/pt-br/portalfederativo/contatos

 

Acesse aqui o Comunicado da AMM

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana