conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil esclarece homícidio ocorrido em penitenciária e identifica autores

Publicado

Um homicídio ocorrido no interior da Penitenciária Major Eldo de Sá Correa, conhecida como “Mata Grande” em Rondonópolis, foi esclarecido pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) do município.

Dois detentos autores do crime, ambos com extensa ficha criminal, tiveram os mandados de prisões preventivas decretados pela Justiça e cumpridos pelos policiais civis da DHPP.

No dia 11 de maio a Polícia Civil foi acionada após o reeducando Ronair Alves de Oliveira, 20 anos, ser localizado sem vida dentro de uma das celas da unidade prisional, pendurado na grade e com um lençol enrolado no pescoço.

Já no início das verificações preliminares a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), descartou a prática de suicídio, razão pela qual a ocorrência passou a ser tratada como homicídio.

Na ocasião todos os detentos que estavam na mesma cela da vítima foram encaminhados até a DHPP, para serem ouvidos e, após oitivas, apurou-se que dois deles foram responsáveis por levar a vítima até o banheiro da cela e lá a executaram asfixiada.

Durante as diligências foi identificado que os autores integram uma organização criminosa e executaram Ronair Alves de Oliveira, por motivos de vingança, pois ele matou a sogra na cidade de Poxoréu, no dia 08 de maio, e deu entrada na Mara Grande na tarde anterior do crime, 10 de maio.

Conforme os delegados que coordenaram as investigações, Karla Cristina Peixoto Ferraz e João Paulo Praisner, os autores tiveram as prisões preventivas decretadas e foram indiciados por homicídio triplamente qualificado, integrar organização criminosa e fraude processual, haja vista que tentaram inovar artificiosamente o local do crime a fim de parecer que a vítima havia se suicidado.

“Um dos autores de 19 anos possui condenações pelos delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. O segundo envolvido, de 23 anos, encontra-se preso pela prática de homicídio triplamente qualificado praticado no município de Juscimeira. Ou seja, não há dúvidas que são indivíduos de alta periculosidade”, destacou o delegado João Paulo Praisner.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Suspeito de abuso sexual contra enteada é preso em Sorriso pela Polícia Civil

Publicado

Um suspeito de cometer estupro contra a enteada teve a prisão cumprida pela Polícia Civil, nesta terça-feira (28), em Sorriso, na região norte do estado.

O Núcleo de Violência Doméstica e Crimes Sexuais da Delegacia de Sorriso cumpriu o mandado contra o homem de 42 anos. A prisão foi decretada pelo juízo da 2° Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

Ele é investigado por estupro de vulnerável cometido contra a enteada. De acordo com a investigação, ele aproveitava a ausência da a esposa, mãe da vítima, para praticar os abusos sexuais.

O investigado responde ainda por um processo criminal de homicídio praticado no ano passado. Ele foi conduzido à unidade policial e depois encaminhado para o Centro de Ressocialização de Sorriso.
 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Foragido de SP é localizado pela Polícia Civil em Primavera do Leste

Publicado

A equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Primavera do leste prendeu nesta terça-feira (28) um foragido da Justiça de São Paulo, após receber informações de que o procurado estava escondido na cidade do leste do estado.

O foragido, de 36 anos, estava com a prisão definitiva decretada pelo crime de furto qualificado. Ele foi condenado a três anos e dois meses para cumprimento da pena em regime semiaberto, contudo, fugiu de São Paulo.

Após a execução do mandado, ele foi encaminhado para realização de exame de corpo de delito e em seguida foi para a unidade prisional de Primavera do Leste, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana