conecte-se conosco


Entretenimento

História de Claudinho e Buchecha vira filme após 20 anos do acidente

Publicado

source
Claudinho e Buchecha
Reprodução/Instagram

Claudinho e Buchecha


Os versos “nossa história vai virar cinema/ e a gente vai passar em Hollywood”, da canção “Coisa de cinema”, de Claudinho e Buchecha, estão perto de se tornar realidade. Na semana passada, em um dia de filmagem na Ilha do Governador, bairro carioca onde a dupla viveu após despontar para o sucesso em São Gonçalo, Lucas Penteado e Juan Paiva, que interpretam Claudinho e Buchecha respectivamente, estavam rodando mais uma cena de “Nosso sonho”.

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

A cinebiografia sobre a dupla que veio do funk e fez história no pop nacional é dirigida por Eduardo Albergaria e tem previsão de lançamento nos cinemas para 2023, com distribuição da Manequim Filmes. Um dos biografados, o cantor Buchecha marcou presença no set e se emocionou com o trecho filmado no dia: seu casamento com Rosana Souza, com quem começou a namorar quando tinha 15 anos e com quem está até hoje.


Aos 47 anos, Buchecha lembra que ficou sensibilizado ao assistir a “2 filhos de Francisco — A história de Zezé di Camargo e Luciano” (2005), de Breno Silveira, quando, em fase inicial na carreira solo, três anos após a morte de Claudinho, identificou-se com a história de percalços até o sucesso.

+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

— Lá no fundo, ficou passando pela minha cabeça: “Será que um dia vai aparecer alguém que vai nos olhar com carinho e ter o interesse de contar a nossa história?” — diz o cantor. — Agora, estou vendo um sonho se concretizando. Como dizem na comunidade, estou embasbacado. E bem na fita, colocaram um ator muito bonito pra me representar.

O projeto vai contar essa história de música e amizade, passando pela trágica morte de Claudinho, num acidente de carro há 20 anos (mais exatamente, em 13 de julho de 2002), e pelo período de depressão de Buchecha, até reunir forças para investir numa carreira solo. Albergaria, que também assina o roteiro ao lado de Fernando Velasco, Daniel Dias e Mauricio Lissovsky, diz que não vai ignorar os momentos mais dramáticos vividos pelos músicos, mas descreve seu filme como “um convite à alegria”.

— É uma história de sucesso de dois meninos que saem de São Gonçalo para ganhar o mundo e chegar até o Japão, de jovens que tiveram suas vidas transformadas pela arte, pelo funk, pela cultura e pela amizade — diz Albergaria. — Estamos contando a história que as pessoas esperam, mas também entregando um pouco mais. É um encontro com as músicas e um encontro com o sentimento daquela época.

O sonho de Buchecha de ter a trajetória de sua dupla contada no cinema começou a se tornar realidade há sete anos. A ideia para o filme partiu do roteirista Fernando Velasco, na produtora Urca Filmes. Na ocasião, Albergaria considerou a iniciativa interessante, mas achou que já haveria outras produtoras de olho. Quando descobriu que ninguém estava desenvolvendo um projeto sobre a dupla, resolveu ligar para o artista. Após uma reunião na casa de Buchecha, o diretor viu que tinha uma grande história nas mãos.

Herói do funk

Conhecido pelo trabalho como Ravi na novela “Um lugar ao sol”, Juan Paiva, de 24 anos, conta como foi o processo de encontrar seu Buchecha.

— É uma grande responsabilidade, porque é uma vida que existe, é diferente de você criar um personagem. Eu tento prestar atenção nos detalhes. Vi muitas entrevistas, vídeos dele dançando, e, nas oportunidades que tive de encontrá-lo, fiquei observando a forma como fala, como se comporta — descreve Juan. — O Buchecha é um grande herói do funk, tem uma história linda. Espero que ele se veja em mim e veja o Claudinho no Lucas (Penteado).

Conhecido pela conturbada passagem pelo “BBB 21”, Lucas Penteado, de 25 anos, tinha apenas 5 quando Claudinho morreu, mas tem lembranças da dupla que movimentou o Brasil nos anos 1990. Ele se recorda de uma ocasião em que foi chamado a atenção na escola por usar boné na sala de aula. Um dia, ao se deparar com uma entrevista de Claudinho e Buchecha na TV, fez questão de mostrar ao pai que os dois estavam de boné.

— Eu falei para o meu pai que era estilo. A minha identidade começou vendo Claudinho e Buchecha na TV. Eles sempre foram uma referência para mim — conta Lucas, que também viu e ouviu muito material de arquivo com Claudinho. — Foi um processo de descoberta, tentar entender como ele fala, anda, olha. Eu sou meio nerd, então tentei entender como era essa língua presa que ele tinha, dificuldades com o “C” e o “S”, mas falava bem o “R”.

Além de atuarem no filme, Lucas e Juan também cantam, sem auxílio de playback, as músicas mais famosas da dupla responsável por hits como “Quero te encontrar”, “Fico assim sem você” e “Só love”. Os dois, inclusive, já tiveram oportunidade de se apresentar cantando Claudinho e Buchecha, ainda que informalmente. Durante um intervalo das gravações, Juan levou Lucas para conhecer a favela do Vidigal, onde mora. Lá, os atores acabaram em cima de um palco de bar apresentando os maiores hits da dupla.

20 anos de saudade

Consultor e produtor musical do longa, Buchecha fez um trabalho específico com os atores na parte sonora. O cantor conta que, inicialmente, ficou preocupado com o sotaque paulista de Lucas e com o fato de Juan ter uma ligação maior com o rap do que com o funk, mas faz questão de reforçar que os dois se saíram muito bem no desafio e que acredita que o público pode até confundir as vozes dos atores com as originais.

Perguntado se iria fazer uma participação em cena no filme, Buchecha diz que não, pois é um ator muito ruim. O produtor Leonardo Edde, no entanto, brinca:

— Ele vai fazer uma participação, só não sabe ainda.

Feliz em ter sua história contada nos cinemas, Buchecha não reclama de ser muito acionado pelo produtor, mas conta que o foco no filme tem dificultado outros projetos. Ele tem realizado shows e ajudado a gerir as carreiras dos filhos Ceejay, cantor, e Giulie Oliveira, atriz. Por causa de todos esses compromissos, não sabe se irá conseguir concluir o DVD que tinha previsto para 2022, ano em que a morte de Claudinho completa duas décadas.

— A perda brusca de um grande amigo de infância foi um marco muito doloroso para mim e tem sido ainda hoje muito difícil de lidar. Tudo me faz lembrar dele. As nossas músicas, os locais onde fizemos shows ou tivemos alguma história marcante. Estamos completando 20 anos de saudade, e parece realmente que foi ontem. Mas precisamos seguir a vida — diz o cantor, emocionado.

“Nosso sonho” é o primeiro filme a contar a história de Claudinho e Buchecha. Em 2009, a vida de Claudinho foi tema do especial “Por toda minha vida”, da TV Globo. O programa mesclou imagens de arquivo, depoimentos e cenas dramatizadas com os atores Alex Gomes como Claudinho e Adriano de Jesus como Buchecha.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida

Publicado

source
Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida
Redação EdiCase

Vinho madeira: conheça 4 lugares para degustar a bebida

Nas vinícolas da Ilha da Madeira é possível experimentar um dos vinhos mais famosos do mundo

Por Lisia Minelli

A Ilha da Madeira, região autônoma de Portugal situada em meio ao Oceano Atlântico, produz uma das bebidas mais famosas do mundo: o vinho Madeira. De sabor especial e teor alcoólico elevado, funciona perfeitamente como aperitivo ou digestivo e, cada vez mais, é utilizada em harmonizações diversas, devido à sua versatilidade e qualidade.

Degustar uma boa taça de vinho Madeira pode ser uma experiência inesquecível. E, para isso, a melhor opção é visitar algumas das vinícolas produtoras, que mantêm adegas e bar de vinhos espalhados pela ilha. Confira quatro lugares para degustar esse icônico vinho!

5 estadias aconchegantes na América do Sul para o inverno

1. Blandy’s Wine Lodge

Uma das mais antigas empresas produtoras de vinho Madeira, com mais de 200 anos, reúne um museu sobre os vinhos produzidos pela Madeira Wine Company e um excelente bar de vinhos. São mais de 650 barris e cubas que armazenam os vinhos, que estão envelhecendo em um método tradicional conhecido como “canteiro”.

Além do tradicional vinho Madeira, esta propriedade também produz vinhos de mesa de bastante sucesso, com a marca Atlantis, um branco, um rosé e um branco reserva. Por estar localizada bem no centro da cidade do Funchal, onde até hoje funcionam as adegas da empresa, o local é ideal para os turistas visitarem e degustarem os seus vinhos.

Cunha: conheça um dos melhores destinos para ecoturismo no Brasil

2. Justinos’s Madeira

É uma das mais antigas empresas produtoras e exportadoras de vinho Madeira e possui uma das maiores reservas vitivinícolas da Ilha da Madeira, composta por vinhos de elevada qualidade e envelhecidos em cascos de carvalho. Para provar os vinhos da Justino’s, é necessário ir até Caniço, a cerca de dez quilômetros da cidade de Funchal.

3. Quinta do Barbusano

Localizada na costa norte da Madeira, este produtor de vinho merece uma visita. A Quinta do Barbusano possui vinhas de diversas castas e produz vinhos brancos, rosés e tintos. O local investe em uma oferta turística com visitas, aperitivos e até refeições para acompanhar a degustação dos vinhos. Na época das vindimas, além das visitas guiadas, é possível fazer a pisa das uvas.

4. Terra Bona

Também situada na costa norte da Madeira, em Boaventura, esta propriedade possui uma beleza única entre a Floresta Laurissilva e o mar, além de um sistema de produção de vinhas ambientalmente sustentável. A Terra Bona possui dois vinhos brancos que se destacam: um em barricas de carvalho francês e o outro em barricas de terracota.

Confira mais dicas de viagens na revista ‘Viajar’.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Paulo André canta com Neymar em festa junina do jogador

Publicado

source
Paulo André e Neymar estiveram juntos em festa
Reprodução/Instagram 27.06.2022

Paulo André e Neymar estiveram juntos em festa

Paulo André aproveitou a festa junina organizada por Neymar Jr. na mansão do jogador de futebol em Mangaratiba, Rio de Janeiro. O atleta, vice-campeão do “BBB 22”, compartilhou um vídeo em que aparece cantando com o craque, durante o evento que aconteceu no domingo (26). 

No vídeo, PA e Neymar se abraçam e cantam empolgados um pagode. O jogador estava com um microfone na mão durante o show. O ex-BBB também publicou um vídeo se divertindo no touro mecânico que estava na festa. 



Na ocasião, Pedro Scooby e MC Maneirinho estiveram em cliques compartilhados nas redes sociais. Para a festa, Neymar e Bruna Biancardi combinaram o figurino. A influenciadora colocou uma minissaia e casaco xadrez, combinando com Neymar, que estava de calça e blazer com mesma estampa.  



Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana