conecte-se conosco


Economia

MT tem 1,4 mil vagas de emprego abertas

Publicado

FolhaMax

O Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT) está com 1.394 vagas de emprego abertas nesta terça-feira (18.06). As vagas estão distribuídas em diversas áreas em vários municípios do estado.

Em Cuiabá, ao todo, são 52 oportunidades, sendo 28 para o público em geral. As áreas são de garçom, pedreiro, auxiliar de cozinha, mecânico de manutenção de ar condicionado, cozinheiro em geral, técnico florestal, camareira de hotel, vaqueiro, encarregado de obras.

Para as pessoas com deficiência (PCD) que moram na capital, as 24 vagas são nas áreas de ajudante de motorista, auxiliar de linha de produção, empacotador a mão e promotor de vendas.

Interior

No interior de Mato Grosso, Sapezal, Lucas do Rio Verde e Sinop são os municípios que se destacam em vagas de emprego.

Sapezal (a 529 km de Cuiabá) conta com 369 oportunidades de trabalho. Somente no setor agrícola são 290 vagas como operador de máquina agrícola, operador de caldeira, operador de maquinas fixas, operador de motoniveladora, dentre outros.

No município de Lucas do Rio Verde (a 335 km de Cuiabá) são 169 vagas ofertadas. As áreas são de apanhador de cultura, operador de processo de produção, ajudante de cozinha, eletricista de instalações, assistente de vendas, copeiro de bar.

Já em Sinop (a 480 km de Cuiabá) são 85 vagas de emprego disponíveis nas áreas de motorista de ônibus rodoviário, motofretista, repositor em supermercado, vendedor pracista, operador de caixa, auxiliar de escritório, ajudante de vaqueiro.

Os interessados em fazer parte do banco de dados, podem comparecer aos postos de atendimento portando documentos pessoais, carteira de trabalho e comprovante de residência, facilitando os trâmites do atendimento.

Na região metropolitana, o horário de atendimento do Sine localizado no Ganha Tempo Ipiranga, do CPA I e do bairro Cristo Rei em Várzea Grande é das 08h às 18h de segunda a sexta-feira. Já no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping é das 10h às 18h. No portal Emprega Brasil é possível se informar sobre os serviços do Sine.

Comentários Facebook
publicidade

Economia

BB e agência francesa liberam 100 mi de euros para energia renovável

Publicado

Os desenvolvedores de energia renovável ganharão um incentivo para terem acesso a recursos. O Banco do Brasil (BB) e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) assinaram, nesta semana, um contrato para viabilizar a liberação de 100 milhões de euros em financiamentos para projetos no setor.

Segundo o Banco do Brasil, a parceria ajuda no cumprimento de metas da Agenda 2030, plano de ação global com 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e 169 metas de erradicação da pobreza.

O acordo permitirá que o BB expanda a oferta de empréstimo para projetos de energia renovável para as pessoas físicas e para as pessoas jurídicas na categoria varejo pelos próximos dez anos. A AFD também destinou 300 mil euros para financiar projetos de cooperação técnica.

O Banco do Brasil calcula que os 100 milhões de euros, que equivalem a R$ 555 milhões no câmbio atual, gere 3,1 mil empregos. Esse investimento, informa a instituição financeira, evitará a emissão de cerca de 113 mil toneladas de gás carbônico por ano.

Atualmente, o BB aplica cerca de R$ 300 bilhões em projetos de sustentabilidade ambiental e social. Em relação ao setor de energia renovável, o banco destina cerca de R$ 10 bilhões para essa finalidade e tem como meta emprestar R$ 15 bilhões até 2025.

Ampliação

A instituição pretende ampliar as parcerias com a AFD nos próximos anos. Em maio, durante o congresso Mercado Global de Carbono, o BB e a AFD firmaram um memorando de entendimentos que prevê novas oportunidades de financiamentos a estados e municípios.

As linhas de crédito para os governos locais se concentrarão em projetos de infraestrutura de saneamento, incluindo o tratamento de esgoto e resíduos sólidos, energia renovável e eficiência energética, transporte limpo, mobilidade urbana, transição da infraestrutura para cidades inteligentes e adaptação a mudanças climáticas, saúde e educação.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Economia

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

Receita alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Publicado

Cobrado sobre operações de crédito e de câmbio, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) está sendo usado por criminosos para enganar tomadores de empréstimos. A Receita Federal emitiu um alerta sobre estelionatários que se passam por supostas empresas para condicionar a liberação do crédito ao pagamento antecipado de IOF via Pix.

Segundo o Fisco, os fraudadores fornecem documentos falsos de notificação e de arrecadação que induzem o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro. A vítima repassa o suposto IOF por meio de transferências Pix para pessoas físicas.

Boleto usado no golpe condiciona transferência de empréstimo a pagamento adiantado de IOF por Pix Boleto usado no golpe condiciona transferência de empréstimo a pagamento adiantado de IOF por Pix

Boleto usado no golpe condiciona transferência de empréstimo a pagamento adiantado de IOF por Pix – Divulgação/Receita Federal

Em comunicado, a Receita Federal informa que jamais fornece dados para recolhimento de tributos ou de taxas via transferência. Segundo o órgão, os servidores do Fisco não prestam serviços de empréstimo à população nem entram em contato para cobrar pagamentos.

Embora alguns tributos possam ser pagos via Pix, a Receita esclarece que o IOF só pode ser quitado por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), pago pela instituição que concede o empréstimo, não pelo tomador. Caso desconfie ser vítima de um golpe, a Receita Federal orienta que o cidadão procure imediatamente a polícia, munido de todas as provas possíveis, e registre um boletim de ocorrência.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Economia

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana