conecte-se conosco


Mato Grosso

Prefeito eleito por Juruena já deu mostra como trabalhará por Juruena e região

Publicado

Gontijo de Carvalho (DEM) teve com o governador do estado, Mauro Mendes, senador Jaime Campos e diversos outros deputados, prefeitos e lideranças políticas do estado, já demonstrou que sabe que Juruena precisa e que vai estar sempre lembrando e cobrando as autoridades do estado.

 
 

O governador do estado realizou recentemente uma reunião com todos os prefeitos e lideranças políticas do democrata estadual no palácio do governo, procurando traçar os rumos do trabalho junto a sua base política partidária, bem como, colocar os prefeitos, cientes dos trabalhos que vem realizando e sobre os trabalhos que pretende realizar pelo estado, e nisso se inclui todos os municípios.

 

O prefeito por Juruena, Manoel se fez presente na reunião, se apresentando e lembrando que Juruena precisa de muito apoio do governador, dos senadores, deputados estaduais e federais, citado a necessidade de pavimentações, tanto no perímetro urbano, mas dando ênfase na logística que precisa melhorar para o escoamento da economia, neste sentido, lembrado da BR 174, que são em torno de 110 Km que separa Juruena da malha pavimentada.

 
 

Claro que a pavimentação desta BR 174 é de responsabilidade do governo federal, todavia, se o governo estadual, senadores, deputados federais, deputados estaduais e prefeitos nem se mexer e cobrar, essa pavimentação demorará muitos anos ainda para acontecer, mas se o atual governo estadual, senadores do estado e os deputados federais fizer um pequeno esforço, pelo menos a pavimentação da BR 174 saindo de Castanheira ate Juruena poderia ser concluída ainda neste mandato do governador Mauro Mendes, claro, se houvesse esse empenho, é o que pensa diversas lideranças políticas da região.

 

Pelo menos o prefeito eleito por Juruena, que assumirá o mandato no dia primeiro de janeiro de 2021 parece que se empenhará em cobrar e lembrar as lideranças políticas do estado desta necessidade que Juruena e a região precisa, pois, atendará os municípios de Juruena, Cotriguaçu, Aripuanã e Colniza, portanto, essa pavimentação alavanca o desenvolvimento da economia em diversos municípios, e se todos os prefeitos da região estiverem constantemente cobrando e lembrando, com certeza a pavimentação acontecerá mais rapidamente.

 

Outro marco importante deste prefeito que nem assumiu o mandato, mas já demonstrou a importância de registrar as suas reuniões e colocar os moradores da localidade e da região, cientes das ações que procura participar, registrando e tornando público, desta forma, Manoel Carvalho já demonstra que poderá ser um dos melhores prefeitos que Juruena possa ter na sua história, aliás, é isso que a população espera, trabalho, transparência, coragem seriedade e determinação para vencer o ostracismo e a morosidade que muitas vezes impera nas ações públicas.

Algumas autoridades presentes na reunião podem ser conferidas nas palavras do prefeito Manoel Carvalho, bem como, no vídeo da reunião que fazem parte desta matéria que registra a primeira ação do prefeito eleito, mas que nem usou ainda recursos públicos para ir representar o município e cobrar ações do estado por Juruena e região.

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Tribunal fixa pena de mais de 7 anos a assaltante que fingiu ser cliente de motorista de aplicativo

Publicado

Uma mulher que trabalhava como motorista de aplicativo foi vítima de um roubo praticado por uma falsa cliente e dois adolescentes que ajudaram no crime. Ela foi levada de Sinop (450 km de Cuiabá) para Itaúba (513 km de Cuiabá) pelo trio, onde foi deixada em uma estrada de chão na zona rural, com as mãos amarradas com parte do cinto de segurança do veículo que foi cortada. Apontada como mentora do crime, a suposta cliente teve a condenação fixada em 7 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão, e pagamento de 14 dias-multa.
 
O caso foi julgado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), por meio da 1ª Câmara Criminal, na sessão do dia 2 de agosto. O voto do desembargador Orlando Perri foi acolhido por unanimidade pelos desembargadores Marcos Machado e Paulo da Cunha.
 
De acordo com a vítima, ela aceitou uma corrida por meio do aplicativo que iria de um bairro a outro dentro do município de Sinop. Chegando no local, 3 passageiros embarcaram, sendo uma mulher adulta e dois adolescentes. Ao chegar no endereço final, a mulher e um dos menores simularam uma discussão ela começou a chorar e pediu para a motorista a levar para a casa de sua mãe, em outro bairro.
 
Nesse momento, a motorista concordou, mas pediu para que encerrasse a corrida e iniciasse uma nova, conforme as normas do aplicativo que utilizava para trabalhar. Se aproximando do endereço onde deixaria o trio, foi anunciado o assalto. Ela foi rendida pelos bandidos, um deles usando simulacro de arma de fogo e os outros dois, armas brancas.
 
A mulher que fazia parte do trio de assaltantes apelou ao TJMT alegando que foi contratada por desconhecidos para “prestar um serviço”, que consistiria em “pegar um carro e o levar ao município de Castelo dos Sonhos, no Pará”. Relatou que os “contratantes” entraram no aplicativo e buscaram um veículo que os interessavam. Acrescentou que, após escolherem o automóvel, requisitou os serviços de transporte da vítima. Por fim, revelou que buscaram um dos adolescentes e que, durante o trajeto para o destino estabelecido no aplicativo, fizeram “a cena” simulando uma briga.
 
No entanto, de acordo com o histórico de chamadas registrados no aplicativo, ficou confirmado que foi a mulher quem solicitou os serviços de transporte.
 
A vítima ainda contou que ao chegarem em Itaúba, foi deixada em uma estrada na zona rural. Durante o trajeto, os adolescentes comentavam, em todo momento, que o comando “era para matar”, mas era a mulher quem coordenava toda a ação e, inclusive, dava as ordens aos menores, que as obedeciam sem titubear.
 
Processo nº: 1000100-89.2022.8.11.0096
 
Andhressa Barboza
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Apiacás anuncia classificação de seletivo para credenciamento de fisioterapeuta

Publicado

A Comarca de Apiacás (963 Km da Capital) divulgou o resultado do processo seletivo para credenciamento de pessoa física na área de Fisioterapia. De acordo com a comissão de apoio ao seletivo, Antônio Carlos do Nascimento Lima é o profissional classificado. 
 
Conforme o juiz-diretor substituto do Fórum, Lawrence Pereira Midon, serão admitidos recursos no prazo de dois dias, contados da publicação do resultado final do processo. O profissional classificado atuará na unidade judicial.
 

Álvaro Marinho

Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

[email protected]

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana