conecte-se conosco


Policial

Operação mira combate à degradação ambiental em área de preservação no norte de MT

Publicado

A Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil de Mato Grosso, deflagrou nesta quinta-feira (02.06) na região norte do estado a Operação Pison com alvo no combate à degradação ambiental, poluição do solo, rios, desmatamento ilegal de área de preservação no bioma amazônico.

Ações de inteligência da Dema em parceria com a Delegacia de Polícia de Guarantã do Norte e Diretoria de Inteligência reuniram informações que levaram à deflagração da operação que apurou a atuação de pessoas que estariam degradando uma área de preservação permanente para extração ilegal de minérios no município de Nova Guarita.

As equipes policiais estão cumprindo quatro mandados de busca na operação que tem ações terrestres e marítimas, com a fiscalização de três balsas com uso de mergulhadores e balsas que destroem barrancos. As balsas reviram o cascalho, que é puxado do fundo de um córrego com mangueiras por meio de bombas de sucção para a superfície, e o material drenado é depositado nas margens do Córrego Batistão, o que acarreta danos ambientais como degradação do solo, da cobertura vegetal, assoreamento da margem do córrego, contaminação da água pelos produtos químicos jogados no córrego, desvio do leito do rio, além do desmatamento ilegal ocorrido nas propriedades que tem como finalidade a extração ilegal de minérios.

A Operação Pison conta com apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso, Delegacia de Guarantã do Norte, Gerência de Operações Especiais e Diretoria de Inteligência da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Perícia Oficial, além de parceiros do Ministério Público e do Judiciário Estadual.

A operação contam com 35 agentes de segurança pública, entre policiais civis, militares, rodoviários federal, agentes da Sema e perito oficial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicado

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicado

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana