conecte-se conosco


Mato Grosso

MT reforma escola com verba do Fethab

Publicado

G1 MT

A previsão é que mais de 200 escolas públicas estaduais sejam reformadas com recursos provenientes do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), segundo afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso, Marcelo de Oliveira e Silva.

Das 768 unidades de ensino do estado, 400 precisam de reforma, aponta levantamento da Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Ao todo, devem ser investidos R$ 35 milhões, oriundos da arrecadação do Fethab e de emendas parlamentares.

Para o secretário, a prorrogação do Fethab, que arrecada verba dos produtores produtores, foi essencial para o início de governo Mauro Mendes.

A continuidade da cobrança em 2019 contrariou os produtores rurais, que estavam na expectativa de o Fethab não ser prorrogado, como havia prometido o governo anterior. Mas, na avaliação do atual secretário de Infraestrutura, a atitude do governador Mauro Mendes (DEM) foi muito significativa.

“Ele fez esses novos impostos para que a Sinfra, a Educação e a Saúde pudessem evoluir nesses primeiros meses de gestão. Sem isso, seria impossível darmos continuidade nas obras. Estamos dentro da Sinfra trabalhando em conjunto com a Educação mais de 200 projetos para que possamos reformar a parte física das escolas”, afirmou.

Conforme o estado, a reedição do Fethab deve garantir ao estado a arrecadação de R$ 1,46 bilhão neste ano, que corresponde a 30% a mais o total arrecadado anteriormente. Os recursos serão destinados à Secretaria de Infraestrutura para investimentos na manutenção das rodovias estaduais.

Além dos 30% destinados à Sinfra, 10% dos recursos do Fethab serão repassados ao MT PAR, enquanto o restante (60%) será aplicado nas áreas de saúde, educação, segurança pública e assistência social.

São mais de 800 obras paradas no estado, sendo que mais da metade delas ligadas às secretarias de Infraestrutura e de Educação.

‘Lista negra’ de empresas

O secretário de Infraestrutura defende a instituição de uma “lista negra” contendo os nomes das empresas que abandonam obras públicas antes da conclusão. Essa lista, segundo ele, deve ser encaminhada para o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público Estadual (MPE).

“É inadmissível a empresa ganhar uma obra e, um mês depois, entrar com um realinhamento de preços e paralisar a obra. Será que ela não viu quando estava fazendo a planilha que ela não teria condições de finalizar a obra?”, questionou.

O secretário ainda sugere que o Tribunal de Contas faça um levantamento, incluindo o CPF dos sócios, porque, muitas vezes, o proprietário da empresa extingue o CNPJ de uma empresa e abre outra com outro CNPJ no nome do sócio.

“Temos que ir atrás para que parem com essa bagunça de entrar em licitação só para atrasar os andamentos. Eles prejudicam a população, prejudicam os órgão de controle e prejudicam a secretaria que está licitando. Atitudes precisam ser tomadas pelos órgãos de controle quanto ao banimento do CPF dos sócios dessas empresas que fazem esse tipo de malandragem na hora licitação”, argumentou.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Polícia Civil prende integrantes de associação criminosa e apreendem armas de fogo, drogas e munições

Publicado

Quatro integrantes de uma associação criminosa foram presos pela Polícia Civil, na sexta-feira (01.07), na zona rural de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), durante investigações continuadas para apurar o duplo homicídio ocorrido no município. 

A ação resultou na apreensão de duas armas de fogo, várias munições e porções de maconha. Os envolvidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e para o tráfico de drogas.

Nas diligências, os policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia, por meio da Divisão de Homicídios, identificaram uma propriedade rural usada pelos suspeitos para planejar os crimes e para se esconderem.

Diante das informações, a equipe foi até o local e, ao se aproximarem, perceberam a presença de alguns indivíduos, que fugiram para dentro de uma área de mata. No interior do imóvel, foram encontradas as armas de fogo, munições, uma tornozeleira eletrônica e porções de maconha.

Na casa também havia uma mulher e uma criança. Um dos presos possui passagem pelos crimes de sequestro, cárcere privado, furto, roubo, corrupção de menores, tráfico de drogas, receptação e lesão corporal. 

Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e associação para o tráfico de drogas. Após a confecção dos autos, eles foram colocados à disposição da Justiça.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de MT lamenta morte do filho do governador de Goiás

Publicado

O Governo de Mato Grosso lamenta a morte de Ronaldo Gomes Caiado Filho, aos 40 anos, neste domingo (03.07). Ele é filho do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, e de Thelma Gomes, primeira esposa do gestor.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes expressaram profundo pesar pela perda de Caiado e Thelma.

“Não há dor maior para um pai e uma mãe que a perda de um filho. Nossos sentimentos de profundo pesar aos pais, familiares e amigos. Que Deus possa dar forças para que suportem esse momento tão difícil. Nossas orações estão com vocês”, lamentaram.

A causa da morte de Ronaldo Filho não foi divulgada.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana