conecte-se conosco


Policial

Operação Salutem no Araguaia é concluída com a prisão de 111 pessoas

Publicado

Gazeta Digital

Uma ação policial deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) na região do Araguaia prendeu 111 autores de delitos criminais. Deste total, 39 foram em flagrante. A “Operação Salutem” foi realizada nas Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) dos municípios de Barra do Garças, Água Boa e Vila Rica, contemplando outros 20 municípios.

A operação começou no dia 2 de junho e terminou no dia 14 do mesmo mês. A última região a receber a ação foi a de Vila Rica (1.268 Km ao leste de Cuiabá). Neste período foram empregados mais de 730 profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec e Detran, e a atuação de equipes da Secretaria de Fazenda (Sefaz), Polícia Rodoviária Federal e o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT).

Ao todo, 2.525 pessoas e 1.599 veículos foram abordados e 11 armas de fogo apreendidas. A ação tem como foco o combate a crimes a exemplo, de roubo e furto de veículos e de cargas, nas regiões próximas a rodovias federais.

“Nestes dias de operação houve esforço e empenho de todas as unidades envolvidas e o resultado vemos no balanço desta ação. Nosso objetivo é continuar promovendo ações integradas em todo Estado”, argumenta o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes.

Dentre os municípios em que ocorreram as ações repressivas estão Barra do Garças, Araguaiana, General Carneiro, Novo São Joaquim, Ribeirãozinho, Pontal do Araguaia, Torixoréu, Água boa, Nova Xavantina, Querência, Campinápolis, Cocalinho, Nova Nazaré, Canarana, Ribeirão Cascalheira, Serra Nova Dourada, Bom Jesus do Araguaia, Barra do Garças e Pontal do Araguaia e Vila Rica.

A primeira edição da Salutem foi deflagrada nos municípios de Cuiabá e Várzea Grande e terminou com 15 autores de delitos criminais presos. A operação visa promover a prevenção e repressão imediata a adulterações de sinais de identificação veicular, tráfico de entorpecentes, transporte irregular de cargas, porte ilegal de arma de fogo, descumprimento de medidas sanitárias, entre outros.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Idoso condenado a 14 anos por estupro é preso em Nova Mutum

Publicado

Mais um foragido da Justiça pelo crime de estupro, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (28.06), em Nova Mutum, região norte do Estado, durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O foragido, de 60 anos, teve o mandado de prisão decretado pelo Poder Judiciário, após ser condenado a 14 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, pelo crime de estupro.

Diante da ordem judicial, os policiais civis da Derf realizaram diligências e localizaram o condenado nas proximidades de um frigorífico em Nova Mutum.

Após cumprimento do mandado, o idoso foi conduzido para as providências cabíveis, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito que agrediu e roubou idoso em Santa Terezinha é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um idoso de 67 anos, trabalhador de uma fazenda no município de Santa Terezinha, foi brutalmente agredido durante um roubo ocorrido na noite do último domingo. Um suspeito do crime, de 37 anos, foi preso em flagrante e outro é procurado pela Polícia Civil.

A vítima foi encaminhada ao hospital de Santa Terezinha na madrugada de segunda-feira, após ser encontrado, desacordado, em uma estrada do município.

O idoso apresentava diversas lesões na cabeça, rosto e pelo restante do corpo. Ele declarou aos policiais que estava na beira do rio bebendo com um colega de trabalho e depois ficou sozinho no local. Por volta das 22h, pegou uma carona para ir embora e na estrada, o condutor parou a motocicleta e perguntou à vítima pelo dinheiro. O idoso respondeu que não tinha e o suspeito começou a bater na vítima até que ela desmaiasse. A vítima desclarou que não conhece o suspeito e que foi levado dele um valor em dinheiro.

Após diligências, a equipe da Delegacia de Santa Terezinha identificiou dois envolvidos no roubo ao idoso. Um deles, de 37 anos, foi preso em flagrante.

O delegado Diogo Jobane representou pela prisão preventiva do outro suspeito. A equipe policial está em buscas pelo paradeiro do segundo suspeito do roubo.

O outro suspeito, de 44 anos, tem registros criminais em três estados. No Pará ele responde por um homicídio ocorrido em 2001 e a quatro inquéritos por furtos ocorridos no Tocantins.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana