conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Civil recebe 2 mil cestas básicas para distribuir a famílias em situação de vulnerabilidade social

Publicado


A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária, recebeu 2 mil kits com alimentos básicos e produtos de higiene e limpeza, do programa “Vem ser Mais Solidário” coordenado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

A retirada das cestas básicas ocorreu na manhã desta quarta-feira (24.11), na Arena Pantanal, em Cuiabá, e faz parte do lançamento da campanha institucional “Natal Solidário PJC 2021”, promovida em parceria com a Diretoria do Interior. 

Os alimentos não perecíveis serão entregues pela Polícia Civil a famílias em situação de vulnerabilidade social dos 141 municípios de Mato Grosso, proporcionando assim um natal mais feliz e fraterno.

Cada cesta é composta por arroz, feijão, óleo, macarrão, café, açúcar, sal, sardinha, farinha de trigo, extrato de tomate, além de kit de limpeza e de higiene pessoal, com sabonete, água sanitária, detergente líquido e sabão em barra.

Foram entregues 140 kits para cada uma das treze Delegacias Regionais do interior: Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Guarantã do Norte, Juína, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Tangará da Serra.

Os kits das Delegacias Regionais de Cuiabá e Várzea Grande serão distribuídos pela equipe da Coordenadoria de Polícia Comunitária na região metropolitana, durante a ação simultânea que ocorrerá no dia 17 de dezembro.

Além das cestas repassadas pela Unidade de Ações Sociais e Atenção a Família (UNAF), as Delegacias Regionais também estão promovendo nas respectivas unidades arrecadações de alimentos, roupas e brinquedos que contribuirão com a campanha “Natal Solidário PJC 2021”.

Conforme o coordenador de Polícia Comunitária, Jefferson Dias Chaves, este ano a Polícia Civil fará a campanha de natal de forma integrada, trabalhando com um único objetivo de atender o maior número possível de famílias. 

“É uma forma de unirmos mais uma vez para uma missão tão nobre, que é levar um pouco de alento para as famílias que não tem sequer o que comer. É fundamental essa parceria com a Setasc que nos dá esse incentivo, para que cada regional retorne para sua unidade, e aumente mais ainda essa colaboração para nossa campanha solidária”, finalizou o delegado.

A assessora da primeira-dama, professora Julieta Domingues, falou sobre a importância da adesão da Polícia Civil ao trabalho social coordenado por Virgínia Mendes, que tem como princípio fazer com que nenhuma família sinta a dor da fome.

“Esta é a segunda etapa dessa parceria que somente fortalece e estreita os laços com a Polícia Civil. Há alguns meses já houve a primeira entrega de alimentos, e agora é segundo momento de grande porte, onde estão sendo encaminhadas para os treze polos, 2 mil kits destinados às famílias mais vulneráveis, e que precisam do olhar e da força da mão do estado”, destacou a professora.

Julieta agradeceu a Polícia Civil pelo empenho na campanha solidária. “A Polícia Civil é nossa parceira, a qual precisamos do apoio e queremos sempre por perto”. 

Após percorrer mais de 700 quilômetros para chegar na Capital, a investigadora Rayd Wassem Osti, da Regional de Guarantã do Norte, descreveu a satisfação em buscar as cestas básicas e poder levar para as pessoas mais necessitadas de sua região. “Meu sentimento de resume em gratidão. É maravilhoso poder carregar esperança em forma de alimento e principalmente ajudar aqueles que realmente precisam e passam por necessidades”, disse a policial civil.

Parceria

O Governo do Estado, por meio da primeira-dama Virginia Mendes, é a idealizadora da ação social que tem como objetivo amenizar o sofrimento das pessoas em situação de vulnerabilidade, bem como ajudar famílias mato-grossenses que foram fragilizadas e atingidas pela pandemia.

A distribuição dos alimentos nos municípios está sob a responsabilidade das Secretarias Municipais de Assistência Social e orientação e monitoramento da Setasc. As famílias beneficiadas são cadastradas no Cadastro Único dos Programas Sociais.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

A partir de janeiro, ICMS da energia elétrica será de 17%; conta de luz pode ficar até 12% mais barata

Publicado


A cobrança da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da energia elétrica deixa de ser 25% e 27% e passa a ser de 17% em Mato Grosso, a partir de janeiro de 2022. A Lei 708/2021, do maior pacote de redução de impostos do país foi sancionada pelo governador Mauro Mendes, nesta terça-feira (07.12).

O impacto dessa redução poderá significar contas de luz até 12% mais baratas. Isso porque, a carga tributária do imposto, será de R$ 36,50 no consumo de 400 kWh e de até R$ 117 no consumo de 1000 kWh. Um corte de 39% e 45% no ICMS, respectivamente.

O presidente do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás no Estado de Mato Grosso (Sindenergia), Tiago Vianna de Arruda, afirmou que o pacote de redução de impostos sancionado pelo governador Mauro Mendes vai trazer justiça econômica para a sociedade.

A avaliação de Vianna passa pelo impacto que a medida irá produzir no setor da energia elétrica. No total, com a lei, o Governo de Mato Grosso deve deixar de arrecadar cerca de R$ 1,2 bilhão por ano, valor que permanece no bolso dos contribuintes, aliviando o orçamento doméstico de milhares de pessoas e também de empresas.

“Essa medida chega em boa hora, no momento em que os brasileiros mais estão precisando, trazendo liquidez tributária para toda a população. E é importante frisar que dos R$ 1,2 bilhão de redução que está previsto, R$ 732 milhões são referentes ao ICMS da energia elétrica. Ou seja, 60% do pacote de redução de impostos do Governo de Mato Grosso está circunscrito à taxa de ICMS sobre a energia. Isso é muito importante porque a energia elétrica é um insumo caro, que está presente na vida de todo mundo – seja na nossa residência, no comércio, na indústria -, então qualquer redução de imposto nesse sentido vai incentivar e tornar a nossa economia mais justa para todo mundo”, avaliou Tiago Vianna.

A redução significativa também vai ser sentida nos setores da comunicação, do gás industrial e dos combustíveis.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Cantor e compositor Éden Costa lança álbum inédito e realiza workshop de produção musical

Publicado


Ocorre nesta quinta e sexta-feira (09 e 10.12) o I Workshop de Produção Musical de Poxoréu, com os mediadores Éden Costa e Gigio Keyboards. O evento será transmitido pelo Facebook, a partir das 15h. A ação integra o projeto Composições da Vida, selecionado pelo edital MT Nascentes, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Além dos workshops o projeto contempla o lançamento do disco “Composições da Vida”, com 11 canções inéditas do cantor e compositor Éden Costa. O evento será no domingo (12.12), às 19h, pelo Facebook, e contará com a participação dos artistas Pamella Viola e Karoline, Gabriel Noleto e Roger Marcelo, Mylene e Willian Xavier, Paulo Sérgio, Wagner Souza, e o grupo de catira Os Diamantes.

Natural de Poxoréu (MT), Éden idealizou diversas ações culturais em Mato Grosso. O seu primeiro disco é dedicado aos pais Darcy Barbosa e Zilda Costa de Lima. “Algumas canções foram compostas em 2014 e uma boa parte foi feita já no isolamento da pandemia. Fico muito feliz e realizado por começar a minha carreira musical ao lado de tanta gente boa e talentosa. Grandes amigos da música, que o público vai gostar muito”, afirma Éden Costa.

Serviço

Projeto “Composições da Vida”

Workshop de Produção Musical: dias 09 e 10 de dezembro de 2021, às 15h

Lançamento do disco Composições da Vida: 12 de dezembro de 2021 (domingo), às 19h

Transmissão pelo Facebook Composições da Vida

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana