conecte-se conosco


Alerta

Miss Mato Grosso relata ter sido perseguida e assediada por motociclista

Publicado

A Miss Mato Grosso Be Emotion 2019 e estudante de Odontologia, Ingrid Santin, relatou que foi perseguida e molestada por um homem enquanto seguia de moto até a casa da sua irmã. O assédio ocorreu neste domingo (26), por volta das 15h30, em Rondonópolis (a 220 km de Cuiabá).

Conforme o relato compartilhado em seu Instagram, Ingrid notou que estava sendo seguida por um homem que também estava em uma motocicleta modelo Honda Fan. Em dado momento, ela percebeu, mais a frente, uma caminhonete e pensou em ultrapassar o veículo como forma de tentar despistar o suspeito.

“Meu pensamento foi: eu vou alcançar a caminhonete, ultrapassar e assim o homem [motociclista] ficaria para trás ou até mesmo as pessoas que estavam no carro poderia impedir algo de acontece, mas eu não consegui atingir a caminhonete”, relatou.

A estudante relatou que mesmo acelerando, o suspeito conseguiu se aproximar dela e passou as mãos em suas partes íntimas. “Eu estava correndo, mas é perigoso, pois é um bairro familiar e o homem se aproximou e ficou bem do meu lado e colocou a mão entre as minhas pernas, nas minhas partes íntimas e apalpou. Tudo foi em questão de segundos”, contou.

Desrespeito na delegacia’

Santin compartilhou ainda que foi nesta segunda até a Delegacia da Mulher registrar um boletim de ocorrência, no entanto, disse que se sentiu humilhada e impotente. “Hoje eu percebi porque muitas mulheres não denunciam ou quando denunciam, mesmo assim, acontece algo depois. Infelizmente percebi um sistema que não é efetivo. Quando cheguei lá, uma senhora me questionou se eu tinha a placa da moto. Ela me disse que não poderia fazer o registro sem a placa da moto”, disse.

“Eu me pergunto, sou eu, cidadã e vítima que tenho que identificar a placa e o suspeito? Sou eu que tenho que ir atrás ou é obrigação e dever da polícia? Eu nunca estudei Direito, não sei como é que acontece, mas eu realmente senti um descaso. Até que insisti para fazer o boletim de ocorrência. Então até quando vamos viver com medo? Até quando vamos temer por andar na rua? Eu só temo. É isso”, completou.

Comentários Facebook
publicidade

Alerta

Apartamento pega fogo e quatro moradores ficam presos

Publicado

por

Quatro pessoas ficaram presas em um apartamento no condomínio Chapada Diamantina, enquanto o imóvel estava sendo incendiado. O fato aconteceu na madrugada desta terça-feira (19), no bairro Dom Aquino, em Cuiabá.

As chamas iniciaram em um apartamento no 3º andar do Bloco E, segundo o Corpo de Bombeiros.

Rapidamente, os moradores acionaram os militares que evacuaram o local. No entanto, quatro moradores não conseguiram sair por conta da grande quantidade de fumaça do local.

Diante disso, os militares tiveram que utilizar a autoescada Magirus para retirar os moradores do apartamento. Não há registro de feridos.

Após o resgaste, as chamas foram contidas. Não foi possível contabilizar os danos.

Ainda não se sabe o que teria causado o incêndio.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irá ao local para dar início aos trabalhos investigativos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Alerta

Dois servidores da Saúde de Cuiabá testam positivo para Covid-19, diz Possas

Publicado

por

Pelo menos dois servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá foram diagnosticados com a Covid-19, o coronavírus, enquanto outros dois aguardam resultado dos exames. Os quatro estão em isolamento domiciliar. A informação foi confirmada pelo chefe da pasta, Luiz Antônio Possas de Carvalho, na manhã desta segunda-feira (18), ao HNT/Hipernotícias.

“Na secretaria já há dois servidores infectados e outros dois ainda aguardam o resultado dos exames, mas é quase certeza que estão com a doença. Todos estão em isolamento domiciliar e vão ficar em quarentena. Eles foram orientados para que toda a família cumprisse também o isolamento, pois é preciso ter muita cautela, já que o vírus é muito fácil de ser transmitido”, disse.

Isolamento social

Possas comentou que sua família já não sai de casa há 60 dias e que sua esposa, que tem comércio em São Paulo, há dois meses não comparece no estado paulista em decorrência da pandemia do coronavírus.

O secretário ainda fez uma crítica à quem não está levanto à serio os riscos da doença e que não cumpre com as medidas preventivas.

“Tem 60 dias que minha família não sai de casa, é um sacrifício muito grande. O cidadão descompromissado lá da ponta tem que pensar muito antes de qualquer coisa, tem uma roda da economia, da sociedade em volta dele, se ele fizer ‘bobagem’ atinge outras pessoas, é uma consequência coletiva”, destacou.

“Por isso eu digo, não adianta chorar na porta do Pronto-Socorro depois, é preciso ter juízo. Todo mundo tem sido avisado, Cuiabá tomou as medidas preventivas com antecedência, mas a população precisa fazer seu trabalho”, ressalta.

Casos de Covid-19 em Cuiabá 

O boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá deste domingo (17), revela que 274 testaram positivo para o coronavírus sendo recuperados 129 casos. O município registrou a terceira morte pela Covid-19, na manhã desta segunda-feira (18). 

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana