conecte-se conosco


Policial

Policiais civis prendem dois homens por violência doméstica e familiar em Porto Alegre do Norte

Publicado

Dois homens acusados de agredir as ex-companheiras no final de semana, foram presos pela Polícia Civil, no município de Porto Alegre do Norte (1.125 km a nordeste de Cuiabá), durante atendimento duas ocorrências policiais.

Na madrugada de sábado (04.06) a primeira vítima de 43 anos acionou a Delegacia de Polícia pelo celular da equipe de plantão, pedindo socorro pois o seu ex-companheiro havia pulado o muro da residência e estava batendo na porta e janelas querendo invadir. 

Ocorre que o suspeito de 43 anos estava com raiva e ameaçando a ex-mulher de morte, pois no dia anterior, sexta-feira (03), ela havia registrado boletim de ocorrência de violência doméstica e familiar.

Diante dos fatos os policiais civis foram até a casa da vítima, e encontraram o suspeito pelo lado de dentro do muro da casa visivelmente embriagado. O homem foi detido e encaminhado para Delegacia de Polícia.

O conduzido foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da Lei Maria da Penha. A mulher também foi ouvida e representou criminal pelo crime de ameaça em desfavor do preso.

OUTRA PRISÃO

No final da tarde de sábado (04.06), os policiais civis de Porto Alegre do Norte foram acionados pela vítima de 34 anos, a qual relatou que foi procurar o ex-marido para confirmar se ele iria mesmo cuidar da filha do casal.

Conforme narrativa da mulher, o suspeito de 48 anos disse a ela que não cuidaria da filha, bem como a criança poderia ser jogada na represa que o mesmo não se importaria.

Em seguida ele passou a ofender a ex-mulher e a agrediu fisicamente com socos, empurrões, além de ameaçar de morte. A irmã do suspeito foi quem chegou no local e interveio para cessar a violência.

Diante dos fatos a equipe localizou o suspeito, que foi conduzido para esclarecimentos. No interrogatório o suspeito negou a versão apresentada pela vítima. Ele foi autuado em flagrante por ameaça e lesão corporal, bem como a vítima representou pelas medidas protetivas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil cumpre prisão contra autor de roubo de celulares em Nova Mutum

Publicado

Um jovem investigado pela prática de roubo a uma loja de aparelhos celulares em Nova Mutum (264 km ao norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (27.06), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf).

O suspeito de 19 anos teve a prisão preventiva expedida pela 3ª Vara Criminal da Comarca local, após ser identificado nas diligências da Derf para apurar o crime, ocorrido em um estabelecimento comercial, no dia 9 de junho.

Diante do mandado em aberto, os policiais civis localizaram o procurado em uma residência no bairro Residencial Santa Terezinha.

Em cumprimento a ordem judicial, ele foi conduzido pelos investigadores para a Derf de Nova Mutum. Após as providências cabíveis, o preso foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Pai que abusava sexualmente da filha tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Tangará da Serra

Publicado

Um pai suspeito de abusar sexualmente da filha de 13 anos de idade teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, no domingo (26.06), em trabalho investigativo realizado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá).

O suspeito, de 39 anos, é pai biológico da vítima, fruto de um relacionamento extraconjugal e se aproximou da filha recentemente aproveitando os momentos com ela para praticar os abusos.

As investigações iniciaram no ínicio do mês quando a mãe da adolescente compareceu à Delegacia da Mulher para denunciar que a filha foi vítima de estupro praticado pelo próprio pai. Segundo as informações, o suspeito não acompanhou o crescimento da menina, e passou a se aproximar da menor em 2021.

Ele aproveitava os momentos em que estava com a guarda da menina para praticar os abusos, ocasião em que dizia que era normal ocorrer relações sexuais entre pai e filha e que como pai, tinha o direito de tocá-la.

Durante as investigações, os policiais da DEDM descobriram que o suspeito estava em prisão domiciliar , por conta de uma condenação de 12 anos também pela prática de estupro de vulnerável, recebendo o benefício de cumprir pena em casa, em razão de doença pulmonar no auge da pandemia da Covid-19.

Diante dos fatos, o delegado titular da DEDM Tangará da Serra, Gustavo Espindula de Souza, representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça e cumprida pelos policiais da especializada no domingo (26). O suspeito foi conduzido à delegacia para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana