conecte-se conosco


Policial

Homem é preso 14 anos após matar a mulher por não aceitar separação em MT

Publicado

G1 MT

Um homem, de 58 anos, foi preso 14 anos após matar a mulher por não aceitar separação. José Francisco Fernandes foi detido na quarta-feira (5), durante uma ação da Polícia Civil para cumprimentos de mandados de prisão. Ele era considerado foragido da Justiça.

José Francisco, conhecido como Fernando, é acusado de ter matado a mulher dele, Laudiceia Rufino de Souza Fernandes, em 2005, no Bairro Parque do Lago, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Após o crime, ele foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado, no entanto, estava solto.

De acordo com a delegada Silvia Maria Pauluzi, que conduziu o inquérito na época, o acusado não aceitava a separação e matou Laudiceia com requintes de crueldade, na casa onde moravam. O casal tinha três filhas.

No momento da prisão, José Francisco foi preso em uma empresa de alimentos e conduzido para a Polinter, onde se encontra à disposição da Justiça.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

NOTA DE FALECIMENTO – Investigador aposentado Guilherme Afonso Borges

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso lamenta o falecimento nesta sexta-feira (05.03) do investigador de polícia aposentado, Guilherme Afonso Borges, de 84 anos, pai da investigadora de polícia, Cleonice de Rezende Borges Vilas Boas e da investigadora aposentada, Sandra Maria Borges.

Conhecido como “Seu Borges”, o investigador aposentado por anos se dedicou ao trabalho na Polícia Civil, exercendo suas funções na Regional de Barra do Garças, Delegacia de Polinter e Capturas em Cuiabá e Regional de Rondonópolis, onde estava lotado quando se aposentou em fevereiro de 1998.  

O falecimento ocorreu na cidade de Porangatu, estado de Goiás, e família está providenciando o traslado do corpo para Barra do Garças. Informações sobre o cortejo e sepultamento serão repassadas assim que possível.

A Delegacia Regional de Barra do Garças manifestou grande pesar com a morte do investigador. A Polícia Civil presta as sinceras condolências e solidariedade aos familiares e amigos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais que atuam na região de fronteira realizam treinamento de ações de Segurança

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Quinze policiais civis atuantes na região de fronteira, entre investigadores e escrivães de polícia, participaram entre os dias 2 e 4 de fevereiro, de capacitação realizada pela Gerência de Operações Especiais (GOE), com objetivo de atualizar e reciclar os conhecimentos para operarem com segurança. 

O curso com total de 40 horas/aulas, foi ministrado para servidores lotados nas Delegacias de Polícia dos municípios de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) e Campos de Júlio (553 km a noroeste da Capital), que foram divididos em duas turmas com 20 horas/aula cada.

Durante os quatro dias de curso com aulas teóricas e práticas, foram realizados treinamentos para pistola de calibre .40 e submetralhadora .40 . Oito investigadores que trabalham diretamente nas ruas também foram habilitados para a utilização de carabina calibre 556 (armamento tipo fuzil). 

Para a realização do curso, as munições foram disponibilizadas por outro órgão da Segurança Pública e diante dessa colaboração foi solicitado por meio de ofício à Gerência de Operações Especiais, para que promovesse a capacitação aos policiais civis, objetivando a reciclagem e o aperfeiçoamento.

Além dos treinamentos para melhorar as técnicas de uso e manuseio dos armamentos, como pistola, submetralhadora e carabinas (adquiridas recentemente através de parceria com o Sistema Penitenciário Federal), foi solicitado a GOE a realização de um módulo específico com  relação a cumprimento de prisões e cumprimento de buscas com entradas nas residências, em razão dos trabalhos das delegacias terem aumentados e estarem mais intensos.

As aulas teóricas aconteceram em sala de ensino nas dependências da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A parte das entradas em domicílios foi realizada em um conjunto de casas habitacionais que ainda não foram concluídas, após autorização da Prefeitura Municipal de Comodoro para a utilização.

O treinamento de disparos de armas de fogo aconteceu em uma propriedade rural onde a uma cascalheira com barrancos bem altos e ideal para esse tipo de prática, cedida por um particular.

O delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto, agradeceu a equipe da GOE pelo curso ministrado sob a coordenação do investigador de polícia Fausto, que forma brilhante não mediram esforços para levar mais conhecimentos aos servidores da região.

“É muito importante a realização desses tipos de cursos, que deveriam acontecer com frequência, para que nossos profissionais tenham cada vez mais instruções para exercerem suas funções de forma segura e qualificada”, destacou.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana