conecte-se conosco


Rondonópolis

Hospital Regional de Rondonópolis retoma cirurgias de alta complexidade

Publicado

MidiaNews

Durante o mês de maio, o Hospital Regional de Rondonópolis passou a realizar cirurgias ortopédicas de fratura de quadril e acetábulo (cavidade do quadril que se articula com o fêmur), tornando-se referência nessa especialidade para a população da região sul do estado.

Esses procedimentos cirúrgicos são de alta complexidade e, portanto, o Hospital Regional de Rondonópolis cumpre com uma das ações propostas pelo atual governo: a de executar a alta complexidade nas unidades hospitalares regionais.

“Em janeiro, o Hospital Regional de Rondonópolis voltou a ser gerido pelo Governo do Estado e as melhorias já são significativas. Temos como prioridade a realização de procedimentos de alta complexidade e tenho a convicção de que os resultados serão cada vez mais promissores”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Somente no mês passado, quando houve a implantação do novo serviço, a unidade hospitalar realizou 243 cirurgias ortopédicas, e 191 internações eletivas nessa especialidade médica. A diretora do hospital, Caroline Neves, destaca que, antes da oferta deste serviço, os pacientes que precisavam desta modalidade de cirurgia eram transferidos para Cuiabá.

“A partir de então, essa demanda passa a ser suprida na própria região. Com a cobertura desse serviço pelo Hospital Regional de Rondonópolis, os pacientes e seus familiares não precisarão mais se deslocar para a Capital. Isso proporciona economia para o Estado, pois toda transferência tem seu custo, além de poupar o paciente e sua família de despesas extras com estadia em decorrência do acompanhamento do tratamento”, pontuou a diretora.

Ainda no mês de maio, o Hospital Regional de Rondonópolis produziu 583 atendimentos nas enfermarias para os pacientes internados, sendo a maior demanda relativa à área ortopédica; 907 atendimentos de urgência e emergência, com 63 internações urgentes e 1.373 consultas ambulatoriais; 453 cirurgias, sendo 134 eletivas e 319 de urgência e emergência; além de 10.758 exames ambulatoriais.

“O objetivo maior desta gestão é descentralizar serviços. É fazer com que os municípios que contam com um Hospital Regional de grande porte sejam autossuficientes e resolutivos para uma região. Assim, o Estado favorece o acolhimento proporcionado pela proximidade física dos pacientes aos familiares”, concluiu a secretária adjunta de Gestão Hospitalar da SES-MT, Deisi Bocalon.

Comentários Facebook
publicidade

Rondonópolis

Diretora de saneamento é assassinada dentro de carro em rua de Rondonópolis

Publicado

por

Terezinha Silva Souzano, presidente do Serviço de Saneamento Ambiental (Sanear) de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), foi assassinada no começo da manhã desta sexta-feira (15), no centro da cidade. A caminhonete que ela estava foi atacada por motoqueiros que atiraram várias vezes contra o veículo. Vídeo mostra o momento em que o carro é perseguido, veja abaixo.

 

As informações preliminares são de que o crime aconteceu por volta das 7h30, na rua Otávio Pitaluga. Dois homens em uma motocicleta se aproximaram do veículo e atiraram várias vezes contra o vidro, atingindo Terezinha na cabeça.

 

Ela foi socorrida, encaminhada para a Santa Casa da cidade, mas não resistiu e acabou morrendo. O local do crime foi isolado e perícia será feita no veículo da vítima.

 

O caso está sendo investigado, polícia faz rondas pela região. Câmeras de segurança vão ajudar na identificação da motocicleta dos suspeitos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Dona de bar discute com marido e é encontrada morta logo depois

Publicado

por

A dona de um bar, Aparecida Santos de Souza de 73 anos, foi encontrada morta  após ter uma discussão com o marido. O caso aconteceu no bairro Parque São Jorge em Rondonópolis ( a 218 km de Cuiabá).

AGORA MT

MORTE

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher foi encontrada em frente ao seu estabelecimento. Testemunhas que estavam no local informaram que Aparecida havia tido uma discussão com o marido momentos antes, no entanto não relataram nenhuma agressão física.

Uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito da vítima.

Durante a primeira perícia não foi encontrado nenhum sinal de violência, porém só o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) deve apontar a causa da morte.

O marido da mulher que estava no local se negou a ir até a delegacia para prestar depoimento e acabou sendo detido pela Polícia Militar. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana