conecte-se conosco


Mato Grosso

Levantamento encontra “coquetel” de agrotóxicos na água da maioria dos municípios de Mato Grosso

Publicado

Um levantamento feito pela Repórter Brasil, Public Eye e Agência Pública, com base em dados do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), do Ministério da Saúde, encontrou um “coquetel” de agrotóxicos na água da maioria dos municípios de Mato Grosso avaliados. O estudo é referente ao período entre 2014 e 2017.

Cuiabá, Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Cláudia, Marcelândia, Santa Carmem, Colíder, Matupá, Guarantã do Norte, Rondonópolis, Primavera do Leste, Nova Mutum, Tangará da Serra e Cáceres estão entre as cidades onde as empresas de abastecimento detectaram o máximo de 27 pesticidas que são obrigadas por lei a testar. Do total, 16 são classificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como “extremamente ou altamente tóxicos”. No total, 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas.

Entre os municípios pesquisados em Mato Grosso, apenas quatro não acusaram a presença do “coquetel” de 27 agrotóxicos. Comodoro apontou o menor nível, com 7 pesticidas identificados na água, seguido por Nova Santa Helena, com 12. Conquista D’Oeste (16) e Lambari D’Oeste (24) são os outros.

A concentração de agrotóxicos na água é, segundo o estudo, maior em Sorriso, Marcelândia, Cuiabá, Cáceres e Tangará da Serra, que têm limites acima da média brasileira. Municípios como Sinop, Nova Mutum, Nova Canaã do Norte, Colíder, Juara, Peixoto, Guarantã e Rondonópolis estão acima dos limites europeus. Já cidades como Lucas do Rio Verde, Primavera do Leste e Nova Santa Helena estão abaixo dos limites europeu e brasileiro.

No Brasil, o levantamento mostrou que a contaminação da água está aumentando a passos largos e constantes. “Em 2014, 75% dos testes detectaram agrotóxicos. Subiu para 84% em 2015 e foi para 88% em 2016, chegando a 92% em 2017. Nesse ritmo, em alguns anos, pode ficar difícil encontrar água sem agrotóxico nas torneiras do país”, diz trecho da reportagem divulgada pela Agência Pública.

Só Notícias/Herbert de Souza

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Polícia Civil prende integrantes de associação criminosa e apreendem armas de fogo, drogas e munições

Publicado

Quatro integrantes de uma associação criminosa foram presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (01.07), na zona rural de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), durante investigações continuadas para apurar o duplo homicídio ocorrido no município. 

A ação resultou na apreensão de duas armas de fogo, várias munições e porções de maconha. Os envolvidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e para o tráfico de drogas.

Nas diligências, os policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia, por meio da Divisão de Homicídios, identificaram uma propriedade rural usada pelos suspeitos para planejar os crimes e para se esconderem.

Diante das informações, a equipe foi até o local e, ao se aproximarem, perceberam a presença de alguns indivíduos, que fugiram para dentro de uma área de mata. No interior do imóvel, foram encontradas as armas de fogo, munições, uma tornozeleira eletrônica e porções de maconha.

Na casa também havia uma mulher e uma criança. Um dos presos possui passagem pelos crimes de sequestro, cárcere privado, furto, roubo, corrupção de menores, tráfico de drogas, receptação e lesão corporal. 

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e associação para o tráfico de drogas. Após a confecção dos autos, eles foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT lamenta morte do filho do governador de Goiás

Publicado

O Governo de Mato Grosso lamenta a morte de Ronaldo Gomes Caiado Filho, aos 40 anos, neste domingo (03.07). Ele é filho do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e de Thelma Gomes, primeira esposa do gestor.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes expressaram profundo pesar pela perda de Caiado e Thelma.

“Não há dor maior para um pai e uma mãe que a perda de um filho. Nossos sentimentos de profundo pesar aos pais, familiares e amigos. Que Deus possa dar forças para que suportem esse momento tão difícil. Nossas orações estão com vocês”, lamentaram.

A causa da morte de Ronaldo Filho não foi divulgada.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana