conecte-se conosco


Esportes

Fora de casa, Grêmio empata em 1 a 1 com o Palmeiras

Publicado


O Grêmio entrou em campo na noite de sexta-feira, para enfrentar o Palmeiras, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando no Allianz Parque, em São Paulo, e com a equipe um pouco modificada, o Tricolor empatou em 1 a 1 com os donos da casa.

Na etapa inicial, os adversários foram superiores, tanto que assinalaram o primeiro gol aos 32’, com Rafael Veiga. Mesmo atrás no marcador, o Grêmio tentou, voltando melhor no segundo tempo. Foi aos 42 minutos, que os gremistas deixaram tudo igual no Allianz Parque. Maicon trabalhou com Luiz Fernando na direita, que fez um cruzamento na cabeça de Diego Souza. O centroavante desviou para o fundo das redes, assinalando o gol gremista.

Com o resultado, o Grêmio  soma um ponto na rodada, chegando a 50 na competição.

Primeiro Tempo 

Os primeiros minutos foram de equilíbrio no Allianz Parque, apesar do Palmeiras logo ameaçar aos 35 segundos de jogo. No lance, Breno Lopes recebeu na meia direita e de dentro da área fez a  finalização. Vanderlei saiu bem e fez a defesa.

Os donos da casa iniciaram o jogo mantendo maior posse de bola e impondo seu ritmo na primeira etapa. Já o Tricolor ficou um pouco mais retraído, intensificando a sua marcação. Passados 10 minutos, os paulistas chegaram novamente com Marcos Rocha, que tabelou e cruzou da direita, rasteiro, para mais uma defesa do arqueiro gremista. Em seguida, ainda insistindo no ataque, da entrada da área, Rony chutou, mas Vanderlei defendeu novamente.

Aos 22’, quase que o marcador foi aberto pelos adversários depois de uma jogada em que Breno Lopes cruzou na pequena área para Rony completar a gol, mas o atacante carimbou a trave. No minuto seguinte, foi a vez de Willian chutar de fora da área e acertar o mesmo poste.

A primeira finalização do Grêmio saiu aos 27 minutos, quando Pepê arriscou a meia-lua da grande área, mandando em direção a meta, mas Weverton fez a defesa. Em resposta, o Palmeiras chegou com perigo após um erro no meio-campo tricolor. Rafael Veiga se aproveitou e da intermediária, chutou forte – a bola saiu à direita da meta.

Tanto pressionou nesta etapa, que o Palmeiras conseguiu abrir a contagem. Willian fez um cruzamento da esquerda, Rony acabou furando em bola, mas Rafael Veiga apareceu mandando para o fundo das redes, com 32 minutos jogados.

Cinco minutos depois, Alisson recebeu na meia direita cortou pra perna esquerda e arrematou a gol, de fora da área. Weverton defendeu, mas cedeu escanteio. Na cobrança, a defesa paulista afastou.

Segundo Tempo 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar.

Com dois minutos de jogo, o Grêmio teve uma chance em bola parada, da intermediária. Jean Pyerre cobrou, mas Weverton afastou. Outra oportunidade saiu dos pés de Pepê, aos 6’. O atacante arrematou de fora da área, mas o goleiro paulista defendeu novamente.

Já o Palmeiras chegou pela direita, com Breno Lopes, que foi quase a linha de fundo e cruzou, mas Vanderlei defendeu.

Com 14’, os gremistas chegaram pela esquerda. Diogo Barbosa fez um cruzamento, mas direto nas mãos do goleiro palmeirense.

Aos 19 minutos, os paulistas quase assinalaram o segundo gol. Depois de Rony impedir a saída de bola pela linha de fundo, colocando ela na área, Willian chegou e de voleio mandou a gol, obrigando uma grande defesa de Vanderlei.

O Grêmio tentou pela esquerda, com um cruzamento de Pepê buscando Diego Souza, mas a bola foi muito forte e acabou com a defesa adversária, aos 24’.

Passados 32 minutos, o Tricolor teve uma boa chance em cobrança de falta. Jean bateu, houve o desvio na barreira e a bola saiu com muito perigo, à esquerda da meta paulista. Cinco minutos depois, o Tricolor teve um escanteio. Pinares colocou no segundo poste, Diego Souza desviou, mas Weverton defendeu.

Foi aos 42 minutos, que os gremistas igualaram o marcador no Allianz Parque. Maicon trabalhou com Luiz Fernando na direita, que fez um cruzamento na cabeça de Diego Souza. O centroavante desviou para o fundo das redes, assinalando o gol gremista.

Ao final, Diego Souza cobrou uma ótima falta, para grande defesa do goleiro paullista, que impediu o gol da virada.

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Alonso e Arana são premiados na Bola de Prata 2020

Publicado


O zagueiro Junior Alonso e o lateral-esquerdo Guilherme Arana venceram a Bola de Prata 2020. A premiação é concedida pela ESPN Brasil, para os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro.

O Atlético tem muita tradição no evento, é o quarto clube com mais atletas ganhadores do troféu (54), atrás, apenas, de Palmeiras, Flamengo e São Paulo.

Júnior Alonso fez 31 jogos no Brasileirão, marcou um gol, deu duas assistências e foi um dos grandes destaques defensivos na competição. O paraguaio se tornou o 8º zagueiro do Galo a faturar a Bola de Prata, antes dele, alguns grandes nomes da nossa história também receberam o troféu: Vantuir, Osmar Guarnelli, Luisinho, Paulo Sérgio, Cláudio Caçapa, Réver e Leonardo Silva.

Já Guilherme Arana atuou em 39 partidas no Campeonato Brasileiro, fez quatro gols, deu sete assistências e, com grandes atuações, chegou à Seleção Brasileira. Arana é o 4º lateral-esquerdo atleticano a conquistar o prêmio. Antes dele, venceram a disputa apenas Dedê, Douglas Santos e Fábio Santos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Fluminense fez a melhor campanha de 2021 no Campeonato Brasileiro

Publicado


O Fluminense fez a melhor campanha do Campeonato Brasileiro desde que virou o ano. Foram 24 pontos de 33 possíveis em 2021.  Em 11 partidas, foram sete vitórias, três empates e apenas uma derrota. Foram 18 gols marcados e 11 sofridos. Os números se aproximam muito da grande arrancada contra o rebaixamento, do famoso Time de Guerreiros de 2009.

Uma campanha de mais de 72% de aproveitamento, um número muito alto,  principalmente em fim de temporada atípica e mais cansativa, pelo calendário apertado em tempos de pandemia da Covid-19.

Em 11 jogos em 2021:

1. Fluminense – 24 pontos
2. Internacional – 23 pontos
3 – RB Bragantino – 22 pontos
4 – Athletico – 19 pontos
5 – Atlético-MG – 19 pontos
6 – Flamengo – 19 pontos
7 – Atlético-GO – 16 pontos
8 – Bahia – 16 pontos
9 – Ceará – 16 pontos
10 – Santos – 15 pontos

Em 2009, na famosa arrancada do Time de Guerreiros, o Fluminense conquistou 7 vitórias e 4 empates em 11 jogos, somando 25 pontos e se livrando da zona do rebaixamento. Um ponto a mais do que a campanha do time de Marcão nas últimas 11 rodadas do Campeonato Brasileiro 2020.

Fotos: Lucas Merçon/FFC

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana