conecte-se conosco


Mato Grosso

MT registra mais de 4,4 mil pontos de queimada e climatologista prevê um dos piores anos

Publicado

Por Luiz Gonzaga Neto, TV Centro América

O período de estiagem em Mato Grosso começa em junho e fica mais intenso entre os meses de julho e setembro.

Em 2019 o fogo chegou mais cedo no estado. O número de focos de incêndio é maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

São 4.431 queimadas registradas até o dia 3 de junho. Em 2018 foram 2.834 pontos, aumento de 56%.

Segundo o climatologista da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Rodrigo Marques, de janeiro a março deste ano choveu menos do que o esperado.

Mato Grosso faz parte da Amazônia Legal. O desmatamento nessa área aumentou 13,7% entre 2017 e 2018, chegando a 7,9 mil quilômetros quadrados destruídos.

O pesquisador diz que isso é natural, já que as áreas verdes estão acabando.

“Se você abre essas áreas e tira a vegetação, diminui a recarga dos aquíferos. Mesmo que chova a mesma quantidade, a água não fica. Ela escoa para o rio. Este ano tende a ser um dos piores anos que a gente já teve em relação a queimadas no Brasil”, afirmou.

O ranking dos municípios que mais registraram pontos de queimada em 2019 é liderado por Nova Maringá, que teve 292 pontos de queimada, seguido de Nova Ubiratã, com 210, Feliz Natal, com 187, Brasnorte, com 184, e Paranatinga, com 176. Todos estes municípios ficam na área da Amazônia Legal.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Menina desabafa com médicos e revela estupros do pai em MT

Publicado

por

Uma adolescente de 13 anos está acusando o próprio pai de estupro. A denúncia foi feita após ela desabafar com uma equipe médica durante consulta realizada na manhã de quarta-feira (13), em Cáceres (230 quilômetros de Cuiabá). 

Segundo informações, a mãe levou a filha para uma consulta no Posto Saúde da Família na zona rural de Cáceres depois que ela começou apresentar um comportamento diferente. 

Segundo a genitora, a menina estava triste e chorando bastante.

Durante o atendimento, a menor acabou confessando ao médico que vinha sofrendo crimes sexuais cometidos pelo pai. Ela relatou que os abusos ocorriam quando a mãe ainda era casada com ele.

O agressor dizia que a filha era bonita e que desejava ter relação sexual com ela. em um dos casos, tocou sua genitália e seu corpo, praticando o crime sexual. 

Diante dos fatos, Polícia Militar foi acionada até o posto e encaminhou a vítima e a mãe até a delegacia junto com uma equipe do Conselho Tutelar, que vai acompanha o caso junto a Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Traficantes são assassinados em residência em MT

Publicado

por

Um casal de traficante, de 23 e 24 anos, foi encontrado morto em uma residência no bairro Ribeirão Bonito, na cidade de Ribeirão Cascalheira ( a 734 km de Cuiabá). O caso aconteceu na quarta-feira (13).

Reprod

casal

As vítimas foram identificadas como Karina Fernandes Andrade e Alex Messias da Silva. Conforme o boletim de ocorrência, os agentes da Polícia Militar foram  informados de que no local havia ocorrido um duplo homicídio.

Ao chegarem no local, os agentes encontraram o casal já sem vida. Não foi informado a forma como as foram assassinadas. Ambos têm passagens criminais por tráfico de drogas.

Na casa foram encontradas dois tabletes de maconha, um de pasta base de cocaína além de um simulacro de arma de fogo. Uma equipe médica foi até o local e constatou o óbito das vítimas.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia. Nenhum suspeito de ter cometido o crime foi localizado até o momento e o caso está sendo investigado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana