conecte-se conosco


Esportes

Santos FC sufoca o Coritiba, marca três gols em 20 minutos e garante a classificação na Copa do Brasil

Publicado

O Santos FC pressionou o Coritiba desde os minutos inicias do jogo, deixando seu adversário acuado em toda a partida. E no início do segundo tempo, a pressão funcionou, e em 20 minutos, o time santista liquidou o jogo. Marcos Leonardo abriu o placar, Madson fez o segundo e Rodrigo Fernández garantiu a classificação para as oitavas da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (12), na Vila Belmiro.

No jogo de ida, o Peixe havia perdido por 1 a 0, portanto, na soma dos resultados, o confronto terminou em 3 a 1 para o time santista.

Diante da sua torcida, o Alvinegro teve uma atuação impecável, e não deu nenhuma chance para o seu adversário pensar em sair com a classificação. Destaque para a grande partida realizada pela dupla de zaga, Eduardo Bauermann e Velázquez, que não deixaram o ataque do Coritiba furar a marcação. O meio campo liderado por Rodrigo Fernández e Zanocelo estava em perfeita sintonia com os laterais e o ataque, e o resultado foi mais uma grande vitória do Santos.

Com o triunfo, o Alvinegro aguarda o sorteio para conhecer o seu próximo adversário no certame nacional.

O próximo jogo do Santos FC será pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (15), às 19h00, diante do Goiás no Estádio Hailé Pinheiro.

O jogo
O início do Santos foi sufocante, principalmente com bolas alçadas para a grande área.

O primeiro chute que ocasionou mais perigo ao goleiro do Coritiba, ocorreu aos 9 minutos. Léo Baptistão recebe na entrada da área e bate firme, mas o arqueiro realiza a defesa.

Três minutos depois, Lucas Pires coloca na área, Velázquez sobe mais que os defensores adversários mas cabeceia por cima do gol.

Pelo lado direito do ataque, aos 21 minutos, Marcos Leonardo recebe na área e balança a rede, mas o árbitro invalida o gol do Menino da Viola.

Aos 23 minutos, em novo levantamento na área, Léo Bapitstão sobe entre a marcação e cabeceia com perigo, e a bola sai pelo lado esquerdo do goleiro.

No ataque seguinte, Jhojan Julio sobre falta na entrada da área, e Zanocelo vai para a cobrança. O camisa 25 coloca por cima da barreira ,e a bola passa raspando o travessão.

Já aos 42 minutos, em boa trama entre Lucas Pires e Jhojan Julio pelo lado esquerdo, o lateral santista invade a área e bate na rede pelo lado de fora.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos voltou para a segunda etapa da mesma forma que terminou a primeira, e aos 4 minutos, a pressão fez efeito. Lucas Pires coloca na área, Velázquez arremata pro gol e a bola explode em cima do zagueiro. Na sobra, Marcos Leonardo aproveita e abre o placar na Vila Belmiro. Gol número 20 do Menino da Vila goleador.

E o time santista pressionou ainda mais após o gol marcado, visando se classificar durante os 90 minutos. E aos 11, Vinícius Zanocelo carrega a bola com categoria pelo meio de campo, e entrega para Lucas Pires pelo lado esquerdo. Com grande inteligência, o lateral limpa a jogada e coloca na medida para Madson cabecear e estufar a rede adversário. Grande jogada do ataque santista, e um lindo gol na Vila Belmiro.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Com os dois gols de vantagem, a torcida cantou ainda mais alto, e os jogadores seguiram no embalo dentro do gramado. E quatro minutos após marcar o segundo, o Alvinegro marcou o terceiro. Rodrigo Fernández recebe na entrada da área, ajeita, limpa o defensor e acerta um lindo chute no ângulo. Primeiro gol do volante uruguaio com a camisa santista.

No restante do jogo, o time santista cadenciou a bola, e na arquibancada, a torcida fazendo uma grande festa, com mais um grande triunfo do Santos FC na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
Santos FC 3 x 0 Coritiba FBC
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Data: quarta-feira, 12 de maio de 2022
Horário: 21h30
Público pagante: 13.692
Renda: 339.262,50
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Alessandro Alvaro Rocha de Matos
Cartões Amarelos: Rodrigo Fernández (SFC); Muralha, Régis e Guilherme Biro (CFBC)
Gols: Marcos Leonardo aos 4min, Madson aos 15min e Rodrigo Fernández aos 19min do segundo tempo.
Santos FC: João Paulo; Madson, Eduardo Bauermann, Velázquez e Lucas Pires; Rodrigo Fernández (Felipe Jonatan), Vinícius Zanocelo (Camacho) e Ricardo Goulart (Angulo); Jhojan Julio (Sandry), Léo Baptistão (Rwan) e Marcos Leonardo.Técnico: Lucas Ochandorena (auxiliar técnico)
Coritiba: Alex Muralha; Guillermo (Adrián Martínez), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Andrey (Pablo Garcia) Robinho (Régis) e Matheus Alexandre; Alef Manga (Warley) e Clayton (Léo Gamalho). Técnico: Gustavo Morínigo

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Corinthians empata em 1 a 1 contra o São Paulo na Neo Química Arena

Publicado

O Corinthians entrou em campo neste último domingo (22), na Neo Química Arena para encarar o clássico Majestoso contra o São Paulo. Com um segundo tempo pressionando o adversário, o Timão ficou no empate em 1 a 1, com gol de Adson. Com o resultado, o Time do Povo continua na liderança da Série A do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos somados.

O próximo jogo do Timão será na próxima quinta-feira (26), na Neo Química Arena, contra o Always Ready-BOL, às 21h, pela última rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

Escalação

O técnico Vítor Pereira escalou a seguinte equipe: Cássio; João Victor, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Gustavo Mantuan, Du Queiroz, Maycon e Renato Augusto; Willian e Jô. Entraram no decorrer da partida: Adson, Lucas Piton, Júnior Moraes, Giuliano e Matheus Donelli. E ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Robson, Róger Guedes, Gustavo Silva, Rafael Ramos, Cantillo, Bruno Melo e Roni.

Primeiro Tempo

Logo no segundo minuto de jogo, na primeira chegada do Timão no jogo, a bola sobrou para Gustavo Mantuan, que chutou cruzado, por cima do gol. O lance inflamou a torcida, pois a jogada foi muito bem trabalhada por todo o time. Aos seis minutos, Jô foi derrubado na entrada da área, falta perigosa para o Alvinegro cobrar. Na cobrança feita por Willian, o goleiro do adversário fez uma boa defesa, mandando a bola para escanteio.

Aos 18 minutos, a equipe do São Paulo chegou com perigo, em um chute cruzado pela direita, Cássio fez uma excelente defesa, jogando a bola para escanteio.

No minuto 22 da primeira etapa, Renato Augusto recebeu a bola na entrada da área e chutou, porém o arremate saiu fraco e o goleiro do adversário fez a defesa. Aos 26 minutos, Cássio novamente salvou o Corinthians, após a cabeçada do adversário.

Gol anulado do Timão. Aos 35 minutos, Jô fez o gol de cabeça, porém, no início da jogada, Renato Augusto estava impedido e o gol foi anulado pelo VAR.

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. Aos 45 minutos, Du Queiroz fez falta no adversário e tomou cartão amarelo. Após isso, uma confusão generalizada aconteceu e a partida ficou interrompida por alguns minutos. João Victor também recebeu amarelo na confusão, junto com o zagueiro adversário. Aos 50 minutos, gol do São Paulo, a bola sobrou na área e o atacante adversário abriu o placar, 1 a 0.

Aos 53 minutos, Cássio fez duas defesas em sequência, salvando o Timão. Após essa jogada, o árbitro finalizou o primeiro tempo.

Segundo Tempo

Antes do início da segunda etapa, o técnico Vítor Pereira fez a primeira alteração do jogo: saiu Gil e entrou Adson.

Aos três minutos, Maycon faz a jogada dentro da pequena área e tenta achar Jô, mas a bola foi afastada para escanteio.

Aos 16 minutos de jogo, o São Paulo fez outro gol, porém o árbitro assinalou impedimento e anulou corretamente, segue, 1 a 0. Aos 18 minutos, Jô finaliza para o gol, a bola desviou e foi para escanteio. Bom momento do Timão no jogo. Um minuto depois, Mantuan chuta na lateral, a bola desvia e quase engana o goleiro adversário, escanteio.

No minuto 29 da etapa final, o Corinthians mexe em dose tripla. Saíram Willian, Fábio Santos e Maycon e entraram Lucas Piton, Júnior Moraes e Giuliano.

Gol do Corinthians!!! Aos 34 minutos, Lucas Piton cruza para área e Adson cabeceia para o gol, 1 a 1.

Pressão do Corinthians, aos 40 minutos, Renato Augusto, de fora da área, arrisca a bola vai por cima do gol. O árbitro deu seis minutos de acréscimo.

Aos 48 minutos, Cássio salvou mais uma vez o Timão, uma excelente defesa, pós-cabeçada do adversário. Após a defesa, Cássio machucou o ombro e foi substituído por Matheus Donelli. O árbitro deu mais três minutos.

Fim de jogo na Neo Química Arena, Corinthians 1 x 1 São Paulo.

Próximo Jogo

O próximo jogo do Timão ocorre na próxima quinta-feira (26), às 21h (horário de Brasília), na última rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores. O Corinthians encara a equipe boliviana do Always Ready, na Neo Química Arena.

Tags: Futebol, Neo Quimica Arena, Notícias

Categoria(s): FutebolNeo Quimica Arena

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/corinthians-empata-em-1-a-1-contra-o-sao-paulo-na-neo-quimica-arena-e-mantem-a-lideranca-da-serie-a-do-campeonato-brasileiro

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Com a força do conjunto e a marca do craque!

Publicado

O Jogo

O Avaí não veio pensando em retranca. No início do jogo, tentou marcar no campo de defesa do Furacão e buscar o ataque. Mas o time athleticano conseguia sair da pressão e criar as melhores oportunidades de gol.

O placar quase foi aberto aos 14′. Pablo recebeu um passe de peito de Cuello e chutou de fora da área. O

goleiro Douglas voou e fez uma grande defesa.

Mas foi aos 22′ que aconteceu a jogada que deu origem ao primeiro gol. Christian rolou na área para Terans, que chutou de primeira e a bola bateu no braço de Arthur Chaves. Pênalti confirmado após análise no VAR! Terans na cobrança, bola para um lado, goleiro para outro: 1 a 0!

O Rubro-Negro teve a chance de ampliar em duas finalizações de Christian. Mas foi novamente com Terans que a bola voltou a balançar a rede. Aos 43′, Cuello recebeu pela esquerda e tocou para na área para o camisa 20. O chute saiu cruzado e fatal: 2 a 0!

O Athletico ainda teve mais uma chance na primeira etapa, em um chute de fora da área de Canobbio. E foi com uma boa vantagem para o intervalo.

Mas logo no começo da segunda etapa, o adversário conseguiu descontar, em um lance inusitado.

Primeiro, Hugo Moura fez falta em Dentinho da área. Na cobrança, Willian Pottker tentou uma cavadinha, mas Bento defendeu! No rebote, Khellven tentou afastar e derrubou Pottker. Mais um pênalti! Desta vez, o atacante bateu forte e sem chances de defesa.

O Furacão tentou dar a resposta. Cuelo arriscou de fora da área e mandou por cima. Canobbio quase conseguiu desviar um cruzamento de Terans. E Christian recebeu um lindo passe de Terans, matou no peito e bateu tirando tinta da trave.

A partir daí, o jogo ficou mais truncado, com o Athletico se fechando para garantir a vitória e não dando oportunidades para o Avaí ameaçar a meta defendida por Bento. Já no final, Cuello teve mais uma chance, mas foi travado na hora do chute.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Avaí
Campeonato Brasileiro 2022: 7ª rodada
Data: 22/05/2022
Horário: 19h
Local: Estádio Joaquim Américo

Público pagante: 15.949
Público total: 16.872
Renda: R$ 280.155,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto árbitro: Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)
Árbitro de vídeo : Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe, aos 32′ do 2º tempo), Nico Hernández e Abner; Christian (Erick, aos 25′ do 2º tempo), Hugo Moura (Pablo Siles, aos 41′ do 2º tempo) e David Terans (Matheus Fernandes, aos 41′ do 2º tempo); Canobbio, Pablo e Tomás Cuello
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: David Terans, aos 24′ e aos 43′ do primeiro tempo
Cartão amarelo: Hugo Moura e Abner

Avaí: Douglas; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves e Cortez; Raniele (Marcinho, aos 19′ do 2º tempo), Bruno Silva e Eduardo (Galdezani, no intervalo); Dentinho (Vitinho, aos 38′ do 2º tempo), Pottker (Rômulo, aos 34′ do 2º tempo) e Morato (Copete, aos 19′ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barroca
Gol: Pottker, aos 5′ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Dentinho, Arthur Chaves, Bruno Silva, Copete e Galdezani

Fotos: Fabio Wosniak/athletico.com.br 

fonte: https://www.athletico.com.br/resumo_do_jogo/com-a-forca-do-conjunto-e-a-marca-do-craque/

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Cidades

Nortão

Policial

Mais Lidas da Semana