conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homem por agredir esposa gestante e enteada menor de idade em Lucas do Rio Verde

Publicado

A Polícia Civil do município de Lucas do Rio Verde, região norte do Estado, prendeu em flagrante na tarde de sábado (21.05), um homem por agredir gravemente a companheira e a enteada menor de idade.

O suspeito de 33 anos foi autuado pelos crimes de lesão corporal e ameaça no âmbito da lei de violência doméstica e familiar, em concurso material, por duas vezes.

As diligências iniciaram logo após a Delegacia de Lucas do Rio Verde, ser acionada pelo Hospital São Lucas sobre duas pessoas, mãe e filha, que haviam dado entrada na unidade com graves lesões corporais. 

No hospital foi informado que o autor das agressões era o companheiro da mulher que está gestante. Conforme apurado, além da esposa de 31 anos, o suspeito também agrediu a enteada de 12 anos, a qual apresentava machucados pelo corpo.

A mulher em fase de gestação ficou gravemente lesionada, bem como apresentava dores na região do ventre, razão pela qual a vítima permaneceu internada para acompanhamento médico.

A adolescente contou que foi agredida pelo padrasto com vários socos no rosto e corpo. Na ocasião, ela contou que desde quando o suspeito foi morar com a família no ano de 2020, tanto ela quanto sua irmã de 11 anos, vinham sofrendo abusos sexuais praticados pelo companheiro da mãe.

Diante do ocorrido, os investigadores passaram a diligenciar para localizar o agressor, que foi abordado no bairro Jardim Imperial.

Em seguida ele foi conduzido até a Delegacia de Lucas do Rio Verde, interrogado pelo delegado plantonista João Antônio Torres, e preso pelos crimes de violência doméstica e familiar, de lesão corporal e ameaça. 

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar os possíveis crimes de estupro de vulnerável cometidos pelo agressor, em desfavor das duas enteadas menores de idade.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Idoso condenado a 14 anos por estupro é preso em Nova Mutum

Publicado

Mais um foragido da Justiça pelo crime de estupro, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (28.06), em Nova Mutum, região norte do Estado, durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

O foragido, de 60 anos, teve o mandado de prisão decretado pelo Poder Judiciário, após ser condenado a 14 anos de reclusão em regime inicialmente fechado, pelo crime de estupro.

Diante da ordem judicial, os policiais civis da Derf realizaram diligências e localizaram o condenado nas proximidades de um frigorífico em Nova Mutum.

Após cumprimento do mandado, o idoso foi conduzido para as providências cabíveis, ficando à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito que agrediu e roubou idoso em Santa Terezinha é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um idoso de 67 anos, trabalhador de uma fazenda no município de Santa Terezinha, foi brutalmente agredido durante um roubo ocorrido na noite do último domingo. Um suspeito do crime, de 37 anos, foi preso em flagrante e outro é procurado pela Polícia Civil.

A vítima foi encaminhada ao hospital de Santa Terezinha na madrugada de segunda-feira, após ser encontrado, desacordado, em uma estrada do município.

O idoso apresentava diversas lesões na cabeça, rosto e pelo restante do corpo. Ele declarou aos policiais que estava na beira do rio bebendo com um colega de trabalho e depois ficou sozinho no local. Por volta das 22h, pegou uma carona para ir embora e na estrada, o condutor parou a motocicleta e perguntou à vítima pelo dinheiro. O idoso respondeu que não tinha e o suspeito começou a bater na vítima até que ela desmaiasse. A vítima desclarou que não conhece o suspeito e que foi levado dele um valor em dinheiro.

Após diligências, a equipe da Delegacia de Santa Terezinha identificiou dois envolvidos no roubo ao idoso. Um deles, de 37 anos, foi preso em flagrante.

O delegado Diogo Jobane representou pela prisão preventiva do outro suspeito. A equipe policial está em buscas pelo paradeiro do segundo suspeito do roubo.

O outro suspeito, de 44 anos, tem registros criminais em três estados. No Pará ele responde por um homicídio ocorrido em 2001 e a quatro inquéritos por furtos ocorridos no Tocantins.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana