conecte-se conosco


Policial

Homens que aguardavam avião em aeroporto são presos com ouro avaliado em R$ 7 milhões em MT

Publicado

G1 MT

Dois homens foram presos nessa quarta-feira (5) no município de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá, com um carregamento de ouro avaliado em aproximadamente R$ 7 milhões.De acordo com a assessoria da Polícia Militar, os dois suspeitos aguardavam uma aeronave em um aeroporto na zona rural.

Uma equipe da polícia fazia rondas quando avistou uma aeronave de pequeno porte pousando e logo em seguida levantando voo novamente, sem que ninguém descesse.

Próximo da área de pouso havia uma caminhonete Hilux com dois homens do lado de fora, bem próximos ao veículo. Os policiais suspeitaram da situação e decidiram abordá-los.

Dentro do carro, em uma caixa de papelão, estava o ouro: precisamente 6,5 kg.

Um dos suspeitos, de 34 anos, foi flagrado com uma pistola no bolso e confessou ser o dono do ouro.

Ele disse que estava aguardando a aeronave que levaria o ouro, mas não afirmou se seria o avião que os policiais viram.

A outra arma, também pistola, estava no carro. O outro suspeito, de 33 anos, também foi detido.

O dono do ouro disse ser proprietário de um moinho – equipamento que faz a moagem das pedras e separação do ouro – dentro de um garimpo na região, mas admitiu não ter nota fiscal do metal e nem registro das armas.

Dois homens foram presos nessa quarta-feira (5) no município de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá, com um carregamento de ouro avaliado em aproximadamente R$ 7 milhões.De acordo com a assessoria da Polícia Militar, os dois suspeitos aguardavam uma aeronave em um aeroporto na zona rural.

Uma equipe da polícia fazia rondas quando avistou uma aeronave de pequeno porte pousando e logo em seguida levantando voo novamente, sem que ninguém descesse.

Próximo da área de pouso havia uma caminhonete Hilux com dois homens do lado de fora, bem próximos ao veículo. Os policiais suspeitaram da situação e decidiram abordá-los.

Dentro do carro, em uma caixa de papelão, estava o ouro: precisamente 6,5 kg.

Um dos suspeitos, de 34 anos, foi flagrado com uma pistola no bolso e confessou ser o dono do ouro.

Ele disse que estava aguardando a aeronave que levaria o ouro, mas não afirmou se seria o avião que os policiais viram.

A outra arma, também pistola, estava no carro. O outro suspeito, de 33 anos, também foi detido.

O dono do ouro disse ser proprietário de um moinho – equipamento que faz a moagem das pedras e separação do ouro – dentro de um garimpo na região, mas admitiu não ter nota fiscal do metal e nem registro das armas.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicado

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana