conecte-se conosco


Cuiabá

“Pensei estar em um hospital privado”, conta eletricista que sofreu queimaduras de 2º e 3º graus e recebeu cuidados no HMC

Publicado

“Pensei estar em um hospital privado”, essas foram as palavras do eletricista Jorge Luiz Ribeiro, 39 anos, em referência ao Hospital Municipal de Cuiabá e Pronto Socorro “Dr. Leony Palma de Carvalho” – HMC. Ele ficou surpreso com o atendimento recebido durante os 22 dias que permaneceu internado, no Centro de Tratamento de Queimados – CTQ, que funciona na unidade hospitalar.

Jorge é morador do município de Chapada dos Guimarães (distante a 66 km de Cuiabá). Ele trabalha de maneira autônoma como eletricista.  No dia do acidente ele realizava a troca do transformador de energia, localizado em uma chácara particular. “Ao colocar o alicate no fio, sofri a descarga elétrica e fiquei com queimaduras”, explicou Jorge. “Eu sempre confiro se está desligada a energia, mas neste dia eu esqueci”, lamentou. 

Segundo ele, no momento do choque, ele não sentiu muita dor e pensou se tratar de um choque leve. “Peguei minha motocicleta e fui para casa, quando tirei a camisa a minha pele das costas saiu, foi nessa hora que eu senti muita dor e percebi a gravidade”, revelou o eletricista.

O primeiro atendimento foi na Unidade de Pronto Atendimento – UPA do município de Chapada dos Guimarães, mas diante da gravidade ele foi levado de ambulância para o HMC, para se tratar no Centro de Tratamento de Queimados – CTQ, referência no estado de Mato Grosso.

Segundo médico e diretor-técnico do HMC, Vinícius Gatto, o eletricista sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus no braço direito, braço esquerdo e nas costas. “Ele recebeu tratamento adequado e específico no CTQ. Passou diariamente por higienização e curativos no local da queimadura, além das medicações. Foi necessário, ainda, procedimento cirúrgico de enxerto no braço com a equipe médica de cirurgiões plásticos”, informou.   

“Não sei o que seria de mim se não tivesse recebido esse cuidado. Fui super bem atendido, até mesmo na hora da higienização, que dói mais, as enfermeiras e técnicas em enfermagem foram cuidadosas para amenizar a minha dor. Elas brincavam comigo para me distrair. Os médicos são ótimos e dão muita atenção”, enfocou o eletricista. 

Durante o período de internação, Jorge conta que o pai morreu. “Até para informar sobre o falecimento do meu pai foi com carinho. A psicóloga veio e conversou comigo. Agradeço todos os profissionais que me atenderam. Não tenho do que reclamar. Todos foram bacanas comigo”, destacou.

No dia 27/07, Jorge recebeu alta médica. “Saio daqui feliz e com esperança de não ficar com sequelas. Já recuperei o movimento do meu braço. A fisioterapeuta do HMC me ajudou muito. Não sinto mais dor. Meu sentimento é de gratidão a todos. Aos médicos maravilhosos. As enfermeiras que no início, quando não conseguia mexer o braço, me alimentaram e ministraram a medicação na hora certa. A nutricionista pela boa alimentação. E por essa estrutura maravilhosa com quarto espaçoso e bem ventilado. Nunca faltaram medicamentos para o meu tratamento, acredito que aqui é padrão de hospital particular. Minha nota é 10”, enfatizou Jorge.

Paulo Rós, diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, responsável pela administração do HMC, informou que neste primeiro semestre de 2022 o CTQ atendeu 80 pacientes vítimas de queimaduras. “O CTQ é referência em Mato Grosso, extremamente fundamental na assistência de pacientes de todo o estado”, ressaltou.

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que a sua gestão revolucionou o CTQ. “Mudamos o setor para o HMC, o maior hospital do estado de Mato Grosso. Investimos muito para estruturar adequadamente o CTQ, além da ampliação do número de profissionais. Todo o investimento é para cuidar da nossa gente que tanto merece atendimento digno e humanizado”, enfocou. 

CTQ 

O Centro de Tratamento de Queimados do HMC conta com equipe multidisciplinar para oferecer o tratamento mais completo aos seus usuários. São técnicos de enfermagem, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e cirurgiões plásticos. A unidade conta com uma infraestrutura moderna e equipamentos de ponta, como câmara hiperbárica (que ajuda no processo de oxigenação dos tecidos do corpo, favorecendo a granulação e cicatrização) e dermátomos elétricos, equipamentos utilizados para corte no transplante de pele.  

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Limpurb reforça trabalho preventivo de limpeza de córregos antes do início do período chuvoso

Publicado

A Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) reforçou o trabalho de limpeza e desobstrução de córregos. A medida foi determinada pelo prefeito Emanuel Pinheiro e tem como objetivo atuar de maneira preventiva antes do início do período de intensas chuvas que, comumente, ocorre a partir do mês de setembro.

Além de maquinários como caminhões e escavadeira, a ação conta também com o apoio de uma equipe de trabalho manual formada por cerca de 20 servidores. Neste momento, o bairro Três Barras, situado na região Norte, é o beneficiado com a operação que será levada para todos os córregos existentes em Cuiabá.

Neste período, de acordo com monitoramento da Limpurb, mais de 70 caminhões de lixo já foram retirados das margens e do leito do córrego que passa por todo o bairro. Conforme o planejamento, o trabalho continuará em execução no Três Barras, até que os quase dois quilômetros de extensão do córrego sejam alcançados.

“Essa é mais uma operação liderada por nosso diretor-geral Júnior Leite, que vai ajudar a prevenir e melhorar a vida de milhares de moradores. A Limpurb faz esse trabalho de forma contínua e, agora, ele foi fortalecido, antecipando as chuvas fortes e diminuindo as chances de alagamento”, explica o adjunto de Serviços Urbanos, Anderson Matos.

O presidente da Associação de Moradores do Três Barras, José Advair “Bolo”, afirmou estar muito grato por mais um serviço que é levado pela gestão Emanuel Pinheiro para a comunidade. Ele também pede o apoio da população para manter o córrego desobstruído, assegurando as condições ideais para o fluxo da água.

“Infelizmente, no último período chuvoso, alguns moradores foram atingidos por alagamento e queremos evitar que isso volte a ocorrer. Para isso, buscamos o apoio da Limpurb para realizar essa limpeza. Mas, é preciso que a população, igualmente, faça sua parte e não jogue lixo no local”, destacou o presidente.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Projeto Geladeira Solidária completa um ano atendendo mais de 500 famílias em situação de vulnerabilidade

Publicado

O projeto ‘Geladeira Solidária’, coordenado pela Associação do Mercado do Porto em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico e o Grupo Solar, completa um ano de realização. Para celebrar, será realizada nesta sexta-feira (12) a solenidade de entrega das moções de agradecimento aos parceiros e colaboradores do projeto. O evento ocorre a partir das 9h30, no pátio do Mercado do Porto.

A ação consiste na arrecadação de alimentos perecíveis e não perecíveis dos 160 permissionários e parceiros que todos os dias entregam os produtos que não podem mais ser vendidos nas bancas, mas que estão em perfeitas condições de uso, para que sejam doados para famílias em situação de vulnerabilidade social.

O presidente da Associação do Mercado do Porto, Jorge Antônio Lemos Júnior, destaca que ao longo de um ano foram realizados mais de 7 mil atendimentos, com aproximadamente 35 toneladas de alimentos doados para 580 famílias cadastradas no projeto.

“Nós já realizamos mais de 7 mil atendimentos durante esse um ano de projeto e o número de pessoas que nos procuram para receber a ajuda tem aumentado. Para conseguir a doação, basta comparecer no Mercado do Porto das 7h às 8h, de terça a sábado, fazer um cadastro socioeconômico informando quantas pessoas moram na casa, comprovante de residência e documentação, e já pode marcar o dia para retirar as frutas e verduras aqui no Mercado. O que nos deixa muito feliz com esse projeto é destinar essa verdura que não está em condição de venda, mas que ainda está boa para consumo para quem realmente precisa”, disse.

“A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Agricultura Trabalho e Desenvolvimento Econômico tem a satisfação de ser parceira do projeto Geladeira Solidária, porque a gestão humanizada do prefeito Emanuel Pinheiro tem como uma das premissas a articulação de ações que amparem o maior número de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Um projeto como esse tem grande valor, principalmente, para aqueles que mais precisam”, finaliza o secretário Francisco Vuolo.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana