conecte-se conosco


Policial

Policiais que atuam na região de fronteira realizam treinamento de ações de Segurança

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Quinze policiais civis atuantes na região de fronteira, entre investigadores e escrivães de polícia, participaram entre os dias 2 e 4 de fevereiro, de capacitação realizada pela Gerência de Operações Especiais (GOE), com objetivo de atualizar e reciclar os conhecimentos para operarem com segurança. 

O curso com total de 40 horas/aulas, foi ministrado para servidores lotados nas Delegacias de Polícia dos municípios de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) e Campos de Júlio (553 km a noroeste da Capital), que foram divididos em duas turmas com 20 horas/aula cada.

Durante os quatro dias de curso com aulas teóricas e práticas, foram realizados treinamentos para pistola de calibre .40 e submetralhadora .40 . Oito investigadores que trabalham diretamente nas ruas também foram habilitados para a utilização de carabina calibre 556 (armamento tipo fuzil). 

Para a realização do curso, as munições foram disponibilizadas por outro órgão da Segurança Pública e diante dessa colaboração foi solicitado por meio de ofício à Gerência de Operações Especiais, para que promovesse a capacitação aos policiais civis, objetivando a reciclagem e o aperfeiçoamento.

Além dos treinamentos para melhorar as técnicas de uso e manuseio dos armamentos, como pistola, submetralhadora e carabinas (adquiridas recentemente através de parceria com o Sistema Penitenciário Federal), foi solicitado a GOE a realização de um módulo específico com  relação a cumprimento de prisões e cumprimento de buscas com entradas nas residências, em razão dos trabalhos das delegacias terem aumentados e estarem mais intensos.

As aulas teóricas aconteceram em sala de ensino nas dependências da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A parte das entradas em domicílios foi realizada em um conjunto de casas habitacionais que ainda não foram concluídas, após autorização da Prefeitura Municipal de Comodoro para a utilização.

O treinamento de disparos de armas de fogo aconteceu em uma propriedade rural onde a uma cascalheira com barrancos bem altos e ideal para esse tipo de prática, cedida por um particular.

O delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto, agradeceu a equipe da GOE pelo curso ministrado sob a coordenação do investigador de polícia Fausto, que forma brilhante não mediram esforços para levar mais conhecimentos aos servidores da região.

“É muito importante a realização desses tipos de cursos, que deveriam acontecer com frequência, para que nossos profissionais tenham cada vez mais instruções para exercerem suas funções de forma segura e qualificada”, destacou.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Mais de 200 baterias furtadas de estações de telefonias são recuperadas pela Polícia Civil em depósito, na Capital

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (DERF) recuperou na nesta terça-feira (13.04), 226 baterias estacionárias que foram furtadas de estações repetidoras de telefonia das empresas OI, Vivo, TIM e Claro. O material recuperado está avaliado em aproximadamente R$ 250 mil.

Conforme apuração da equipe da DERF Cuiabá, as baterias foram furtadas em diversos municípios do interior do estado e na região metropolitana de Cuiabá e foram localizadas em uma distribuidora de baterias localizadas na Capital.

O gerente de depósito foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada e após procedimentos policiais na delegacia, foi encaminhado para audiência de custódia.

As baterias foram devidamente reconhecidas e devolvidas às empresas de telefonia. As investigações da DERF continuam para identificação dos autores dos furtos e pretensos receptadores.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende integrante de associação criminosa e recupera carga de soja avaliada em R$ 300 mil

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), prendeu em flagrante nesta terça-feira (13.04), mais um integrante de associação criminosa envolvida em desvios de cargas no estado de Mato Grosso.

A ação resultou na recuperação de uma carga de aproximadamente 85 toneladas de soja desviada avaliada em R$ 300 mil, além da apreensão de um trator, uma motocicleta e uma caminhonete de origem ilícita. 

As diligências iniciaram na segunda-feira (12) após os policiais da GCCO receberem informações anônimas sobre um caminhão com uma carga de soja em posto de combustível em Rondonópolis e que seria levado para o Distrito Industrial do município, para tratativa do destino do carregamento.

Com base nas informações, os policiais da GCCO  passaram a monitorar a movimentação no posto de combustível, ocasião em que viram alguns suspeitos chegando ao estabelecimento em duas caminhonetes e em um veículo Jeep Renegade.

Em determinado momento, um dos suspeitos entrou no caminhão e seguiu até o local indicado entrando com a carreta em um barracão. Os investigadores mantiveram vigilância do local e na manhã desta terça-feira (13) decidiram entrar no galpão, onde encontraram a carga de soja no chão (forma característica de desvio de carga), além uma pá carregadeira e outros objetos.

Questionado, o suspeito que estava no local disse que faz negócio com dois suspeitos (pai e filho) que têm a função de mandar a carga desviada para ele, e ainda mencionou uma terceira pessoa que seria responsável pela nota fiscal.

No escritório do suspeito, os policiais encontraram uma pistola .40 com dois carregadores, um com oito e outro com seis munições. No interior da caminhonete, foi apreendida uma maleta com mais dois carregadores de pistolas .380, com 17 munições.

No local, foram encontrados mais três suspeitos, entre eles, o responsável por descarregar os caminhões de soja, e outras duas que disseram estar no local para ver uma máquina de soja. Segundo o responsável pelo barracão, a carga avaliada em torno de R$ 300 mil foi comprada por R$ 160 mil e seria negociada.

Diante das evidências, o responsável pelo barracão e pela carga foi conduzido à Derf Rondonópolis, onde após ser interrogado pelo delegado João Paulo Praisner, foi autuado em flagrante por receptação, posse ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

O inquérito policial será encaminhado para GCCO que dará continuidade às investigações com objetivo de desarticular a associação criminosa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana