conecte-se conosco


Policial

Operação Olho d’Água cumpre mandado em propriedade rural e apreende defensivos, arma e munições

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil apreendeu nesta terça-feira (04.05) 96 litros de defensivos agrícolas, arma e munições de diversos calibres em uma propriedade rural na MT-220, próxima ao município de Tabaporã, durante a Operação Olho d’Água, da Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop. Uma pessoa foi presa em flagrante por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, contrabando e crime ambiental.

A operação contou com apoio da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil e cumpriu ainda um mandado de busca e apreensão na propriedade.

De acordo com o delegado titular da Derf de Sinop, Ugo Reck Mendonça, a operação foi realizada na mesma propriedade alvo de outra investigação da Polícia Civil, em 2019, que apurou o furto de soja. Na ocasião, o proprietário da fazenda foi preso com maquinários agrícolas e veículos roubados e respondeu a inquérito policial pelos crimes praticados.

Com a denúncia de que na mesma propriedade havia movimentação suspeita, a Derf de Sinop iniciou as investigações e nesta terça-feira cumpriu o mandado de busca no local e apreendeu dezenas de galões com defensivos agrícolas na forma líquida, de diversas marcas, além de 25 pacotes de benzoato.

Os policiais civis localizaram os defensivos em diferentes pontos da propriedade, armazenados de forma irregular, o que caracteriza crime ambiental. Parte dos defensivos estava escondida em uma área de mata, outros galões dentro de um maquinário agrícola e dentro de um barracão de forma inapropriada.

No quarto da residência foram localizadas 85 munições de diversos calibres e uma espingarda calibre 12.

“É importante salientar que, além de todos defensivos terem sido apreendidos e estarem acondicionados de forma irregular, há crianças que circularam no local, ou seja, expostas ao perigo de contato com esse tipo de produto”, explicou o delegado.

Os defensivos apreendidos estavam sem nota fiscal e uma parte deles é de origem paraguaia.

Todo o material apreendido foi encaminhado para a DERF. O Suspeito de 43 anos foi autuado em flagrante por porte de arma de fogo com identificação adulterada, contrabando consumado e por abandonar substâncias tóxicas, perigosas ou nocivas à saúde humana ou ao meio ambiente e utilizadas em desacordo com as normas de segurança.

As investigações sobre o caso prosseguem para identificar se há outros envolvidos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil apreende armas de fogo e mais de 80 munições em chácara na zona rural de Cuiabá

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas armas de fogo e mais de 80 munições encontradas em uma propriedade em uma região de chácaras em Cuiabá foram apreendidas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), durante checagem de denúncia anônima realizada pela equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Com base na denúncia realizada via Ciosp que relatava a possível existência de armas e drogas escondidas em uma propriedade rural, os policiais da GCCO foram até o endereço indicado, na região de chácaras Bandeira II para verificação dos fatos.

Conforme as informações, o material ilícito ficava escondido no interior de tratar que ficava guardado em um barracão da propriedade. No local, os policiais foram recebidos pela esposa do caseiro que informou que nem o seu marido e nem o dono da propriedade estavam no local.

Durante as buscas, os policiais localizaram no interior do tratar mencionado, 84 munições, sendo 67 calibre 380, 10 calibre. 357 e sete calibre 38, todas intactas, além de uma tornozeleira eletrônica. Em continuidade as buscas, os policiais encontraram por baixo de alguns entulhos um caixa com uma pistola calibre 380 e três carregadores.

A tornozeleira eletrônica pertenceria ao caseiro que não foi localizado. Em buscas na residência do caseiro, foi encontrada mais duas espingardas, sendo uma delas de pressão e outra que não foi possível identificar o número de sério devido ao desgaste de arma.

O dono da propriedade chegou ao local, e em buscas na sua residência nada ilícito foi encontrado. Questionado, ele confirmou que a pistola era de sua propriedade porém estava registrada em nome de um amigo.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a GCCO, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo e munições.

O delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, destaca que a retirada de armas e munições de circulação foi possível graças ao trabalho de denúncia realizado pela sociedade. “A Polícia Civil demonstrou que está trabalhando e que conta com apoio da população, que através de denúncias pode ajudar ainda mais o combate à criminalidade”, disse o delegado.

Denúncias: 197 e (65) 98463-2655

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Homem que não aceitava término de relação é preso em flagrante por ameaças à vítima e sua família

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito fazer ameaças à mulher com quem tinha um relacionamento foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).

O suspeito foi autuado em flagrante em situação de violência doméstica e familiar, sendo representado pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, uma vez que havia vários elementos que apontavam a possibilidade de progressão criminosa.

A vítima compareceu a Delegacia de Mulher de Várzea Grande, na manhã desta quinta-feira (06.05), relatando que teve um relacionamento extraconjugal com o suspeito por seis anos e havia rompido com ele em janeiro deste ano. Segundo a comunicante, ele não aceitava o término da relação e continuava a procurá-la para manter os encontros.

Em relação aos fatos ocorridos nesta data, a vítima relatou que estava em uma farmácia na companhia do seu esposo quando o suspeito bateu na janela do carro, abriu a porta e iniciou uma discussão a três, ocasião em que a ameaçou de morte e externou ameaças contra toda a sua família.

Após os fatos, a vítima e o esposo foram até o local de trabalho do filho onde novamente o suspeito apareceu e efetivou ameaças de morte contra todos. Com base nas informações passadas pela vítima e demonstração de que está em sofrimento psíquico intenso com as condutas do suspeito, a equipe da DEDMCI foi até o local em que ele estava e realizou a sua prisão em flagrante.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Mulher, onde após ser interrogado pela delegada Mariell Antonini Dias foi autuado em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ao final, a delegada representou pela conversão do flagrante em preventiva.

“Ao preenchermos o formulário nacional de avaliação de risco verificamos que estão presentes várias situações potencializadoras do risco, podendo haver progressão criminosa subsidiariamente, solicitamos a aplicação de medida cautelar diversa da prisão consistente em monitoração eletrônica, para que não se aproxime da vítima ou de qualquer familiar dela”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana