conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil recupera valores de duas vítimas de golpes cometidos por meios eletrônicos

Publicado

Em mais dois crimes de golpes pela internet, a Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI) em apoio às outras unidades, recuperou nesta quinta-feira (02.06), parte dos valores subtraídos das vítimas.

Na primeira ação foram recuperados R$ 4,5 mil de uma vítima de 40 anos, que registrou a ocorrência nesta quinta-feira (02). A comunicante informou que recebeu mensagem via WhatsApp, do proprietário da casa com quem está negociando a compra de um imóvel.

A mensagem solicitava para a vítima fazer o pagamento do montante combinado para três contas bancárias de diferentes bancos e diferentes titularidades, indicadas pelo golpista, e então a vítima realizou as transferências

Algumas horas depois a comunicante entrou em contato com o proprietário da residência, o qual afirmou que não havia solicitado nenhum pagamento. Foi quando ela percebeu que havia caído em um golpe de estelionato.

Diante dos fatos o Núcleo de Inteligência (NI) da Delegacia Regional de Rondonópolis, solicitou apoio a DRCI que por meio de parceria com os setores antifraude das instituições bancárias, foi possível bloquear a quantia de R$ 4,5 mil subtraídos da vítima.

GOLPE DE VENDA DE VEÍCULO

Na segunda ação a DRCI foi acionada pela Delegacia de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá), nesta quinta-feira (02.06), para dar apoio nas investigações de um crime de estelionato praticados por meio eletrônico.

A vítima de 63 anos informou que após ver um anúncio pela rede social do Facebook, da venda de uma motocicleta pelo R$ 15 mil, ficou interessado na compra e passou a conversar com o suposto vendedor.

Durante a conversa o vendedor informou o número do celular e ambos passaram a acertar o negócio. A vítima chegou a olhar a moto, sendo acordado que ambos iriam ao cartório fazer a transferência veicular.

Em seguida a vítima efetuou o pagamento via PIX do valor de R$ 14,5 mil, e somente depois percebeu que era um golpe. O verdadeiro dono da moto confirmou que realmente anunciou a venda no Facebook, mas pelo valor de R$ 21 mil.

A DRCI junto com o setor de antifraude conseguiu bloquear a quantia de R$ 7 mil subtraídos dessa vítima.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Dois homens com mandado de prisão em aberto são detidos na BR 364

Publicado

No dia de ontem (11), a Polícia Rodoviária Federal realizou a detenção de dois indivíduos foragidos da justiça.

A primeira ocorrência aconteceu no município de Santo Antônio de Leverger, quando um veículo foi parado para fiscalização. Ao ser feita as verificações da documentação do veículo e do condutor, constatou-se que havia um mandado de prisão em aberto para o homem pelos crimes de furto, associação criminosa, estelionato e lavagem de dinheiro.

Para o veículo também constava um mandado de busca e apreensão.

A outra ocorrência aconteceu no município de Cuiabá, quando uma equipe policial abordou um homem que transitava na rodovia.

O homem era foragido da justiça pelo crime de estupro de vulnerável. Ao saber que seria detido o indivíduo empreendeu fuga para matagal próximo ao local de abordagem, foi realizada uma busca no local, vindo a ser encontrando escondido na mata.

Diante dos fatos, os dois homens foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Maconha é apreendida na BR 364 em Rondonópolis

Publicado

Na tarde de ontem (09), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 kg de maconha em um ônibus.

A ocorrência aconteceu na BR 364, município de Rondonópolis, quando um ônibus foi parado para fiscalização.

Durante a verificação dos passageiros, uma mulher apresentou bastante inquietação e nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem, o que gerou suspeita por parte da equipe policial.

Indagada se possuía bagagens, informou que não possuía, porém estava em posse de tickets de bagagem despachada. Com isso, foi realizada uma busca com o cão de faro no compartimento externo, o qual indicou presença de ilícitos ao farejar duas malas.

Ao verificar a identificação das bagagens, constatou-se que a numeração dos tickets eram iguais às da passageira que tinha sido fiscalizada inicialmente.

Em virtude disso, os policiais abriram as malas pertencentes à passageira e encontraram a quantidade de 38 tabletes de droga, pesando um total de 30 kg de maconha.

Perguntada sobre o ilícito, a mulher afirmou ter pego em Foz do Iguaçu e entregaria na cidade de Rio branco/AC.

Diante dos fatos, a passageira foi detida, a princípio, pelo crime de tráfico e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana