conecte-se conosco


Política MT

Max Russi faz apelo para que agentes comunitários e de endemias recebam vacina

Publicado


Foto: Marcos Lopes

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), encaminhou documento ao Governo do estado e também fez apelo aos prefeitos de Mato Grosso, em vídeo publicado em suas redes sociais, para que os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate de Endemias (ACE) sejam incluídos no grupo prioritário à imunização contra o novo coronavírus.  Mato Grosso deu início ao Plano Nacional de Imunização (PNI), na segunda-feira (18.01). Nesta primeira fase, o governo federal disponibilizou ao estado 126.160 doses de vacina que irá contemplar 60.074 pessoas. 
 

O parlamentar defende que, da mesma forma que os profissionais de saúde estão diretamente ligados aos pacientes infectados pelo vírus ou com suspeitas, os agentes correm o mesmo risco, já que atendem a população em suas casas. “Os agentes não estão na lista prioritária de vacinação. Eles estão lá na ponta, em contato direto com a população e com o vírus. Por isso cobramos das autoridades competentes que atenda essa classe”, disse Max Russi.
 

Wilson Cutas é presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Combate às Endemias (Sintrace-MT) e membro da Câmara Setorial Temática (CST) dos Agentes Comunitários e de Endemias, na Assembleia Legislativa. Segundo ele, os agentes de endemia estão diretamente ligados às comunidades, já que os profissionais são responsáveis pelo levantamento, monitoramento e dependendo do município, até mesmo o acompanhamento dos casos de pacientes contaminados, mas em isolamento domiciliar. 
 

“Existem cidades que não possuem estrutura suficiente para acompanhar os casos de pacientes que são tratados em casa. É aí que entra o trabalho do agente de endemias. Já existem casos confirmados de óbitos de agentes pelo Brasil. Alto índice inclusive e, podemos citar os estados do Maranhão e Ceará. Por isso é extremamente importante o pedido do deputado Max, ele que já é um defensor nato das categorias e tem sido parceiro em inúmeras situações”, observou Cutas.
 

Primeira fase da vacina

Conforme o Ministério da Saúde, nessa primeira fase serão vacinados prioritariamente, pessoas idosas institucionalizadas com 60 anos ou mais, pessoas deficiência institucionalizadas, indígenas aldeados e, trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. No entanto, a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES), deve analisar a quantidade de vacinas pelo número de pessoas de grupos específicos, já que o lote de imunizantes enviados para o estado não atende a demanda.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

PL propõe local de apoio para trabalhador por aplicativos

Publicado


PL de Elizeu Nascimento foi apresentado em sessão plenária da ALMT

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Os motoristas e entregadores por aplicativos que atuam Mato Grosso poderão ter pontos de apoio com banheiro, chuveiros, vestiários, refeitório, além de sala para descanso com acesso à internet sem fio e estacionamento de motocicletas e bicicletas. 

 É o que propõe o Projeto de Lei (PL) nº 25/2021, de autoria do deputado estadual Elizeu Nascimento (PSL), que prevê uma parceria público-privada (PPP) entre o governo do estado e empresas que atuam na área.  

 O texto diz que caberá às empresas devidamente autorizadas, conforme legislação sobre o assunto, e interessadas na parceria, a construção, manutenção e garantia de funcionamento dos postos de apoio.  

 Na justificativa, a matéria avalia que os serviços de transporte e entrega têm aumentado no Brasil, significando uma alternativa para o desemprego e uma fonte de sustento de milhares de famílias.  

 Sabe-se que a informalidade contribuiu para a diminuição do desemprego no país e a retirada de indivíduos da situação de pobreza. Grandes marcas como Uber, 99 e Ifood, pioneiras nos respectivos ramos aqui no Brasil, tornaram-se símbolo da possibilidade de trabalho para muitos que estavam na ociosidade, não restando qualquer dúvida que estas e outras empresas foram fundamentais para a criação de postos de trabalho. “Por esse motivo, vejo a necessidade de avanço em algumas áreas relacionadas a estas categorias. Uma delas é justamente a questão humanitária desses trabalhadores, uma vez que a grande maioria destes passam muitas horas nas ruas, sem ter um lugar de repouso ou mesmo um simples banheiro para utilizar”, justificou Elizeu Nascimento. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Indicação de Faissal cobra limpeza de corixos da região do Pantanal

Publicado


Faissal indicação sobre necessidade de limpeza de corixos na região do Pantanal

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Após receber inúmeros pedidos de cidadãos pantaneiros em seu gabinete, o deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou, na sessão plenária de terça-feira (23), no Poder Legislativo, uma indicação que trata da necessidade de limpeza de corixos na região do Pantanal.  

Uma cópia do documento legislativo foi encaminhada à secretária de Meio Ambiente, Mauren  Lazarretti, e ao secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho Júnior. 

“A presente proposição se dá em decorrência dos problemas enfrentados na região do Pantanal, motivo pelo qual temos recebido inúmeras solicitações para providências, dentre elas, uma do senhor Fernando Francisco de Lima, pescador profissional (Colônia Z-01)”, justificou o parlamentar. 

Segundo Faissal, a indicação deve atender aos corixos pantaneiros situados no Rio São Lourenço (Porto Jôfre até o desaguamento no Rio Paraguai), como o Mané Isaque, Lemos (região de Barão de Melgaço), Limoeiro (região do Porto Jofre), que dá acesso a 42 baías, o Rita Velha, o Maria Joana, que dá acesso 16 baías, na região do Porto Jôfre, o Felipão de Cima e  o Patricia, na região do Rio Paraguai – Serra do Amolar, além do corixo Pedro II, que fica na região das baías Gaíva e Uberaba.

Os corixos são canais que ligam as águas de baías, lagoas, alagados e outros com os rios próximos, ou seja, são pequenos rios que se formam (rios perenes) em épocas de chuva que vem desaguar em outros rios maiores.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana