conecte-se conosco


Cuiabá

Presidente de Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público participa de vistoria a trens

Publicado


Divulgação

Clique para ampliar

Visita técnica realizada pelo Consórcio VLT na última segunda-feira (8), atestou que os trens do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), adquiridos há sete anos e armazenados no Centro de Controle, Manutenção e Operação (CCO), próximo ao Aeroporto Internacional de Cuiabá, estão em perfeito estado de conservação e manutenção. Presente na ocasião, o presidente do Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, Juares Samaniego evidenciou a maior eficiência energética e capacidade de transporte de passageiros três vezes maior do modal diante de seus concorrentes, o BRT e o VLP. 

“É difícil você comparar projeto, porque o que foi apresentado é VLP, por isso se diz que já está boa parte pronto, porque é pintar as faixas da rua. E a aquisição de 54 ônibus a 35 milhões, eu acredito que seja a diesel, porque ele a bateria é muito mais caro que isso. O VLT é uma energia bem mais limpa e barata. Sem falar na capacidade de transporte de passageiros, que comparativamente a do VLT é 2,5 vezes maior. Cada ônibus de BRT tem a capacidade pra 170 passageiros, enquanto que no VLT são 400”, apontou Samaniego.

De acordo com o Consórcio responsável pelo VLT em Cuiabá, a movimentação mecânica dos trens é realizada a cada 15 dias, seguindo todas as diretrizes do Plano de Manutenção da Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles (CAF), empresa espanhola fabricante do equipamento ferroviário. A cada 60 dias é emitido um relatório ao Governo do Estado. Nesta segunda (08), foi atestado por equipe técnica o excelente estado de conservação externa, interna, em todos os equipamentos elétricos, eletrônicos, telecomunicações, hidráulicos, pneumáticos, climatização.

Estiveram presentes o secretário-geral da Associação Latino Americana de Ferrovias (Alaf)/Brasil, Jean Carlos Pejo, que é ex-secretário nacional de Mobilidade Urbana e responsável pelo Grupo de Trabalho que aprovou o VLT de Cuiabá, técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF), que opera os recursos federais aprovados para a obra do VLT e a presidente da Associação Brasileira de Engenheiros e Arquitetos de Metrô (AENFER), Silvia Cristina Silva.

Diálogo 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, defende que a população seja ouvida em decisão quanto ao novo modal de transporte público para Cuiabá e Várzea Grande. Para Pinheiro, a decisão estadual para substituição do modal VLTpara o BRT foi tecnocrata. O gestor defende a realização de um plebiscito para que a população escolha o novo modelo de transporte. 

O Comitê

Com foco em dialogar sobre a escolha do melhor modal para Cuiabá, o gestor criou o Comitê de Análise Técnica para Definição do Modal de Transporte Público da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá, em 22 de janeiro via decreto municipal. Além de sua comissão técnica permanente, serão convidadas instituições, como Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscom-MT), COnselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA-MT) e Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso (CAU-MT) para colaborar com o debate nas reuniões, que devem ser abertas para participação pública também.

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Símbolo de respeito e ocupação histórica: Beco do Candeeiro recebe bênçãos da Lavagem do Rosário e São Benedito

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

“Na beira da praia, Ogum Sete Ondas, Ogum Beira Mar” foi o que se escutou as margens da Prainha, no Beco do Beco do Candeeiro, na noite da última sexta-feira (11). O projeto Afro Sagrado, executado pela Associação Lavagem das Escadarias Rosário e São Benedito realizou a benção dos candeeiros para celebrar a presença ancestral africana. Logo depois, o grupo musical Raízes do Samba se apresentou com repertório nacional. No local, também foi comercializado comidas típicas regionais. Os eventos realizados no Beco são promovidos pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, gratuitamente e seguem todas as medidas de biossegurança.

“É preciso respeitar as raízes do povo cuiabano, respeitar a fé tão diversa da nossa gente. A gestão Emanuel Pinheiro restaurou o Beco do Candeeiro para ser lugar de encontro, de exaltação da arte, da cultura, das tradições e vamos cada vez mais, promover a paz e união neste lugar tão simbólico da nossa Capital”, disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

Do agogô, instrumento Yoruba que se assemelha a um sino, veio o primeiro som. Daí por diante a cadência foi sendo construída. Das cabaças dos afoxés o som balançava até se fundir com a vibração dos atabaques. O ritmo se encorpava para que a bandeira da Paz dançasse no salão do Museu da Imagem e do Som (MISC). Ainda era só ensaio para o que viria a ser apresentado em instantes na rua 27 de Dezembro.

Às 19h, Ogum Beira Mar inundou o Beco do Candeeiro com seu exército branco. Chegou para abençoar, ocupar espaço de direito, por uma cultura de paz e tolerância. Eram os integrantes da Associação da Lavagem das Escadarias Rosário e São Benedito adentrando a primeira rua iluminada de Cuiabá com seu axé.

“Hoje para nós é um momentos especial, é quando a Prefeitura de Cuiabá nos reconhece como movimento cultural da Capital. Quero agradecer a todos que estão aqui, todos somos Lavagem e todos buscamos um espaço dentro do contexto histórico dessa cidade. Estar dentro do Beco do Candeeiro, um local restaurado para nós povo afro brasileiro é muito importante para nós”, disse Lindsey Catarina, presidente da Associação da Lavagem das Escadarias Rosário e São Benedito.

 Enquanto a Lavagem passava, o coração pulsava no ritmo dos dedos que tocavam o atabaque. O som reverberava nas pedras cangas que pareciam recordar os passos que retornavam para casa. O retorno das raízes afro brasileiras, da capoeira, do siriri e cururu, velhas conhecidas do Beco do Candeeiro.

“Quero dizer que é um prazer e uma emoção muito grande estar perto de um povo de fé. Quem conhece minha família sabe que a minha casa sempre esteve aberta para todos. Eu tenho muito orgulho de estar aqui e peço que me vejam e sintam sempre como uma irmã de vocês. Que Deus e Oxalá abençoem todos nós, muito axé para todo mundo”, disse a secretária Carlina Rabello Leite Jacob, que participou de toda a procissão pelo Beco e também esteve ao lado da presidente da Lavagem, Lindsey Catarina e do padre Hugo no momento simbólico de soltura de uma pomba branca pela paz. O secretário-adjunto de Cultura, Justino Astrevo também esteve presente no local.

Dos jarros com flores segurados pelas baianas vieram a água de cheiro que lavou a rua e os que assistiam e participavam do ritual. “Senhora do Rosário foi quem me trouxe aqui. Senhor do Rosário, foi quem me trouxe aqui. A água do mar é santa, eu vi, eu vi, eu vi”, cantava o exército branco, enquanto ramos de flores encharcados atiravam água perfumada e abençoada pelo ar.

“Eu tinha a fama de ser o padre mais macumbeiro da minha cidade, Campo Grande. Estou aqui como Igreja e digo que temos muito a que pedir perdão. Peço perdão a todo povo negro que teve que esconder seus orixás atrás de imagens de santo. Esse é o momento de pedir perdão, momento de que nossos ancestrais nos perdoem. Este momento é de abençoar este lugar que também já foi de sofrimento. Que nossos orixás nos abençoem, abram nossos caminhos e os purifiquem, axé”, disse padre Hugo, que representou a Paróquia Anglicana da Virgem Maria, no bairro Jardim El Dorado durante a benção.

A Associação da Lavagem dedicou o ritual em homenagem ao já falecido maestro Edinaldo Ferreira. No início da celebração foi feito um minuto de silêncio pelo falecimento da jornalista cultural, ex-assessora de imprensa da Prefeitura de Cuiabá, Alessandra Barbosa, falecida na sexta-feira (11).

Toda a programação no Beco do Candeeiro é realizada com entrada franca e limitada a 70 pessoas, respeitando as medidas de biossegurança em decorrência da pandemia da COVID-19.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Avenida Filinto Muller recebe obras na rede de esgoto e Semob irá controlar o trânsito

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá informa que serão executadas obras para a implantação de rede de esgoto pela empresa Águas Cuiabá a partir da próxima segunda-feira, 14, o que irá acarretar na interrupção do trânsito em pontos distintos da cidade.  A Secretaria de Mobilidade Urbana irá atuar no acompanamento das atividades para garantir fluidez no trânsito.

Confira abaixo a nota publicada no site da empresa e o cronograma de atividades. 

Obras de implantação de redes de esgoto do Sistema Sanitário Dom Aquino serão intensificadas nesta segunda-feira (14), com a atuação de trabalhadores do saneamento nas Avenidas Filinto Muller e Dom Bosco, na tradicional região do Goiabeiras. Será necessária a interdição do trânsito, das 7h às 19h. Priorizando o conceito de obra limpa, sobretudo neste período de clima seco e de mais poeira, ao final de cada dia do calendário de obras, caminhão-pipa fará a rápida limpeza das ruas antes da liberação do trânsito.

A semana começa com a movimentação de máquinas e profissionais tanto na Avenida Filinto Muller quanto na Estevão de Mendonça (onde o trabalho se iniciou na quarta-feira, 9, e segue até a terça-feira, dia 15). No dia 18, sexta-feira, é a vez dos trabalhos começarem na Avenida Dom Bosco (confira a programação completa de datas e trechos mais abaixo). Em conjunto com a Águas Cuiabá, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Mobilidade da Capital (Semob), orientará motoristas para o melhor fluxo de veículos na região.  
Para reforçar as informações sobre a presença de obras ao longo das ruas e avenidas, a concessionária dispõe dos serviços de alertas por meio do aplicativo de trânsito Waze. Os canais de atendimento da Águas Cuiabá estão à disposição da comunidade. O telefone é o 0800 646 6115 e o WhatsApp, (17) 99641 3259. 

Para mais informações: acesso o site da empresa aqui. 
SERVIÇO: Águas Cuiabá implanta redes de esgoto na região do Goiabeiras
Programação:
9 a 15/06 – Avenida Estevão de Mendonça
14 a 17/06 – Avenida Filinto Muller
18 a 20/06 – Avenida Dom Bosco
Horário: 7h às 19h

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana